Rádio Difusora

(45) 9-9997-0532
03/12/2018 09:28 | Autor: Editor

Novo fator previdenciário reduzirá valor de novas aposentadorias

O novo fator previdenciário, que entrou em vigor no último sábado, dia 1º, provocará queda no valor pago aos novos segurados por tempo de contribuição pelo Instituto Nacional do Seguro Social.
Na comparação com a aposentadoria integral, essa redução será, em média, de 33,6% no valor das aposentadorias de homens entre 49 e 59 anos, e de 44,3% no benefício pago a mulheres entre 44 e 54 anos.
Os perfis consideram segurados que contribuíram pelo período mínimo exigido pelo INSS, que é de 35 anos para homens e de 30 anos para mulheres e que pagaram contribuições sobre o teto da Previdência Social na maior parte da vida profissional.
A nova tabela foi divulgada na semana passada e começou a ser aplicada nos pedidos de benefícios feitos a partir de sábado.
O novo índice deverá valer até 30 de novembro de 2019, e acordo com o Ministério da Fazenda, a alteração se deve à nova tábua de mortalidade no país, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.
A tabela do fator previdenciário é atualizada anualmente a partir desse dado para definir o pagamento aos aposentados e sempre que há aumento na esperança de vida, o fator prejudica as aposentadorias porque a proposta desta regra é diminuir o valor do benefício de quem tem possibilidade de recebê-lo por mais tempo.
Segundo o estudo do IBGE, a expectativa de vida do brasileiro passou de 75,8 anos em 2016 para 76 anos em 2017, portanto, um aumento de três meses e 11 dias.
O Ministério do Trabalho e Emprego explica que o fator previdenciário é utilizado somente no cálculo do valor da aposentadoria por tempo de contribuição do INSS e que nos demais casos, a utilização da fórmula é opcional e aplicada apenas quando aumenta o valor do benefício.