Rádio Difusora

(45) 9-9841-0044
27/11/2018 09:31 | Autor: Editor

Presidente Temer sanciona aumento salarial de 16% para ministros do STF

Foto:Divulgação
O presidente Michel Temer sancionou nesta segunda-feira o projeto de lei que reajusta em 16,38% o salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal.
A informação foi confirmada pela Casa Civil e a medida está sendo publicada na edição desta terça-feira do Diário Oficial da União.
O presidente concedeu o aumento no mesmo dia em que o ministro Luiz Fux, do STF, revogou decisões liminares concedendo auxílio-moradia a membros da magistratura.
Com a sanção, o salário de ministro do Supremo passará dos atuais 33 mil e 700 reais para 39 mil de 300 reais.
A medida deve gerar um efeito cascata, cujo impacto calculado por técnicos do Senado e da Câmara é de cerca de 4 bilhões de reais por ano.
O aumento foi aprovado no Senado no último dia 7 e, horas antes da votação, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse que o momento não era apropriado para o reajuste.
Em agosto, o presidente do STF, Dias Toffoli, fez um acordo com o Temer para que fosse concedido o reajuste salarial aos ministros.
Em troca, o Supremo ficou de rever o auxílio-moradia de 4 mil e 377 reais.