Conectado com

Geral

AMP diz que prefeituras não vão retomar aulas presenciais agora

Ilustrativa

Três argumentos foram apresentados e um deles é a necessidade de preservar a saúde de alunos.

O presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e prefeito de Pérola, Darlan Scalco, anunciou ontem, após videoconferência com os presidentes das 19 associações regionais de municípios do Estado, que as prefeituras paranaenses não vão retomar, neste momento, as aulas presenciais na rede municipal de ensino e manterão o ensino remoto.

A proposta foi apresentada por Darlan e acatada por unanimidade pelos dirigentes das associações regionais.

Scalco explicou que, ao contrário do que informaram alguns veículos da mídia, em momento algum o governo do Estado determinou a volta às aulas presenciais da rede pública de ensino porque o governador Ratinho Junior – assim como os prefeitos do Estado – está totalmente ciente dos riscos da retomada do ensino presencial nas escolas neste momento.

O presidente da AMP apresentou três argumentos principais para sustentar esta posição.

O primeiro deles é a necessidade de preservar a saúde de alunos, pais de alunos, professores e servidores das escolas e evitar o contágio pela Covid-19.

O segundo argumento é a necessidade de as prefeituras respeitaram recomendações do Ministério da Saúde de proteção à saúde dos grupos de risco.

O terceiro argumento é de ordem financeira e por causa da redução da atividade econômica em função do distanciamento social, ocorrida desde o início da pandemia, em março, as prefeituras sofreram uma queda drástica das receitas, incluindo dos recursos usados para o pagamento dos salários dos professores.

Apenas no caso do Fundeb (fundo que em boa parte é usado para o pagamento de salários de professores da rede pública de ensino) e sem considerar a inflação do período, a queda de receita foi de 11,1% – de R$ 3,61 bilhões para R$ 3,21 bilhões, comparando-se março a julho de 2019 com março a julho de 2020.

O ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços caiu 12,5%; o Salário-Educação, 12,3%.

A principal fonte de receita das prefeituras, o FPM, caiu 11,5%.

Segundo o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), em 2019, o Paraná tem um total de 2.064.519 alunos – 1.058.376 alunos da rede municipal (51,27%) e 1.006.143 da rede estadual (48,73%).

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Corrida da Acorre Rondon reúne centenas de crianças no Estádio Municipal

Dezenas de crianças, com idades entre 05 e 15 anos, participaram no sábado no Estádio Municipal Valdir Schneider, de Marechal Rondon, da 7º edição da Corrida Kids, promovida pela Acorre Rondon.

Com inscrições gratuitas, o evento teve ainda o cunho social de arrecadar material escolar para serem repassados às crianças menos favorecidas.

A presidente da prova, Arlete Kempfer, agradece a todos os envolvidos..

Continue Lendo

Geral

Governo vai enviar vacinas contra dengue para mais 29 municípios

Novo lote completa lista de 521 cidades que receberão o imunizante

 

O Ministério da Saúde informou que vai enviar doses de vacinas contra dengue para mais 29 municípios nos próximos dias. O novo lote vai completar a lista de 521 municípios selecionados para receber as doses até a primeira quinzena de março. Até o momento, 492 cidades já receberam os imunizantes.

A vacinação contra a dengue começou neste mês e é destinada à aplicação em crianças de 10 e 11 anos. Até o fim deste ano, a vacinação com a Qdenga, nome comercial do imunizante, será ampliada para adolescentes de 12,13 e 14 anos que moram nos 521 municípios.

Os municípios foram escolhidos para receber os primeiros lotes das vacinas por estarem localizados em áreas de com alta incidência da dengue tipo 2 (Sorotipo 2), que provoca infecção mais grave da doença.

A restrição de regiões que vão receber a vacinação foi feita diante das dificuldades apresentadas para produção e oferta da vacina, elaborada pelo laboratório Takeda. A partir da entrega de mais carregamentos, a vacinação será ampliada pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo o Ministério da Saúde, foram compradas 5,2 milhões de vacinas neste ano. Em 2025, serão mais 9 milhões.

A vacina Qdenga teve o registro aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em março de 2023. Em dezembro do ano passado, a pasta anunciou a incorporação do insumo no SUS.

Pelo menos seis estados já declararam situação de emergência devido aos casos registrados de dengue na população. Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Acre, Goiás e o Distrito Federal estão na lista.

 

 

Fonte: Agência Brasil

Continue Lendo

Geral

Cojem Marechal comemora 30 anos com legado de transformação e impacto positivo na vida de centenas de jovens

Foto: Assessoria

O Conselho do Jovem Empreendedor de Marechal Cândido Rondon (Cojem Marechal), vinculado à Acimacar, completou no sábado três décadas de existência, marcadas por uma trajetória repleta de conquistas, comprometimento e crescimento pessoal e profissional dos seus membros.

Desde sua fundação, em 1993, o Cojem tem sido um catalisador de mudanças transformadoras na vida de centenas de jovens lideranças e empresários.

Para celebrar as três décadas de fundação, o conselho organizou um café no sábado, que contou com a presença de ex e atuais membros, e lideranças da sociedade.

Paulo Grenzel, atual presidente da Acimacar, reconhece o Cojem como um pilar essencial na história da associação comercial, enaltecendo o legado de líderes que contribuíram para o crescimento e desenvolvimento dos jovens no município.
O vice-presidente dos Núcleos Setoriais da Acimacar, Rodrigo Glesse, evidenciou a importância do Cojem na formação de jovens lideranças, na contribuição para o desenvolvimento da classe empresarial local e a constante transformação que os participantes experimentam ao longo de sua jornada no conselho.

Relembrando o início da jornada, Sandro Scherer, o primeiro presidente do Cojem Marechal, destacou o crescimento pessoal dos membros ao longo dos anos e o compromisso contínuo com o propósito inicial de desenvolvimento humano e empresarial.

A presidente da gestão 2023/2024, Alana Ferreira, destacou as realizações recentes do conselho, enfatizando seu papel transformador na comunidade.

Fundado em 24 de fevereiro de 1994, o Conselho do Jovem Empreendedor de Marechal Cândido Rondon completa este ano três décadas de uma trajetória dedicada ao desenvolvimento do empreendedorismo e à formação de novas lideranças.

Composto atualmente por 16 conselheiros atuantes, o Cojem tem como missão promover o fortalecimento do associativismo, integrar os jovens com a comunidade e ser uma referência de liderança empreendedora. Seus valores fundamentais incluem integridade, associativismo, crescimento contínuo, empreendedorismo, liderança, reconhecimento e comprometimento.

 

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.