Conectado com

Geral

Ações da Saúde rondonense reduzem mortalidade infantil

Assessoria

A saúde rondonense possui muitos motivos para comemorar neste início de ano. Um deles é o relatório divulgado recentemente pela 20ª Regional de Saúde de Toledo, que apresentou queda da mortalidade infantil em Marechal Rondon nos últimos anos, especialmente em 2019.

De acordo com os dados, no ano passado, a taxa de mortalidade infantil esteve em 8 para cada mil nascimentos. Este número representa uma das menores taxas entre os 18 municípios que integram a 20ª Regional.

Em 2015, Marechal Rondon tinha uma taxa 21,2 de mortalidade infantil para cada 1000 nascimentos. Na época, disparadamente tinha a maior taxa em comparação com os outros municípios da região. Ano após ano este número foi baixando, através de ações desenvolvidas pela municipalidade.

Um dos principais indicadores para que a taxa de mortalidade fosse baixando ano após ano foi a volta dos partos no Hospital Municipal Dr. Cruzatti, que ocorreu em meados de junho de 2017. Desde então, nasceram 825 crianças, com uma média de quase uma a cada dia. Foram 363 partos normais e 462 cesáreas. Para que isso fosse possível, a secretária de Saúde, Marciane Specht, explica: “O planejamento elaborado para que os partos voltassem a ser realizados foi feito de maneira sistemática e organizada com as equipes de saúde, para que os serviços pudessem ser oferecidos com qualidade. Todo o processo contou com a necessária regularização da documentação do hospital, que na época não existia, composição da equipe (ginecologista e obstetra, pediatra, anestesista e equipe de enfermagem), e os processos licitatórios de materiais e equipamentos. Tudo foi possível graças ao empenho e à dedicação de toda a equipe da Secretaria de Saúde, que não mediu esforços”, enaltece.

DESCENTRALIZAÇÃO DO PRÉ-NATAL
Além dos investimentos no próprio hospital, a Secretaria de Saúde também iniciou ainda em 2017, a descentralização do pré-natal. Uma forma de melhorar a qualidade do atendimento às gestantes rondonenses. “Através da descentralização, as gestantes possuem o acompanhamento do pré-natal, na Estratégia Saúde da Família (posto de saúde) mais próxima de sua residência”, relata a coordenadora da Atenção Primária, Raquel Rech.

PARTO HUMANIZADO
O parto humanizado também foi um grande diferencial no município. “Estimulamos a opção das mães pelo parto natural, que é preconizado pelo Ministério da Saúde, lembrando que a realização de parto cesárea deve se dar por critério médico. Isso é um grande avanço. Sabemos que às vezes, apesar da vontade da mãe, é necessário fazer a cesárea”, explica Marciane Specht.

De forma mensal, tanto em postos de saúde como também no hospital, as mães recebem todo o acompanhamento de pré-natal, além da preparação para os desafios diários antes, durante e após o nascimento da criança.

Outro diferencial é o parto humanizado, com a inserção das doulas, que fazem um trabalho voluntário, conforme a disponibilidade delas. Elas possuem uma escala e acompanham as gestantes durante o período da gestação até os primeiros meses após o parto, com foco no bem-estar da mulher. Cabe a elas proporcionar informação, acolhimento, apoio físico e emocional às mulheres durante a gravidez, o parto e o pós-parto.

A taxa de mortalidade infantil é um indicador social representado pelo número de crianças que morreram antes de completar um ano de vida a cada mil crianças nascidas vivas no período de um ano. É um importante indicador da qualidade dos serviços de saúde, saneamento básico e educação de uma cidade, país ou região.

Fonte: Assessoria

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Professores rondonenses se mobilizam para participar de movimento de greve em Curitiba na segunda (03)

Entenda os motivos da greve

Professores da rede estadual de ensino de Marechal Rondon estão se mobilizando, para integrar a caravana que na segunda-feira (03) fará parte de um grande ato que acontecerá em Curitiba.

O movimento de greve é contra ações do Governo do Estado, que quer entregar as escolas  públicas à iniciativa privada, através do projeto “Parceiros da Escola”.

A presidente do núcleo do sindicato de Toledo, Marilene Alves, fala sobre a situação, comentando desde a aprovação do indicativo de greve até os motivos para a paralisação.

Conforme Marilene, não houve conversa – nem com a comunidade escolar e nem com a população, para privatizar as escolas e o que causou maior desconforto, é o fato da votação acontecer em regime de urgência.

Caravanas estão sendo preparadas na região, inclusive com professores de Marechal Rondon, para irem a Curitiba na segunda-feira, para participar do movimento……….OUÇA ÁUDIO

 

A professora rondonense Cilene Centenaro, fala sobre a organização dos professores e pais, que se somam ao movimento de greve.

Conforme Cilene “a escola não é uma empresa. É uma luta de todos”………..OUÇA ÁUDIO

Continue Lendo

Geral

Delegado Pedro Lucena confirma que homem baleado na BR-163 é policial civil. Outro homem que faleceu era morador da Bahia

A Policia Civil de Marechal Rondon instaurou inquérito para apurar um tiroteio registrado na noite de quarta-feira (29) nas proximidades do Posto Trovão Azul, na BR-163, que terminou com o saldo de uma pessoa morta e outra gravemente ferida.

O ferido foi identificado como sendo um policial civil de Toledo, de 36 anos, o qual está afastado por decisão judicial, pelo crime de trafico de drogas, e atualmente estava na cidade de Araçatuba – São Paulo.

Ele foi socorrido, deu entrada na UPA Marechal e já prestou depoimento à Policia Civil.

O outro baleado que faleceu no local tinha 38 anos, era do Estado da Bahia, e atualmente residia na cidade de Toledo.

O policial civil que sobreviveu contou que os dois participaram de um churrasco no distrito de Dois Irmãos – Toledo, que estariam vindo para Marechal Rondon passear, quando na BR-163, teriam sido surpreendidos pela rajada de tiros.

No Honda Civic que ocupavam, foram identificadas diversas perfurações na lataria, sendo que alguns dos disparos atingiram os ocupantes.

O delegado de policia rondonense, Pedro Lucena, fala sobre as primeiras apurações……….OUÇA ÁUDIO

Continue Lendo

Geral

Quatro Pontes busca a terceira vitória no Troféu Difusora Difusora

Ontem foi a vez de Entre Rios golear Guaíra por 12X0 e chamar a atenção no campeonato

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.