Conectado com

Geral

APP define que greve dos professores vai atingir só atividades presenciais

Início da eventual paralisação foi adiado para 1º de março

 

Em assembleia-geral em plataforma virtual ontem a noite, com a participação de mais de mil professores de escolas do Paraná, a  APP-Sindicato aprovou  o adiamento da greve dos professores e funcionários para o dia 1°  de março ou quando forem retomadas as aulas presenciais.

Ficou definido que a paralisação será somente das atividades presenciais, mantendo as aulas online.

A principio uma greve estava convocada para começar hoje  porém, após pressão da categoria, de prefeitos e outras lideranças, o governo do Paraná decidiu adiar o retorno presencial das aulas para primeiro de março e assim, a direção do sindicato organizou uma assembleia da categoria para definir sobre o tema, o que aconteceu ontem .

A assembleia aprovou proposta elaborada em reunião do Conselho do sindicato ocorrida na véspera, com a participação de representantes dos 29 núcleos regionais do sindicato.

Após a aprovação da nova data, a direção da APP apresentou um calendário de lutas para manter a base mobilizada até o início da greve.

Esse calendário prevê visitas às escolas a partir de hoje para averiguar as condições sanitárias, de pessoal e tecnológicas das escolas.

Nos dias 20 e 27, os educadores vão participar de atividades com os pais nas escolas, para sensibilizá-los para o cuidado com a vida.

No primeiro dia de março, a APP-Sindicato deve publicar um dossiê com as condições reais das escolas e número de de contaminações de profissionais de educação com o novo Coronavírus.

O Sindicato afirma que na avaliação de especialistas consultados não há protocolos suficientes para conter o contágio entre estudantes e profissionais.

O sindicato  diz ainda ter recebido  denúncias da falta de condições sanitárias em muitas das escolas estaduais, envolvendo falta álcool gel, falta máscaras e inclusive de  água em alguns estabelecimentos.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Vacinação contra a Covid-19 terá sequência nesta quarta-feira (03) em Marechal Rondon

Assessoria

A imunização contra a Covid-19 terá sequência nesta quarta-feira, dia 03, em Marechal Rondon. Há 310 doses disponíveis da vacina, que serão disponibilizadas para idosos entre 80 e 84 anos. O ponto de vacinação será exclusivamente no pavilhão da Igreja Matriz Católica, com início às 8h e seguirá enquanto houver estoque de vacina.

Serão entregues senhas para o controle de doses, e assim que houver nova distribuição de doses, será dada continuidade na vacinação para a faixa etária determinada pelo Ministério da Saúde.

Por outro lado, idosos com idade entre 85 e 89 anos, também poderão ir ao local para serem imunizados. Este público tem prioridade para o recebimento dessas doses.

Para receber a vacinação é necessário estar munido do cartão SUS, CPF e cartão de vacina.

 

Fonte: Assessoria

 

 

 

 

 

Continue Lendo

Geral

Aumento de casos de coronavirus pode provocar abertura do Hospital de Campanha de MCRondon

Continue Lendo

Geral

Acimacar solicita flexibilização do funcionamento do comércio ao prefeito de Marechal Cândido Rondon

Acimacar

Presidência e Conselho Orientador da entidade solicitaram a liberação de trabalhos internos e delivery de mercadorias a todas as empresas do comércio, além da prorrogação das datas de vencimento do Alvará e IPTU para pessoas físicas e jurídicas

Em encontro realizado na manhã desta terça-feira (02) na sede da Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar), o presidente da entidade, Ricardo Luiz Leites de Oliveira, acompanhado pela vice-presidente, Carla Rieger Bregoli, e pelos membros do Conselho Orientador apresentaram ao prefeito do município, Marcio Andrei Rauber, a sugestão de medidas a serem adotadas para flexibilizar o funcionamento das empresas do comércio de Marechal Cândido Rondon.

A solicitação da Acimacar objetiva evitar que as empresas consideradas atividades não essenciais tenham graves prejuízos econômicos tendo em vista o lockdown decretado pelo Governo do Paraná até o dia 08 de março, que impede o funcionamento de todas as empresas do comércio varejista de forma plena.

“Solicitamos ao prefeito a adoção dessas medidas como forma de evitar que o comércio tenha mais prejuízos neste período de lockdown. Essa demanda será encaminhada ao Centro de Operações de Emergência (COE) e esperamos que seja prontamente atendida, permitindo que todas as empresas atuem internamente com o número de colaboradores limitado uma porcentagem da equipe, bem como atenda seus clientes de forma remota, por telefone e aplicativos, realizando a entrega de mercadorias aos clientes em formato delivery”, pontua o presidente da Acimacar, Ricardo Luiz Leites de Oliveira.

 

Prorrogação de tributos municipais

Outra solicitação da Acimacar ao prefeito rondonense foi a prorrogação das datas de vencimento do Alvará para as empresas de todos os segmentos constituídas em Marechal Cândido Rondon e do Imposto sobre a Propriedade Predial Territorial Urbana (IPTU) a pessoas físicas e jurídicas.

“Esse pedido de prorrogação dos vencimentos dos tributos municipais é extremamente pertinente, tendo em vista que diversas empresas vêm sofrendo há um ano e outras acabaram de sofrer mais um revés com o lockdown. É um pedido coerente da Acimacar. Vamos encaminha-lo a Secretaria de Fazenda, consultar a Procuradoria do Município e, se não houver nenhuma objeção, vamos prorrogar as datas de vencimento para dar fôlego para as nossas empresas”, detalha o prefeito.

Enquanto tramitam as mediações para adoção de tais medidas, a Acimacar e o prefeito rondonense reforçaram o pedido para a sociedade manter o uso de máscara, as medidas de higiene com uso de álcool gel, distanciamento social e para que evitem aglomerações.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Acimacar

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.