Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
12/06/2018 15:01 | Autor: Editor

Índice de infestação do mosquito da dengue sofre redução de 44% no Paraná

A Secretaria de Estado da Saúde identificou redução de 44% no índice de infestação do Aedes Aegypti no primeiro quadrimestre de 2018.


Nessa temporada foram registrados 869 casos da doença


Dos 320 municípios paranaenses infestados, que monitoram a presença do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, apenas 65 estão em alerta grave.
Segundo o secretário estadual da Saúde, Antônio Carlos Nardi. o controle das doenças transmitidas por mosquitos depende de comprometimento de toda sociedade para evitar água parada que podem se tornar criadouros.
A cada dois meses, equipes de vigilância dos municípios devem fazer o Levantamento de Índice de Infestação por Aedes aegypti por meio de visitas domiciliares.
No primeiro ciclo de visitas, em janeiro e fevereiro deste ano, 87 municípios apresentavam nível satisfatório de infestação predial, 142 municípios estavam em alerta e 118 municípios estavam em nível de risco.
No segundo ciclo de visitas, entre março e abril, 94 municípios apresentaram nível satisfatório, 146 municípios em alerta e apenas 65 municípios em risco.
A ação dos agentes de endemias, que realizam as visitas domiciliares, orientam a população e retiram os focos de criadouros, aliados à mobilização social e aos fatores climáticos contribuem para a diminuição das infestações no Estado.
A coordenadora de Vigilância Ambiental da Secretaria de Estado da Saúde, Ivana Belmonte, também reforça que os cuidados de prevenção são dever de todos e devem ser feitos de forma contínua.
No último boletim, de 5 de junho, o Estado contava com 869 casos confirmados, sendo 803 casos autóctones e 66 importados.