Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
24/05/2018 09:02 | Autor: Editor
Fonte: G1

Protesto de caminhoneiros nas estradas do Paraná contra o aumento do diesel chega ao 4º dia

Foto: PRF/Divulgação
PRF e a PRE contabilizam 169 manifestações, até o momento, nesta quinta-feira (24).

O protesto dos caminhoneiros contra o aumento no preço do diesel chega ao 4º dia nas rodovias do Paraná nesta quinta-feira (24). A mobilização é nacional.

(Confira, abaixo, os reflexos da greve no estado).

Cinquenta e sete manifestações ocorriam nas estradas federais no início desta manhã, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O balanço foi atualizado pela PRF às 7h55.

PRF atualizou o número de protestos Ãs 7h55 desta quinta-feira (24) (Foto: PRF/Divulgação)
PRF atualizou o número de protestos às 7h55 desta quinta-feira (24) (Foto: PRF/Divulgação)


Estradas estaduais
Nas estradas estaduais, conforme a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), são 112 manifestações neste começo de manhã. Quatro são na Região de Curitiba. O número foi atualizado pela PRE às 8h.

Policial rodoviário federal conversa com manifestantes na manhã desta quinta-feira (24) em Foz do Iguaçu, Ãs margens da BR-277 (Foto: PRF/Divulgação)
Policial rodoviário federal conversa com manifestantes na manhã desta quinta-feira (24) em Foz do Iguaçu, às margens da BR-277 (Foto: PRF/Divulgação)


Determinação judicial
Segundo a PRF, não há interdições totais nas rodovias federais.

Uma determinação judicial proíbe que os caminhoneiros fechem totalmente as estradas federais, sob pena de multa de R$ 100 mil por hora. A decisão é de 19 de maio.

Pessoas incertas e desconhecidas, o Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônimos de Bens no Estado do Paraná (Sindicam-PR), a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) e o Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas de São José dos Pinhais são considerados réus no interdito proibitório em que a Advocacia-Geral da União (AGU) é a autora.

Londrina registrou fila no início da manhã desta quinta-feira (24) em postos de combustíveis (Foto: Alberto D'angele/RPC)
Londrina registrou fila no início da manhã desta quinta-feira (24) em postos de combustíveis (Foto: Alberto D'angele/RPC)

A Coopavel, em Cascavel, dispensou nesta quarta-feira 2,4 mil funcionários; cooperativa é responsável pelo abate de 220 mil frangos por dia (Foto: Cícero Bittencourt/RPC)
A Coopavel, em Cascavel, dispensou nesta quarta-feira 2,4 mil funcionários; cooperativa é responsável pelo abate de 220 mil frangos por dia (Foto: Cícero Bittencourt/RPC)