Conectado com

Geral

Assinado contrato da 1ª unidade de minigeração de energia solar fotovoltaica da administração de Pato Bragado

A implantação da 1ª unidade de minigeração de energia solar fotovoltaica pelo governo de Pato Bragado por intermédio da Secretaria de Obras, Viação e Urbanismo foi consolidada na tarde de ontem (06), após contrato firmado entre o prefeito Leomar Rohden, o Mano e o sócio administrador empresa vencedora do processo licitatório, Vitor Rico Moyano Ferrari, da Bono Energias Renováveis com sede em Londrina. O ato ocorreu na prefeitura.

Assistidos pelo vice-prefeito e secretário de Saúde, John Nodari, secretário de Planejamento Lucas Blatt e a gestora de contratos do município, Ana Carolina Specht, o prefeito manifestou a expectativa de colocar em operação esse grande projeto inovador e que trará grandes melhorias. “Além de contarmos com uma fonte de energia renovável e limpa, seremos os responsáveis por iniciarmos a geração da nossa própria energia, com a capacidade de abastecer parte da demanda dos prédios públicos”, disse Mano.

Conforme o prefeito, os investimentos iniciais previstos eram de R$ 1.221.426,06. Após o processo licitatório na modalidade tomada de preços, esse montante, sofreu alterações e passou a ser de R$ 977.004,05, garantindo uma redução/economia de R$ 244.422,01 aos cofres do município.

EXECUÇÃO
Por meio da unidade, a geração de energia elétrica será injetada na rede da concessionária distribuidora, a Copel, em conformidade com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), reduzindo, assim, os custos com energia provenientes dos prédios públicos do município e o impacto ambiental.

A unidade terá 432 módulos fotovoltaicos que possibilitarão uma potência de 190,08 (kilowatts Pico) kWp. A instalação será realizada atrás do reservatório do Serviço de Água Bragadense (Sabra), próximo ao Centro de Eventos.

A estimativa inicial é de geração de 18 a 22 mil kW/mês.

 

Fonte: Assessoria 

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Secretaria de Saúde rondonense confirma mais um óbito por Covid-19 nesta segunda-feira (25)

ÓBITO 154: Sexo masculino, 76 anos. O início dos sintomas ocorreu no dia 22/09 com tosse, falta de ar, dor muscular e hipossaturação.

Dirigiu-se à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em 29/09, onde foi realizado o teste antígeno com resultado positivo para Covid-19.

No mesmo dia houve coleta do RT-PCR, com o resultado confirmado em 04/10.

O paciente foi transferido ao Hospital Moacir Micheletto, em Assis Chateaubriand, no dia 30/09, onde recebeu alta em 06/10. No dia 09/10 o idoso retornou à UPA, em Marechal Rondon, tendo permanecido internado até 22/10.

Neste dia foi transferido para atendimento hospitalar, onde veio a óbito em 25/10.

Comorbidades: Hipertensão e sequela de AVC.

 

Fonte: Assessoria 

Continue Lendo

Geral

Advogada esclarece pontos da legislação ambiental no Programa “Meu Dia Minha Terra”

Reportagem com Gladiston Pacheco

 

Continue Lendo

Geral

Rondonenses têm até sexta-feira para pedir isenção de IPTU

Interessados devem se dirigir ao Departamento de Tributação, na Secretaria Municipal de Fazenda

Os pedidos de isenção de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) relativos ao exercício 2022 devem ser requeridos até sexta-feira (29), na prefeitura de Marechal Cândido Rondon.

As solicitações precisam ser renovadas anualmente para a concessão do benefício e são voltadas a aposentados, pensionistas, portadores de deficiências ou de doenças mencionadas na Lei Municipal nº 116/2018, pessoas com idade acima dos 65 anos e, também, por área edificada, seguindo os requisitos legais.

Vale salientar que os proprietários de chácaras e de lotes rurais que estão localizados no perímetro urbano devem respeitar o mesmo prazo, ou seja, até sexta-feira.

Requerimento

A isenção é concedida caso seja comprovado que esses imóveis estejam destinados à exploração extrativa vegetal, agrícola, pecuária, de preservação permanente, reserva legal ou preservação ambiental.

O secretário municipal de Fazenda, Carmelo Daronch, menciona que os contribuintes devem se dirigir ao Departamento de Tributação, para requerer o benefício. “É imprescindível apresentar os documentos descritos na legislação para que sejam submetidos à análise e ao parecer”, acrescenta ele.
Para mais esclarecimentos é preciso entrar em contato com o Departamento de Tributação.

 

Fonte: Assessoria 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.