Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
12/01/2018 08:51 | Autor: Carlos

Itaipu apresenta propostas para incrementar turismo nas praias artificiais

A Itaipu Binacional apresentou ontem, na sede do Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros, em Santa Helena, duas propostas para auxiliar as prefeituras na revitalização e exploração comercial de prainhas e áreas de lazer localizadas às margens do reservatório da usina.
O objetivo é melhorar a infraestrutura e, com isso, fomentar o turismo e aumentar a renda dos municípios.
Foram anunciados o apoio financeiro para as 16 prefeituras lindeiras que apresentarem projetos para a reforma dos espaços e, também, o plano para a concessão dos balneários de dez municípios: Entre Rios do Oeste, Marechal Cândido Rondon, Santa Helena, Santa Terezinha de Itaipu, Foz do Iguaçu, Mercedes, São Miguel do Iguaçu, Guaíra, Itaipulândia e Missal.
Participaram do encontro prefeitos e autoridades dos municípios lindeiros e representantes da Itaipu e da Agência de Desenvolvimento da Região Turística Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu.
Apresentada pelo diretor de Coordenação da Itaipu, Newton Kaminski, a proposta de apoio para a revitalização das prainhas prevê a assinatura de um convênio entre a binacional e as prefeituras, com o apoio à autossuficiência de energia, eficiência energética, saneamento básico, urbanismo e paisagismo e edificações pequenas próximas ao reservatório, como píer e churrasqueiras – entre outros.
Os prefeitos têm até março para apresentar os projetos.
A Itaipu e a Adetur também entregaram aos prefeitos os “Planos de concessão de uso público dos balneários”, com o propósito estabelecer os critérios de exploração comercial dos espaços.
O plano pago pela Itaipu e desenvolvido pela Adetur para cada uma das prainhas apresenta a situação atual dos locais e a viabilidade econômica com a exploração comercial de bares, restaurantes, eventos, hotéis, áreas de camping e esporte.
O documento entregue aos prefeitos conta ainda com sugestões de como as prefeituras podem fazer a concessão dos balneários por meio de parcerias público-privadas e, também, imagens ilustrativas dos projetos arquitetônicos.
Pedido antigo dos prefeitos, a exploração comercial dos balneários não era permitida pela concessão de uso das prainhas alinhada entre a Itaipu e as prefeituras.
Para a prefeita de Mercedes e presidente do Conselho dos Lindeiros, Cleci Rambo Loffi, a proposta da Itaipu e Adetur é providencial.
A diretora técnica da Adetur, Fernanda Fedrigo, destacou que os prefeitos são livres para fazer a concessão, mas é preciso respeitar algumas premissas, como, por exemplo, garantir o acesso gratuito da população lindeira às prainhas e criar novos produtos turísticos.