Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
14/02/2018 14:20 | Autor: Editor

Usuário de drogas é assassinado com seis disparos de arma de fogo em Guaíra

Segundo a família, homem de 41 anos era morador de rua.



A Polícia Civil de Guaíra deu início as investigações para apurar a autoria e motivação de um novo assassinato, ocorrido ontem naquela cidade.
Uma denúncia anônima levou a equipe policial ate a rua Victoria Bittencourt Gomes, no bairro Parque Hortência, onde foi encontrado caído um homem, apresentando várias perfurações provocadas por disparos de arma de fogo.
Uma equipe do SAMU foi acionada mas quando chegou no local pode apenas constatar o óbito da vítima, que não portava documentação.
A Polícia Civil foi acionada e enquanto realizava os levantamentos de praxe, chegou ao local uma mulher a qual identificou o homem como seu irmão: Paulo Rogério Alves da Silva, de 41 anos de idade.
Ele foi assassinado por seis disparos de arma de fogo, e segundo a irmã, Paulo Rogerio era usuário de drogas há mais dez anos e ultimamente era morador de rua.
Seu corpo foi encaminhado ao IML de Toledo para necrópsia e depois liberado aos familiares para os atos fúnebres.
Ate agora, apesar do início das investigações, autoria e motivação do crime seguem desconhecidas.

De outra parte em Guaíra, militares do BPFron, através do Pelotão C.O.B.R.A., realizavam patrulhamento às margens do lago de Itaipu, quando avistaram uma movimentação de indivíduos e embarcação próximo a margem do lago.
Ao avistarem os policiais, os indivíduos empreenderam fuga para o mato na barranca do rio, contudo, um deles acabou detido, identificado como um homem de 25 anos residente em Guaíra.
No local, foram encontrados pelos policiais, uma embarcação de 7 metros, equipada com motor 30 HP, carregada com 5 volumes de produtos diversos oriundos do Paraguai.