Conectado com

Geral

Bancada federal e governo discutem o novo modelo de pedágio no Paraná

Bancada federal e governo discutem o novo modelo de pedágio no Paraná

Em negociação com a bancada federal paranaense, o Ministério da Infraestrutura aceitou alterar a proposta de modelo de licitação para as novas concessões rodoviárias do Paraná, cujos contratos vencem neste ano.

O governo federal não abriu mão do modelo híbrido, defendido pela Empresa de Planejamento e Logística  (EPL), mas garantiu que, ao menos, 50% do valor arrecadado no leilão será investido no próprio trecho concedido: em obras, ou mesmo em redução da tarifa.

A bancada paranaense defende uma licitação pelo menor preço, em que a empresa ou consórcio que oferecesse a menor tarifa para cada trecho recebia a concessão.

A EPL  por sua vez, apresentou proposta de um modelo híbrido, em que uma tarifa máxima é estabelecida, há um limite na redução do valor desta tarifa e, se mais de uma empresa apresentar a mesma proposta de tarifa, o desempate se dá pelo maior valor de outorga oferecido, valor que a empresa se propõe a pagar ao poder concedente ,no caso, o governo federal,  para administrar o trecho.

A justificativa do governo é que esse modelo evitaria a apresentação de propostas inexequíveis, que levasse a pedidos de revisão dos contratos ou, até, a devolução das concessões, bem como a participação de empresas sem capacidade de honrar os contratos.

O modelo não agradou e a bancada federal montou um grupo de trabalho para discutir com o Ministério.

Coordenador do grupo, o deputado Sergio Souza  revelou ontem, que a proposta do governo federal prevê limite de 15% a 17% no desconto da tarifa máxima apresentada no edital, “que já é bem menor que as tarifas atuais, entre 20% e 65%, dependendo do trecho”.

Desta forma, se mais de uma empresa propuser esse desconto máximo, a decisão será pelo maior outorga oferecido.

Conforme Sérgio Souza , o governo já encaminhou à bancada federal o detalhamento dos trechos e das obras que serão exigidas e, dos 3.300  quilômetros concedidos, 3.200  estarão duplicados.

O parlamentar acrescenta que o Ministério entregou também, a previsão de tarifa máxima para cada praça de pedágio.

Na ligação de Curitiba a Paranaguá, por exemplo, a tarifa máxima prevista está próxima de  14 reais, com a possibilidade de desconto de até 17% no leilão, podendo chegar quase a metade do valor de hoje, que é de 21 reais e 70 centavos.

Geral

Portão cai e atinge cabeça de criança de dois anos e três meses em Pato Bragado

Helicóptero do CONSAMU fará a transferência, possivelmente para Cascavel

Foto O Presente

O helicóptero do CONSAMU está neste momento em deslocamento para Pato Bragado, para dar suporte à transferência de uma criança de apenas de dois e três meses de idade.

         Foi apurado ate o momento, que na tarde desta quinta-feira (14) a criança estava em casa brincando, quando o portão caiu e atingiu sua cabeça.

         A criança, do sexo masculino, foi socorrida por populares, deu entrada na Unidade Básica de Saúde de Pato Bragado e depois foi transferida para o Hospital Vilela Capriotti com ferimentos graves.

Para ter um diagnóstico mais preciso, foi solicitada via CONSAMU à transferência para um hospital mais especializado, possivelmente Cascavel.

O menino de dois anos e três meses será transferido com o helicóptero do Consorcio Samu Oeste, que neste momento está em deslocamento para Pato Bragado.

Continue Lendo

Geral

Idoso de 87 anos é a 34ª vitima fatal de coronavirus em Mal. Rondon

Um idoso de 87 anos entrou nesta quarta-feira para as estatísticas como sendo a 34ª vítima fatal por Covid-19 em Marechal Cândido Rondon.

O homem foi internado no dia 28 de dezembro na UPA/Marechal, o  quadro de saúde evoluiu para necessidade de ventilação mecânica e, por isso, houve transferência para o Hospital Universitário, em Cascavel.

O diagnóstico de RT-PCR para Covid-19 aconteceu no dia 31 de dezembro e o óbito foi oficializado ontem, quarta-feira.

O idoso de 87 anos tinha como comorbidade a hipertensão.

No que diz respeito a atualização de dados, os casos registrados de Covid-19 avançaram de 2.380 na terça-feira para 2.420 ontem, ou seja, houve aumento de 40 casos de um dia para o outro.

Dos 2.420 testes positivos, 34 pessoas foram a óbito, 2.230 estão recuperadas da doença e 156 pacientes seguem em tratamento.

Das pessoas com o vírus ativo, 141 estão em isolamento domiciliar, 06 pacientes se encontram internados na UPA ou em Hospitais e 09 na Umidade de Terapia Intensiva.

Há 90 casos em investigação, dos quais uma pessoa está internada na UTI e três pacientes com suspeita da infecção por coronavírus se encontram na UPA ou em hospitais.

Já no Paraná, a Secretaria Estadual de Saúde oficializou ontem 2.896 novos casos confirmados e 31 mortes em decorrência da Covid.

Os dados acumulados do monitoramento do novo coronavírus mostram que o Paraná soma 483.024 casos confirmados e 8.842 mortos em decorrência da doença.

Dos 31 novos casos de morte, 12 pacientes eram mulheres e 19 homens com idades variando de 36 a 90 anos.

Continue Lendo

Geral

Unioeste vai retomar na próxima segunda-feira o ano letivo de 2020

O ano de 2021 começou, mas por conta da pandemia do novo coronavírus, ainda é preciso encerrar o ano letivo de 2020.

O calendário acadêmico da Universidade Estadual do Oeste do Paraná precisou passar por alterações ao longo do ano passado, devido às medidas tomadas seguindo as diretrizes das autoridades de saúde e, por isso, algumas adaptações foram necessárias.

As aulas serão retomadas já na próxima segunda-feira, dia 18, ainda de maneira 100% remota, ou seja, não presencial, de acordo com resolução aprovada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.

Para retomar as aulas nos próximos dias, os alunos precisam ter garantido as matrículas, realizadas nos dias 09 e 10 de dezembro de 2020.

Os cinco campi, no caso de Cascavel, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Marechal Cândido Rondon e Toledo, se preparam para que a conclusão do ano letivo de 2020 aconteça dentro da normalidade, mesmo que ainda de maneira remota.

Cada campus se preparou para essa retomada de maneira segura e que atenda as necessidades dos alunos e professores.

Em Marechal Cândido Rondon, a Universidade Estadual do Oeste do Paraná possui 1632 alunos de graduação matriculados e 345 alunos de pós-graduação, incluindo mestrado e doutorado.

Além das aulas remotas sincrônicas em todos os cursos de graduação, também serão retomadas as aulas de mestrado e doutorado.

Os cursos de graduação dos cursos de Educação Física começarão a oferta presencial de disciplinas com aulas práticas.

O diretor do campus local, Davi Felix Schreiner, lembra que a instituição continuará com laboratórios abertos para pesquisas, de forma muito organizada, com no máximo três acadêmicos para cada laboratório, além da realização de revezamentos de horários, sempre com as medidas necessárias para garantir a segurança de todos.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.