Conectado com

Geral

Agentes culturais rondonenses com inscrições indeferidas no Bolsa Qualificação Cultural devem entrar com recurso até esta sexta-feira

Lista dos nomes e motivos do indeferimento estão disponíveis em https://inscricoes.apps.uepg.br/
Marechal Rondon teve excelente número de agentes culturais inscritos ao Programa Bolsa Qualificação Cultural, que é uma parceria entre a Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura (SECC) e a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), que vai operacionalizar aulas em sistema de EaD (Educação à Distância). A iniciativa é a primeira ação da Lei Aldir Blanc (LAB) em 2021, no estado.
Na semana passada foram publicados os editais com o deferimento ou o indeferimento das inscrições. Eles estão disponíveis em https://inscricoes.apps.uepg.br/.
Para os candidatos que tiveram a inscrição indeferida, estes deverão protocolar recursos por escrito, dirigidos à Coordenadoria NUTEAD da Universidade Estadual de Ponta Grossa, até às 23h59 desta sexta-feira, dia 15 de outubro. Estes deverão ser protocolados no “PROTOCOLO DIGITAL UEPG, SEI – Sistema Eletrônico de Informações”, no link: https://sisei.apps.uepg.br/protocolo-digital/geral, solicitações gerais, indicando no campo Descrição Simplificada do Assunto “AO NUTEAD – BOLSA-QUALIFICAÇÃO – RECURSO – HOMOLOGAÇÃO”.
O edital final de homologação das inscrições, após análise de recursos, estará disponível a partir do dia 18.
Os agentes culturais que tiverem as inscrições deferidas terão pela frente 120 horas de formação, sendo que o primeiro módulo de 40 horas, comum a todos, será destinado ao aprendizado de políticas de fomento à cultura. A cada módulo de 40 horas, o participante terá o direito de receber R$ 1 mil, totalizando R$ 3 mil ao final do programa.
Marechal Rondon foi contemplado com 55 vagas, que foram distribuídas proporcionalmente ao número de habitantes do município.
Fonte: Assessoria 
Continue Lendo
Publicidade

Geral

Secretaria de Saúde rondonense confirma mais um óbito por Covid-19 nesta segunda-feira (25)

ÓBITO 154: Sexo masculino, 76 anos. O início dos sintomas ocorreu no dia 22/09 com tosse, falta de ar, dor muscular e hipossaturação.

Dirigiu-se à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em 29/09, onde foi realizado o teste antígeno com resultado positivo para Covid-19.

No mesmo dia houve coleta do RT-PCR, com o resultado confirmado em 04/10.

O paciente foi transferido ao Hospital Moacir Micheletto, em Assis Chateaubriand, no dia 30/09, onde recebeu alta em 06/10. No dia 09/10 o idoso retornou à UPA, em Marechal Rondon, tendo permanecido internado até 22/10.

Neste dia foi transferido para atendimento hospitalar, onde veio a óbito em 25/10.

Comorbidades: Hipertensão e sequela de AVC.

 

Fonte: Assessoria 

Continue Lendo

Geral

Advogada esclarece pontos da legislação ambiental no Programa “Meu Dia Minha Terra”

Reportagem com Gladiston Pacheco

 

Continue Lendo

Geral

Rondonenses têm até sexta-feira para pedir isenção de IPTU

Interessados devem se dirigir ao Departamento de Tributação, na Secretaria Municipal de Fazenda

Os pedidos de isenção de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) relativos ao exercício 2022 devem ser requeridos até sexta-feira (29), na prefeitura de Marechal Cândido Rondon.

As solicitações precisam ser renovadas anualmente para a concessão do benefício e são voltadas a aposentados, pensionistas, portadores de deficiências ou de doenças mencionadas na Lei Municipal nº 116/2018, pessoas com idade acima dos 65 anos e, também, por área edificada, seguindo os requisitos legais.

Vale salientar que os proprietários de chácaras e de lotes rurais que estão localizados no perímetro urbano devem respeitar o mesmo prazo, ou seja, até sexta-feira.

Requerimento

A isenção é concedida caso seja comprovado que esses imóveis estejam destinados à exploração extrativa vegetal, agrícola, pecuária, de preservação permanente, reserva legal ou preservação ambiental.

O secretário municipal de Fazenda, Carmelo Daronch, menciona que os contribuintes devem se dirigir ao Departamento de Tributação, para requerer o benefício. “É imprescindível apresentar os documentos descritos na legislação para que sejam submetidos à análise e ao parecer”, acrescenta ele.
Para mais esclarecimentos é preciso entrar em contato com o Departamento de Tributação.

 

Fonte: Assessoria 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.