Conectado com

Política

“Argentina escolheu mal”, diz Bolsonaro sobre vitória de Fernández

Jair Bolsonaro segue em viagem para o Catar | Foto: AFP

Presidente afirmou que não pretende parabenizar novo chefe de Estado da Argentina

O presidente Jair Bolsonaro criticou a eleição do peronista Alberto Fernández, que tem como vice a ex-presidente Cristina Kirchner, à presidência da Argentina. “Lamento. Não tenho bola de cristal, mas acho que a Argentina escolheu mal”, disse Bolsonaro na saída do hotel Emirates Palace, em Abu Dabi, nesta segunda-feira, 28. O próximo destino do presidente no périplo que faz pela Ásia e pelo Oriente Médio é Doha, no Catar. O chefe de Estado brasileiro demonstrou incômodo com uma imagem publicada no domingo, 27, por Fernández em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silvia, preso desde o ano passado no âmbito da Operação Lava Jato.

“O primeiro ato do Fernández foi Lula livre, dizendo que está preso injustamente. Já disse a que veio”, afirmou o presidente. Bolsonaro deixou claro que não pretende parabenizar o presidente eleito da Argentina pela vitória, mas ponderou que não vai “se indispor” com o país vizinho em um primeiro momento. “Vamos esperar o tempo para ver qual é a real posição dele na política. Porque ele vai assumir, vai tomar pé do que está acontecendo e vamos ver qual linha ele vai adotar.”

Nos últimos dias, Bolsonaro deu declarações em diferentes tons sobre a iminente vitória de Fernández, desde suspender a Argentina do Mercosul até intensificar as relações comerciais com o país. Nesta segunda, disse que “por enquanto continua tudo bem com o Mercosul”.

Bolsonaro também voltou a dizer que poderia pedir a suspensão da Argentina do bloco continental. “Se interferir (no acordo Mercosul-União Europeia), segundo o Paulo Guedes, a gente junta com o Paraguai, não sei o que vai acontecer na eleição do Uruguai, e pode ver se Argentina fere alguma cláusula para suspendê-la. Mas a gente espera que isso não seja necessário”, disse Bolsonaro. “Ele (Fernández) disse há algum tempo que sairia do Mercosul, quando esteve visitando o Lula em Curitiba, e vamos esperar agora o banho de realidade que ele vai ter”, disse. “Não está indo bem a Argentina, já ouvi falar que muita gente vai tirar dinheiro de lá”, declarou.

Fonte: Correi do Povo
Continue Lendo
Publicidade

Política

Lula e Bolsonaro devem receber confirmações de apoio ainda hoje

PDT, PSDB e Cidadania fazem reuniões durante o dia

 

As cúpulas de PDT, PSDB e Cidadania farão reuniões hoje  para definir quem apoiarão no segundo turno para presidente da República.

O ex-presidente Lula  e o presidente Jair Bolsonaro  receberam 91,6% dos votos e vão disputar o segundo turno das eleições deste ano.

Com 99,9% das urnas apuradas até  a manhã desta terça, Lula havia recebido 57 milhões e 200 mil  votos (48,4%), e Bolsonaro, 51,07 milhões de votos (43,2%).

No primeiro turno, PSDB e Cidadania apoiaram a candidatura de Simone Tebet (MDB).

No domingo , assim que foi confirmado o segundo turno entre Lula e Bolsonaro, Tebet fez um pronunciamento no qual não informou quem iria apoiar, mas disse que a decisão já estava tomada e que ela ficará “ao lado do povo”.

Já o PDT teve o ex-governador do Ceará,  Ciro Gomes como candidato a presidente.

Durante a disputa, disse que “qualquer imbecil” sabe as diferenças entre Lula e Bolsonaro, mas criticou os dois candidatos com frequência, afirmando que os dois buscariam implementar o mesmo modelo econômico.

As decisões relacionadas a quem apoiar no segundo turno, devem ser anunciadas até o final da tarde.

Continue Lendo

Política

Juiz eleitoral esclarece sobre proibições na campanha do 2º turno eleitoral

Conforme prevê a Resolução  do Tribunal Superior Eleitoral  a propaganda eleitoral no segundo turno  para presidente da República será veiculada na televisão de segunda à sábado das 13  às 13h10 e das 20h30 às 20h40.

No rádio, a propaganda para presidente vai ao ar de 7h às 7h10 e de 12h às 12h10.

De acordo com o artigo 62, o candidato que obteve maior votação no primeiro turno, no caso Lula,  será o primeiro a se apresentar, seguindo a alternância da ordem a cada programa ou inserção.

Além disso, as emissoras devem reservar, de segunda a domingo, 25 minutos para cada cargo em disputa para veiculação das inserções de 30 e 60 segundos ao longo da programação.

Sobre as proibições em relação a campanha, a  juíza da 121 zona eleitoral, Dra. Berenice Nassar, explica…

 

Continue Lendo

Agricultura

Sperafico agradece votos e reassume compromisso com o agronegócio

Foto: Reprodução Instagram @dilceusperafico

Com as eleições do legislativo finalizadas no último domingo, a bancada ruralista prevê renovação dos seus representantes pelos próximos quatro anos.

Atualmente, a Frente Parlamentar da Agropecuária conta com 280 congressistas, 200 deles disputaram a reeleição e 133 saíram vitoriosos, sendo 126 deputados federais e 7 senadores.

Entre os deputados reeleitos está o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado federal Sérgio Souza, e como novidade aparece o retorno como deputado do empresário e agropecuarista Dilceu Sperafico, sócio-proprietário da Rádio Difusora do Paraná….

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.