Conectado com

Policial / Trânsito

Apreensões de cigarro feitas pela PRF dobram em 2019 e batem recorde histórico

Em 11 meses, PRF apreendeu 1 bilhão de reais em cigarros trazidos do Paraguai.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 36,9 milhões de carteiras de cigarro no Paraná de janeiro a novembro deste ano.

O resultado obtido em 11 meses já representa o dobro do registrado durante todo o ano de 2018, quando 18,4 milhões de carteiras foram apreendidas pela PRF no estado.

O balanço parcial divulgado nesta quinta-feiracoloca 2019 como o ano em que a PRF mais apreendeu cigarros desde o início da série histórica, em 2010.

Até então, o maior volume havia sido verificado em 2013, quando 31,1 milhões de carteiras foram apreendidas.

Desde 2010 até hoje, a Polícia Rodoviária Federal apreendeu 199,3 milhões de carteiras de cigarro no Paraná.

Todo esse montante acumulado equivale a R$ 996,5 milhões.

O valor de referência de cada carteira de cigarro é R$ 5 –preço mínimo regulamentado para uma carteira ou maço com 20 cigarros.

O Paraná é o estado brasileiro onde a Polícia Rodoviária Federal mais apreende cigarros contrabandeados do Paraguai.

A cada cinco carros ou caminhões apreendidos pela PRF com cigarro, ao menos um é produto de roubo ou furto.

Além de alimentar uma cadeia de crimes associados, o contrabando provoca uma evasão fiscal bilionária, uma vez que cerca de 80% do preço do cigarro comercializado legalmente no país corresponde a tributos.

O contrabando afeta ainda a saúde pública, por ofertar à população produtos nocivos a preços inferiores aos de mercado, sem qualquer tipo de controle sanitário e sem as advertências obrigatórias nas embalagens.

E acaba por constituir uma atividade rentável para o crime organizado.

Quem tiver qualquer informação sobre veículos suspeitos de transportar cargas ilícitas em rodovias federais pode ligar para o telefone 191 da PRF, inclusive de forma anônima: o crime de contrabando tem pena prevista de dois a cinco anos de prisão.

Continue Lendo
Publicidade

Policial / Trânsito

Batalhão de Fronteira cumpre mandados de prisão em sua área de ação

Prisões ocorreram em Toledo, Santa Helena e Querência do Norte

Nesta segunda-feira (15/07), no âmbito da Operação Protetor, a Polícia Militar do Paraná, por meio do BPFRON, cumpriu uma serie de mandados de prisão contra foragidos da justiça.

Em Toledo foi preso um elemento de 26 anos, contra quem havia um mandado expedido pela Justiça Federal.

Ele foi encaminhado para a 20ª Subdivisão Policial.

Em Santa Helena foi localizado e preso um jovem de 22 anos , condenado e procurado por tráfico de drogas.

Quando localizado recebeu voz de prisão e foi conduzido ao Departamento Penitenciário de Medianeira.

Outros dois mandados foram cumpridos na região de Querência do Norte.

Com apoio da policia civil foi preso um rapaz de 23 anos que responde pelo crime de feminicídio

Também foi localizado e preso um jovem de 19 anos, contra quem havia um mandado em aberto pelo crime de homicídio.

Ele foi encaminhado para o DEPEN de Loanda onde fica a disposição da Justiça.

 

 

Fonte: BPFRON

Continue Lendo

Policial / Trânsito

Mulher é vitima de furto de R$ 3 mil que guardava em casa

Acusa como autores motorista de aplicativo e uma conhecida

Por volta das 19 horas de ontem (14) uma mulher compareceu na sede da 2ª. Cia da Policia Militar denunciando ter sido vitima de furto e ameaças de morte.

Relatou que no sábado a noite contratou um Uber para se deslocar até Pato Bragado e combinou que o mesmo a buscaria após finalizado seu compromisso.

De acordo com o que disse, deixou a chave de sua residência localizada a rua Relindo Weber, no Bairro Cataratas, sob a responsabilidade do motorista de aplicativo, já que este sempre a atendia.

Ao acordar na manhã de domingo constatou que foram subtraídos de sua moradia aproximadamente R$3.000,00 em espécie.

A vítima relata possuir provas em áudio e conversas de WhatsApp que comprovam que o motorista de aplicativo, juntamente com outra mulher, invadiram sua residência pois estavam com a chave da casa.

Após informar aos envolvidos que iria até a polícia confeccionar boletim de ocorrência, por volta das 16 horas de ontem , os suspeitos foram até a casa dela e a agrediram.

Além disso a mulher teria ameaçado matá-la e a sua filha de 9 anos.

Após elaboração do Boletim de Ocorrência a vitima foi orientada a procurar a Policia Civil para a tomada de providências a respeito.

 

Boletim PM

Continue Lendo

Policial / Trânsito

Polícia investiga possível caso de homicídio em Pato Bragado

Vitima apresentava vários hematomas pelo corpo

A Policia Civil de Marechal Cândido Rondon foi informada da morte de uma pessoa em Pato Bragado, a qual deu entrada no hospital local já sem os sinais vitais.

A Policia Militar compareceu na unidade hospitalar sendo informada pela médica de plantão que a vitima apresentava vários hematomas pelo corpo, possivelmente provocados por agressões.

Não foram liberadas mais informações a respeito e o caso foi repassado à policia civil para investigação.

 

Fonte: Boletim PM

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.