Conectado com

Agricultura

Agricultores familiares afetados por estiagem podem renegociar financiamentos

O Conselho Monetário Nacional autorizou nesta quinta-feira que agricultores familiares que registraram prejuízos em função das secas recentes no país renegociem financiamentos contratados com recursos do Fundo de Terras e da Reforma Agrária.

Só vale para casos de emergência ou calamidade 

As medidas detalhadas de crédito rural aprovadas pelo conselho ocorrem um dia após a divulgação do Plano Safra 2020/21 pelo governo federal.

De acordo com comunicado do órgão, produtores de municípios que decretaram situação de emergência ou estado de calamidade pública por causa da seca ou estiagem poderão renegociar para até um ano após o vencimento as parcelas expiradas em 2020.

“O CMN autorizou a renegociação de dívidas de crédito rural, inclusive aquelas contratadas com recursos do FTRA, tendo em vista que, desde de dezembro de 2019, a seca tem atingido diversos municípios brasileiros, especialmente nas regiões Sul e Nordeste”, disse o Conselho.

As renegociações devem ser solicitadas até 29 de dezembro deste ano para operações de crédito fundiário em situação de adimplência ao final de 2019.

Para inadimplentes no período, a renegociação pode ocorrer, mas mediante quitação dos débitos anteriores.

Além disso, o CMN também elevou o limite para financiamento da assistência técnica com recursos do Fundo de Terras e da Reforma Agrária para 10 mil reais, ante 7 mil e 500 reais anteriormente, citando agilização das propostas de crédito e simplificação dos procedimentos.

O CMN estabeleceu ainda nova taxa efetiva de juros de 4% ao ano para agricultores familiares com renda bruta familiar anual de até 216 mil reais e patrimônio de até 500 mil reais, em linha com definições do Plano Safra 2020/21.

Continue Lendo
Publicidade

Agricultura

Condições climáticas motivam preocupações para os agricultores da Região Oeste do Paraná

Falta de chuvas pode provocar atraso no milho safrinha lá na frente

Desde o fim do vazio sanitário no último dia 10, os produtores rurais já poderiam ter iniciado o plantio da soja, no entanto, sem previsão de chuva é melhor não arriscar.

Esta não é a primeira vez que o tempo seco atrasa o plantio das culturas de verão na região Oeste do Paraná: no ano passado aconteceu algo parecido.

Entretanto, o maior receio do produtor é que atrasando o início do ciclo com o plantio da soja, a colheita do milho safrinha seja prejudicada lá na frente.

Na Regional da Seab de Toledo, que abrange 20 municípios, incluindo Marechal Cândido Rondon, o plantio das culturas de verão deve chegar a 483 mil hectares.

A previsão de produção é de uma safra de mais de 1.800 toneladas.

De acordo com o Departamento de Economia Rural, 34% da safra já estão comercializados e, para garantir os bons resultados, os produtores aguardam com expectativa a chegada da chuva.

Todavia, o Simepar prevê para os próximos dias é céu aberto, o que aumenta a preocupação dos agricultores da região.

Ao detalhar a preocupação em relação as condições climáticas, o engenheiro agrônomo Renato Viebrantz, da Agrícola Horizonte de Marechal Cândido Rondon, faz algumas recomendações aos agricultores no momento da implantação das lavouras……..Ouça entrevista

Continue Lendo

Agricultura

Encontro amanha (12) sobre o ITR é destinado para produtores de M.C.Rondon e região

Acontece sábado de manhã (12) na Loja Agropecuária da Copagril de Marechal Rondon, evento para prestar esclarecimentos sobre o Imposto Propriedade Territorial Rural – ITR.

O encontro é destinado para os produtores rurais da região e é realizado pelo Isepe Rondon, através do curso de Ciências Contábeis.

A coordenadora do curso, Elisiane Salzer, dá mais detalhes sobre o evento, destacando a parceria Isepe, Copagril e Sindicato Rural de Marechal Cândido Rondon………..ouça entrevista….

 

Continue Lendo

Agricultura

Agricultores terão atendimento gratuito do Isepe Rondon sobre o ITR

O Curso de Ciências Contábeis da Faculdade Isepe Rondon vai realizar sábado (12)  das 09 às 12 horas junto a Loja Agropecuária da Copagril, um evento para prestar esclarecimentos sobre o Imposto Propriedade Territorial Rural – ITR.

Serão fornecidas orientações quanto a obrigatoriedade, casos de imunidade e isenção do imposto, bem como serão realizadas consultas das declarações anteriores com intuito de verificação da situação da declaração.

O evento acontece em parceria com a Cooperativa Copagril, Núcleo de Profissionais da Contabilidade e o Sindicato Rural de Marechal Cândido Rondon.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.