Conectado com

Geral

AMAR reforça pedido para a população mercedense separar o lixo e identificar o reciclável

Além de garantir o sustento de várias famílias do município, o trabalho de coleta e preparo de material para reciclagem é fundamental para a preservação do ambiente e da saúde pública

Papel (jornais, revistas, livros, cadernos), papelão, plástico, latinhas de alumínio, garrafas pet, embalagens e copos descartáveis não são lixo e valem dinheiro. Por isso, devem ser “separados” (do lixo comum), para reciclagem e venda.

E esse trabalho, é exemplarmente realizado pela AMAR (Associação Mercedense de Agentes Recicladores).

Os associados são mercedenses, que receberam apoio da Prefeitura para formar a entidade, manter o negócio e sobreviver de suas vendas.

Portanto, vivem do trabalho de coletar, prensar e vender o material para recicladoras.

Além de garantir o sustento de várias famílias do município, o trabalho de coleta e preparo de material para reciclagem é fundamental para a preservação do ambiente e da saúde pública, já que esses ingredientes (lixo/meio ambiente/saúde pública) fazem parte de um mesmo pacote.

Existe, também, a recolha de óleo de cozinha e de vidros (que podem ser armazenado em garrafas pet).

Para que o trabalho da coleta seletiva continue crescendo, a população do município está sendo sensibilizada a participar fazendo a separação correta dos materiais.

Semanalmente o caminhão passa realizando a recolha dos materiais por toda a sede municipal e nos distritos de Arroio Guaçu e Três Irmãs:

-Terça-feira: região leste da cidade (iniciando da Avenida João XXIII em sentido a BR-163)

-Quarta-feira: região oeste da cidade (iniciando da Avenida João XXIII em sentido ao Lago Municipal)

-Quinta-feira: Distritos de Arroio Guaçu e Três Irmãs

-Recolhas no interior podem ser agendadas pelo telefone (45) 3256-8088.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Homem de 68 anos cai da escada e bate a cabeça em residência na Vila Gaúcha

Ele sofreu um corte e foi encaminhado para atendimento na UPA Marechal

 

Um rondonense de 68 anos foi vitima de acidente doméstico na manhã desta quarta-feira (23) em uma residência na rua Continental, bairro Vila Gaucha.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e socorreu o homem que subiu em uma escada e sofreu queda, batendo a cabeça na calçada.

Ele sofreu um corte e foi encaminhado para atendimento na UPA Marechal: está consciente e num primeiro momento, o estado de saúde é satisfatório.

O rondonense de 68 anos será submetido agora a uma bateria de exames.

 

Continue Lendo

Geral

Vereadores defendem aquisição de estrutura para cirurgias urológicas pelo Ciscopar

Assessoria

Requerimento apresentado por vereadores rondonenses, solicita que a administração municipal incentive que o Consórcio Intermunicipal de Saúde – Ciscopoar adquira equipamentos necessários para a realização de cirurgias urológicas a laser, em especial a fragmentação dos cálculos renais e ureterais altos.

O requerimento, aprovado ontem, é de autoria dos vereadores Rafael Heinrich,Pedro Rauber, Gordinho do Suco, Dionir Briesch, Suko, Neco, Paleta e Vanderlei Sauer.

Atualmente, os pacientes com diagnóstico de cálculos renais atendidos pelo SUS na área de atuação do Ciscopar passam por cirurgias mais invasivas, que exigem maiores cuidados e a permanência em internação hospitalar.

Já as cirurgias a laser são menos invasivas, exigindo menores cuidados pós-operatórios e sem necessidade de permanência em internamento hospitalar, pois a liberação do paciente ocorre no mesmo dia da cirurgia.

Um dos autores do pedido, o vereador Rafael Heinrich, fala da necessidade de melhor estrutura para este tipo de cirurgia……

 

Continue Lendo

Geral

Índios fazem manifestação nesta quarta-feira (23) em Guaira

 

Nova manifestação indígena está acontecendo na manhã desta quarta-feira (23) no município de Guaíra.

Cerca de 300 indígenas estão marchando, desde a área de aldeiamento até a sede do Ministério Publico Federal.

Dezenas de policiais, de diversas forças instaladas na fronteira, acompanham a manifestação, que até o momento transcorre de forma pacífica.

Foi apurado com a Policia Federal de Guaíra, que a manifestação é contra o projeto de lei que quer alterar a regulamentação dos processos de demarcação de áreas indígenas.

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.