Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
20/11/2017 14:29 | Autor: Editor

Senador Álvaro Dias anuncia sua pré-candidatura a presidência da República

Foto: Divulgação
Discursando contra os partidos políticos, que definiu como atores de um "quadro deteriorado", que "mergulhou pais num oceano de dificuldades, o senador Alvaro Dias, do Podemos, divulgou neste domingo a sua pré-candidatura à Presidência em 2018.


Ele também elogiou o combate a corrupção no meio político

Ele participou de um evento na Assembleia Legislativa de São Paulo, promovido pela juventude de seu partido, e elogiou as ações de combate à corrupção do Ministério Público, da Justiça e da Polícia Federal.
O senador Álvaro Dias registrou 4% das intenções de voto na última pesquisa Datafolha, em outubro: Lula tem 36% e Bolsonaro, 16%.
Ele diz apostar que o PSDB, que deixou em 2015, enfrentará rejeição nas urnas em 2018.
Os tucanos veem algumas de suas principais lideranças, como os senadores José Serra e Aécio Neves, atingidos pelas investigações da Lava Jato.
Além disso, o partido tem vivido uma divisão interna sobre permanecer ou desembarcar do governo Temer.
Para Dias, sua antiga legenda "está no campo dos partidos rejeitados, que a população indica que não pretende votar" e "sofrerá as consequências de suas últimas atitudes, especialmente quando aderiu ao PMDB no impeachment de Dilma Rousseff, em vez de requerer o impeachment completo".
O Podemos, a que Alvaro Dias se filiou em 1º de julho deste ano, é o sétimo partido do senador.
Ele ainda não vislumbra alianças com outras legendas em sua campanha "irreversível" para disputar a Presidência. "