Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
24/11/2017 15:33 | Autor: Editor

Concurso de redação sobre justiça e cidadania premia alunos rondonenses

1ª edição do projeto envolveu cerca de 400 alunos de dez escolas da sede municipal.


Uma parceria entre a prefeitura rondonense, por meio da Secretaria de Educação, com o Poder Judiciário, objetiva conscientizar professores e alunos sobre os caminhos para exercer seus direitos e a importância de cumprir seus deveres.
Para isso, foi criado o projeto “Justiça e Cidadania Também se Aprendem na Escola”.
Ontem, nas dependências do Fórum da comarca rondonense, 18 alunos foram premiados com medalhas ao vencerem o concurso de redação em suas respectivas escolas e turmas.
Os alunos premiados foram: Maria Eduarda Tomé Drechsler, da Escola Municipal Ana Paula; Gabriela Mirela Hansen, da Escola Municipal Antônio Rockembach; José Pedro Dresch e Dariane Trindade Lemos, da Escola Municipal Professor Bento Munhoz da Rocha Neto; Sahara Vieira, Nicole Bráz, Pedro Norberto Obermann e Miryam Beatriz Sides da Rosa, da Escola Municipal Criança Feliz; Mateus Martins Pacheco e Victor de Oliveira Ibarroba, da Escola Municipal Érico Veríssimo; Marina Leandra Spohr e Ana Carolina Engers, da Escola Municipal Jean Piaget; Emanueli Kunzler Lemes da Silva e Alex Pereira Ulrich, da Escola Municipal Osvino Carlos Weirich; Isabeli Weirich de Oliveira, da Escola Municipal 25 de Julho; Ketlin Caroline Berri de Almeida, da Escola Municipal 25 de Março; Isabely Fontana da Silva e Keimily Nicoly Vargas do Nascimento, da Escola Municipal Waldomiro Liessen.
Além da entrega da premiação, aconteceram duas apresentações culturais, que ficaram a cargo das escolas Antônio Rockembach, turma da professora Delfina de Fátima Abdala, e Bento Munhoz da Rocha Neto, turma da professora Celíria Smaniotto.
De acordo com o juiz de Direito da Vara da Família e Sucessões, Infância, Juventude e Anexos, Renato Cigerza, o projeto visa promover um contato direto dos estudantes com o Poder Judiciário, levando noções de justiça e cidadania para os estudantes do 5º ano do ensino fundamental da rede pública de ensino.
Nesta primeira edição do projeto, dez escolas da sede do município participaram, chegando a envolver 395 alunos.