Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
09/05/2018 14:29 | Autor: Editor

Polícia de Guaíra frustra assalto contra empresa náutica

Um dos bandidos foi preso em flagrante pelas equipes policiais

Ao ser informada que quatro elementos com os rostos encobertos estariam em frente a uma empresa Alumibarcos, localizada na Rua Shiro Takashima, em Guaíra, a Polícia Militar mobilizou suas equipes por volta das 21h00 desta terça-feira.
Depois da prisão de um dos suspeitos que estava nos fundos da empresa náutica, os PMs de serviço passaram a contar com o apoio de equipes do Batalhão de Fronteira e da Patrulha Rural, fechando o cerco.
Utilizando escudos balísticos, os policiais realizaram buscas no pátio e interior da empresa: dentro de uma sala que serve preparar pintura foram encontradas funcionários alvos de assalto a mão armada.
No momento em que terminavam o expediente e deixavam a firma, os trabalhadores foram abordados pelos quatro marginais fortemente armados, inclusive com escopeta calibre 12, que agiram com violência.
Os criminosos ordenaram que os funcionários que engatassem nem um veículo Gol uma lancha tubarão super, com motor Mercury 40hp, e ainda mandaram colocar um motor Yamaha 25hp e um motor Mercury 15hp dentro da embarcação.
Outros autores movimentaram uma lancha savana 17, motor Yamaha 85hp para fora da garagem, mas neste momento foram observadas luzes de giroflex policial e os assaltantes trancaram as vítimas e fugiram a pé.
Durante a prisão de um dos autores da ação criminosa, o qual não teve o nome revelado, foi encontrada pequena quantidade de maconha.
As diligências policiais tiveram sequência, mas até agora os demais integrantes do bando não foram encontrados.
Outra ocorrência registrada na noite passada pela Polícia Militar de Guaíra foi uma tentativa de homicídio, cuja vítima de 49 anos, que não teve a identidade revelada, acabou alvejada por um tiro no rosto.
O crime aconteceu no interior de uma residência, no Bairro Santa Clara, e o autor do disparo foi um jovem de 23 anos, com quem a vítima teria brigado.
O rapaz também agrediu fisicamente a mãe da vítima, a qual partiu em defesa do filho para evitar que ele fosse alvejado.
Essa tentativa de morte está sendo investigada pela Polícia Civil de Guaíra.