Conectado com

Policial

Acusado de homicídio em Mal Rondon é preso em Assis Chateaubriand

Um de 50 anos, que não teve a identidade revelada, o qual é acusado da prática de homicídio na cidade de Marechal Cândido Rondon, foi preso na tarde de ontem segunda-feira, em Assis Chateaubriand.

As investigações desenvolvidas pela Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon levantaram que no dia 08 de fevereiro deste ano, na Rua da Glória, no Jardim Marechal, o acusado assassinou com várias facadas, Anderson Franco, de 31 anos.

A vítima estava em casa e bebia cervejas com o autor do crime, quando os dois entraram em discussão e o acusado praticou o crime.

No dia do crime, a esposa de Anderson contou que ele teria entrado para dormir, mas foi perseguido e morto.

Com base no que foi levantado, foi solicitado à Justiça um manado de prisão do acusado, mas este não foi encontrado em Ma. Rondon.

Ontem a tarde, porém, a Polícia Civil de Assis Chateaubriand encontrou o homicida trabalhando em uma obra no Jardim Progresso.

De acordo com o delegado de Assis, André Mendes, o elemento confessou o crime praticado contra Anderson Franco e foi encaminhado à Delegacia de Polícia.

Continue Lendo
Publicidade

Policial

Cinco toneladas de maconha são apreendidas em caminhão abordado em Toledo

Durante a manhã desta quinta-feira,  um caminhão Mercedez Benz 2546 foi abordado em uma operação de fiscalização, realizada pela Polícia Rodoviária Estadual, na Rodovia PR- 585, em Toledo.

Na ação policial, a equipe da PRE avistou o caminhão e considerou o comportamento do condutor como suspeito.

Depois da abordagem, foi solicitado que o veículo fosse encaminhado pelo mesmo, até a sede da 3ª Cia da Polícia Rodoviária em Cascavel.

Após parte da carga ter sido removida, foram encontrados quase 5 mil kg de maconha.

O motorista, a carga, o caminhão e o entorpecente, foram encaminhados até a delegacia de Polícia Civil de Toledo, onde serão aplicadas as medidas cabíveis para o caso.

 

Continue Lendo

Policial

PM apreende em Nova Santa Rosa veículos com cigarros contrabandeados

Em patrulhamento desenvolvido por volta das 06h30 desta quinta-feira na cidade de Nova Santa Rosa, uma equipe de militares da Rotam avistaram um comboio de três carros na Avenida Santa Cristo.

Houve tentativa de abordagem, mas como os motoristas não atenderam a ordem e evadiram-se em alta velocidade, os policiais iniciaram um acompanhamento tático.

Em uma curva nas proximidades da Igreja de Novo Blumenau, um Astra com placas de Ribeirão Preto,. São Paulo, ficou desgovernado e capotou em uma área de lavoura.

O condutor ainda tentou fugir a pé, mas foi detido por um cão  policial, que imobilizou o contrabandista, e depois foi socorrido com ferimentos leves por uma equipe do Samu.

Dando continuidade as buscas, os militares localizaram em frente ao Hospital em Nova Santa Rosa um veículo também com placas de Ribeirão Preto, São Paulo, que estava carregado com cigarros contrabandeados.

Os policiais militares continuaram as buscas ao terceiro veículo utilizado no contrabando, até então não há pistas.

 

Continue Lendo

Policial

Polícia estoura cativeiro e liberta médica filha de prefeito de Laranjeiras do Sul

Divulgação

Foram mais de 130 horas de angústia, que terminaram por volta das 23h00 de ontem quarta-feira, com o resgate da médica Tamires Gemelli da Silva Mignoni, filha do prefeito de Laranjeiras do Sul, Berto Silva.

Tamires chegou a Laranjeiras já na madrugada desta quinta e foi recebida com festa por uma multidão.

A médica foi localizada em Cantagalo, cidade a menos de 40 quilômetros de Laranjeiras do Sul, em ação conjunta de policiais civis do Tigre do Paraná, e do Deic do Rio Grande do Sul.

Três pessoas, sendo dois homens e uma mulher, foram detidos no cativeiro onde a médica era mantida refém.

De acordo com a Polícia Civil, Tamires estava bem e não tinha ferimentos: ela permaneceu por mais de 130 horas em poder dos criminosos, o sequestro mais longo da história do Paraná.

Até então o de maior duração no Estado havia sido registrado em Mal. Cândido Rondon, o que culminou com a morte dos três autores.

A médica havia sido sequestrada no fim da manhã de sexta-feira, dia 16, em Erechim, no Rio Grande do Sul, onde mora.

Ela deixava a unidade de saúde na qual trabalha quando foi raptada pelos criminosos.

Tamires foi levada no próprio carro, que foi localizado poucas horas mais tarde, e desde então, foram momentos de tensão vividos por familiares e amigos.

Na segunda-feira passada, a família desmentiu a informação de que os sequestradores haviam pedido 2 milhões de reais pelo resgate da vítima.

Agora a Polícia Civil segue com as investigações para identificar outras pessoas envolvidas no crime, bem como a motivação do sequestro.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.