Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
25/04/2018 09:31 | Autor: Editor

Candidato derrotado nas eleições do Paraguai suspeita de fraude e diz que vai recorrer

Efraín Alegre, candidato que perdeu as eleições presidenciais do domingo no Paraguai, afirmou ontem ter evidências de votação fraudulenta e pediu uma recontagem dos votos.
Ele, porém, não apresentou as provas citadas.
Segundo Alegre, que concorreu pela Aliança Ganhar, o Tribunal Superior da Justiça Eleitoral pronunciou muito rapidamente a vitória de Mario Abdo, do conservador Partido Colorado.
Com 97,67% dos votos apurados no domingo, o tribunal disse que Abdo obteve 46,44% e Alegre, 42,74%.
A previsão é que Abdo tome posse em agosto para um mandato de cinco anos.
O candidato liberal aceitou na noite do domingo os resultados da contagem rápida, mas não reconheceu a derrota devido à margem apertada entre os dois.
Afirmou que esperaria o julgamento oficial das atas pelos juízes, que começou nesta terça-feira: as atas dão o resultado de contagem manual em cada mesa eleitoral.
Luis Salas, diretor de Recursos Eleitorais do tribunal, negou haver fraude na contagem dos votos e disse que o exame das atas continuará normalmente segundo o calendário eleitoral.