Rádio Difusora

(45) 3284-8080
11/04/2019 16:31 | Autor: Editor

Começam as especulações em relação as eleições do ano que vem

Alguns pretensos candidatos à prefeito já estão na estrada


A crise de identidade hora vivida pelo Poder Legislativo de Marechal Cândido Rondon, por conta de denúncias contra alguns de seus integrantes, dos quais um chegou a ser preso e inclusive usa tornozeleira eletrônica, faz surgir as primeiras especulações em relação as eleições do próximo ano.
As redes sociais disseminam indignação e revolta com o que está acontecendo na politica rondonense, e ao mesmo tempo, o comportamento que o eleitorado deverá ter no ano que vem.
Se ocorrer o que se registrou por exemplo, na eleição nacional em 2018, muitos poderão se surpreender em 2020 tanto em relação à Câmara quanto à prefeitura.
Para a eleição proporcional, o resultado vai obrigatoriamente passar pela decisão do Poder Legislativo, em relação aos vereadores Adelar Neumann, Nilson Hachmann e Neco Kist.
A decisão de cada um dos atuais vereadores, no desfecho dos processos, será avaliada pelo eleitorado, ou seja, se algum tem pretensões à voos maiores, terá que atender aos anseios da população em relação aos atuais escândalos.
Nas ruas, é unânime a avaliação dos prejuízos que o município está tendo com as ocorrências envolvendo vereadores.
Em relação a sucessão do prefeito Márcio Rauber, tudo indica que ele vá para a disputa de um segundo mandato.
Nos partidos de oposição, alguns pretensos já estão em “pré-campanha”.
Dos que foram candidatos na eleição passada, Vilson Moraes , que mesmo sem partido, já se disse interessado em novamente disputar a prefeitura.
Em relação ao empresário Elemar Lamberti, os comentários dão conta que dificilmente entrará na disputa como cabeça de chapa.
Outro que está na estrada é o ex-prefeito Moacir Froehlich, do MDB, que saiu da prefeitura com uma boa aprovação de governo.
Ele tem sido visto em muitos locais de concentração de pessoas e vem trabalhando também o corpo a corpo, avaliando as possibilidades.
Em se tratando de renovação para a prefeitura, por enquanto apenas dois nomes são especulados: Arion Nasighil e Josoé Pedrali.
Nessa relação de pretensos, obrigatoriamente estão também outros dois nomes de peso: Elio Lino Rusch e Ademir Bier, que mesmo fora da Assembleia Legislativa poderão vir para a disputa.
Por enquanto...tudo é especulação.