Conectado com

Geral

Boletim semanal da dengue registra 18.306 novos casos e 15 óbitos no Paraná

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou nesta terça-feira (9) o novo boletim epidemiológico semanal da dengue. O Paraná registrou mais 13.811 notificações, 18.306 novos casos da doença e 15 óbitos. Ao todo, desde o início deste período sazonal, em 30 de julho de 2023, o Estado contabiliza 912.908 notificações, 565.657 casos e 526 mortes em decorrência da doença.

Os 15 novos óbitos ocorreram entre 15 de fevereiro e 4 de junho. São seis homens e nove mulheres com idades entre 37 e 91 anos. As mortes foram registradas em Sulina (1), Foz do Iguaçu (2), Serranópolis do Iguaçu (1), Janiópolis (1), Santa Isabel do Ivaí (1), Arapongas (4), São Pedro do Ivaí (1), Jaguapitã (1), Londrina (1), Cornélio Procópio (1) e Ivaiporã (1).

A Regional de Saúde (RS) de Londrina é a que tem mais casos confirmados em números absolutos, com 74.114 diagnósticos, seguida da 10ª RS de Cascavel, com 65.946, e de Francisco Beltrão, com 60.636.

Com relação aos óbitos, a Regional de Saúde de Londrina registra o maior número, com 95 mortes. Depois vêm a Regional de Cascavel, com 75 mortes, e a de Francisco Beltrão, com 71.

ZIKA E CHIKUNGUNYA – As informações sobre chikungunya e zika, também transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, constam no mesmo documento. Neste período houve o registro de 12 novos casos de chikungunya, somando 189 confirmações e 1.906 notificações da doença no Estado. Não há casos confirmados de zika vírus – o boletim soma 143 notificações no Paraná.

Confira o informe semanal AQUI. Mais informações sobre a dengue estão neste LINK.

Fonte: Secretaria de Saúde do Paraná
Continue Lendo
Publicidade

Geral

Homem morto em acidente na BR-277 é identificado

Foto: Reprodução/CGN

Romário trabalhava como DJ em uma casa noturna de Cascavel e estava voltando para casa após o trabalho quando se envolveu no acidente de trânsito.

 

O jovem que morreu esmagado pelo próprio veículo em um acidente de trânsito na BR-277, em Cascavel, no início da manhã desta quinta-feira (18) foi identificado por uma amiga como Romario Lima de 30 anos.

Romário trabalhava como DJ em uma casa noturna de Cascavel e estava voltando para casa após o trabalho quando se envolveu no acidente de trânsito.

Ele teria feito aniversário há cerca de uma semana do acidente que ceifaria sua vida.

Familiares de Romario estão vindo de outra cidade para reconhecer o corpo do jovem que era muito querido pelos amigos que já choram sua perda nas redes sociais.

Fonte: CGN

Continue Lendo

Geral

Cadáver encontrado hoje em Marechal Rondon continua sem identificação oficial

Vitima estava com mãos e pés amarrados e com uma corda na boca

O setor policial de Marechal Cândido Rondon está trabalhando para chegar a identificação do cadáver encontrado na manhã desta sexta-feira (19) na beira de uma estrada na região da Linha Guará.

Um morador se deslocava para a cidade  e visualizou o corpo a margem da estrada, acionando em seguida a Policia Militar.

O cadáver, em decúbito ventral, é de uma mulher.

Estava com as mãos amarradas às costas, pés amarrados e com uma corda no pescoço e na boca.

Com a chegada dos peritos  do Instituto Médico Legal de Toledo e a movimentação do corpo, foi possível constatar uma golpe de faca no tórax da vitima.

Durante toda manhã com base em manifestações de populares se tentou chegar a identidade  porém até o momento isso não foi possível oficializar.

Além de policiais civis, militares e do IML, a Delegada Adjunta Yasmin Espicalsky se fez presente no local, acompanhando o resgate do corpo.

A investigação em torno do caso já está em andamento para identificação do corpo, autoria e motivação para o crime.

Continue Lendo

Geral

Bate-papo com representantes do projeto Parajiu-Jitsu.

Projeto desenvolvido pela APROVE

 

A Associação Projeto Vida e Esperança (APROVE) é um braço social da EDD Emanoel, que desenvolve projetos para colaborar com o desenvolvimento da população em geral.

Um destes projetos, o Parajiu-Jitsu, foi contemplado pelo governo do Paraná, visando incluir a população com necessidades especiais no esporte Jiu-Jitsu, mostrando a importância desta ação que é também defendida pela lei 13.146 de 6 de julho de 2015, que defende no capítulo XI, que o governo deve garantir o direito a cultura, ao esporte, ao turismo e ao lazer, para as pessoas com necessidades especiais, não apenas inseri-las no meio social, mas dando-lhes condições de serem ativas nele.

A psicopedagoga, Estela Stoef, juntamente com o professor responsável Pietro Becker e Jean Marcos Stoef, Coordenador da APROVE, estiveram presentes nos estúdios da Rádio Difusora do Paraná para um bate-papo sobre o assunto, com a repórter Wera Fülber.

Acompanhe o Bate-papo completo a seguir.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.