Conectado com

Geral

Banco Central anuncia que lançará cédula de R$ 200

Imagem de apresentação feita pela diretora de Administração do Banco Central, Carolina de Assis Barros, sobre a nova cédula de R$ 200 — Foto: Reprodução / Banco Central

O Banco Central informou nesta quarta-feira (29) que o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou o lançamento da cédula de R$ 200, que terá como personagem o lobo-guará.

De acordo com a instituição, a nova cédula deverá entrar em circulação no final de agosto, e a previsão é que sejam impressas 450 milhões de cédulas de R$ 200 em 2020.

Até a última atualização desta reportagem, o Banco Central ainda não tinha divulgado a imagem da nova cédula.

Atualmente, há seis tipos de cédulas em circulação: R$ 2, R$ 5, R$ 10, R$ 20, R$ 50 e R$ 100.

De acordo com a diretora de Administração do Banco Central, Carolina de Assis Barros, o Banco Central fez uma pesquisa em 2001 e selecionou para as cédulas uma lista de imagens de animais ameaçados de extinção.

“Como nas demais cédulas, tem elementos de segurança robustos e capazes de proteger de falsificação. Quanto maior o valor, maior é a preocupação”, afirmou a diretoria. Segundo ela, em momentos de incerteza, como atualmente, durante a pandemia de coronavírus, as pessoas tendem a fazer saques e acumular dinheiro. “Isso não é um fenômeno do nosso país, e isso gerou um aumento expressivo de demanda nas casas impressoras”, declarou.

Impressão de cédulas

Neste mês, o governo teve um gasto extra de R$ 437 milhões para impressão de cédulas, com o objetivo de imprimir R$ 100 bilhões adicionais em dinheiro de papel.

De acordo com a área econômica, a crise do novo coronavírus foi um dos motivos para o aumento da procura. A pandemia levou as pessoas a “entesourarem” recursos em casa, ou seja, manter reserva em cédulas.

Outro motivo apontado é a necessidade de fazer frente ao pagamento do auxílio emergencial – estimado em mais de R$ 160 bilhões considerando as cinco parcelas aprovadas. Boa parte dos beneficiários, sobretudo os de menor renda, preferiu sacar o benefício em espécie.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Câmara derruba veto e fim da taxa mínima do SAAE deverá virar lei

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Marechal Cândido Rondon não poderá mais cobrar a tarifa mínima dos consumidores.

  Para o Executivo, a matéria é inconstitucional 

Isso porque na sessão de ontem, segunda-feira, o Poder Legislativo Municipal derrubou, com sete votos contra e cinco a favor, o veto do prefeito Marcio Rauber ao projeto de lei em questão.

A matéria acaba com a tarifa mínima do SAAE, que atualmente é cobrada daqueles que consomem, mensalmente, menos de 10 mil litros de água.

Para consumo residencial esta tarifa é de 30 reais e 72 centavos e para o comércio 50 reais e 71 centavos.

O projeto de lei foi aprovado ainda no primeiro semestre deste ano na Câmara, no entanto, seguindo orientação da procuradoria municipal de que seria ato inconstitucional, o prefeito Márcio Rauber vetou.

A justificativa do Poder Executivo Municipal foi de que a matéria afronta os princípios da legalidade e da razoabilidade, pois causa impacto financeiro ao SAAE, sem apresentar nenhuma estimativa de impacto orçamentário e financeiro.

Contudo, este não foi o entendimento de 07 dos 13 vereadores rondonenses e por isso o veto foi derrubado.

Com a derrubada do veto, o prefeito Marcio tem prazo de 48 horas para promulgar a lei.

Se não o fizer, o presidente da Câmara, vereador Claudio Koehler, terá o mesmo prazo para promulgá-la.

Continue Lendo

Geral

Prefeitura quer investir 3 milhões e 900 mil reais em pavimentação e recapeamento de vias urbanas

Está em tramitação da Câmara de Vereadores de Marechal Cândido Rondon, em regime de urgência, um projeto de lei do Poder Executivo pedindo autorização para abertura de crédito adicional suplementar de até 3 milhões e 900 mil reais para investimentos em pavimentação e recapeamento de vias urbanas.

Trata-se de uma operação de crédito anteriormente aprovada pela Câmara e que necessita de ratificação, visando cumprir exigência da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano para liberar os recursos remanescentes para a execução das obras.

O projeto de lei foi lido na sessão legislativa de ontem e baixado para análises das Comissões Permanentes de Justiça e Redação; de Finanças, Orçamento e Fiscalização; e de Obras e Serviços Públicos.

Após os respectivos pareceres, a matéria será liberada para votação em plenário por todos os vereadores.

Continue Lendo

Geral

Município rondonense cria comitê de volta às aulas

Assessoria

Nesta segunda-feira, dia 10, no auditório do paço municipal, a Prefeitura de Marechal Rondon realizou a nomeação dos membros do Comitê para Avaliação do Retorno das Aulas Presenciais, no âmbito municipal, sendo:

– Márcia Adriana Winter (Secretaria de Educação)
– Alaércio Vianei Pinati (Secretaria de Educação)
– Marciane Specht (Secretaria de Saúde)
– Carla Silva Sesca (Procuradoria Jurídica)
– Franciele Perez (Secretaria de Saúde)
– Luana Borth (Secretaria de Saúde)
– Luciane Warken (Diretora de Escola)
– Mariza Aline Dalpissol (Diretora de CMEI)
– Ildemar Kanitz (Diretor de Colégio Privado)
– Leide Meinerz (Conselho Municipal da Criança e do Adolescente)
– Thassiane Terra de Meira (Conselho Escolar)
– César Luís Gehring (Conselho Municipal de Educação)
– Eliana Closs (Associação de Pais e Mestres)
– Selma Morais Kunzler (Profissionais e trabalhadores da Educação).

A secretária de Educação, Márcia Winter da Mota, foi indicada presidente do comitê, que tem como objetivo elaborar um plano de volta às aulas, para ser apresentado ao COE (Centro de Operações de Emergência COVID-19) em breve.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.