Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
09/07/2018 11:00 | Autor: Editor

Possível estupro de vulnerável termina com uma pessoa morta e suspeito de ser estuprador preso em Luz Marina

Um caso de violência sexual contra uma criança de 05 anos culminou com homicídio no distrito de Luz Marida, em São Padro do Iguaçu: vitima de esfaqueamento era casado com a neta do idoso acusado de estupro.

A vítima era casado com a neta do acusado do estupro

No início da noite de sábado passado, a Polícia Militar de São José das Palmeiras foi acionada para se deslocar até um estabelecimento comercial do distrito de Luz Marina, em São Pedro do Iguaçu, onde o proprietário relatou que teria abrigado um idoso que estaria sendo linchado por populares e pedia por socorro.
No local os policiais encontraram uma aglomeração de pessoas bastante exaltadas e, no interior do estabelecimento, em contato com o idoso, este relatou ter sido agredido por um homem.
Apresentando hematomas no olho direito e na face, o idoso disse que estavam o acusando de ter abusado sexualmente de uma criança, porém negou os fatos.
Logo em seguida, a avó de um menino de 05 anos de idade falou aos policiais que por volta das 15h00 de sexta-feira seu neto pediu para que deixasse ir ate a casa de um amiguinha brincar.
Horas mais tarde, quando o menino retornou para casa e apresentou comportamento estranho, a avó procurou saber o que havia acontecido e foi informada sobre o estupro.
A criança disse que a amiguinha não estava em casa, mas o avô dela pediu para que entrasse e depois disso teria praticado a violência sexual.
O idoso acusado foi encaminhado ao Centro de Saúde de São Pedro do Iguaçu, onde passou pelo teste rápido de sangue, enquanto a criança foi levada até a UPA para passar por exames que comprovassem o abuso sexual.
Posteriormente os envolvidos foram encaminhados à 15ª Subdivisão Policial de de Toledo para os procedimentos cabíveis.
Pouco antes disso, enquanto os policiais estavam no interior do estabelecimento comercial ouvindo o idoso, foram informados por populares que em uma rua próxima teria ocorrido um desentendimento por causa do possível estupro.
No local os policiais militares constataram que uma pessoa havia sido atingida por um golpe de faca, o que mobilizou também uma equipe da Saúde Pública.
A vítima do esfaqueamento foi identificada como Nataliano Mendes de Morais, de 39 anos, que era casado com a neta do idoso acusado do estupro, e acabou discutindo com um amigo da família da criança de 05 anos.
O setor policial registrou as duas ocorrências, mas até agora não localizou o autor do homicídio.