Conectado com

Geral

Brasil só terá vacinas em larga escala a partir de março

Ilustrativa

Principal aposta do governo federal para imunizar os brasileiros contra a Covid-19, a vacina de Oxford/AstraZeneca só vai ser amplamente usada na campanha de vacinação a partir de março, porque grandes quantidades do imunizante, com entrega frequente, só estarão disponíveis daqui a dois meses.

Até lá, além da coronavac, o país só deverá ter os 2 milhões de doses da vacina de Oxford que  devem chegar ao Brasil, importados da Índia, nos próximos dias.

Essas doses são suficientes para imunizar cerca de  1 milhão dos  210 milhões de brasileiros .

A Fundação Oswaldo Cruz , que vai produzir no Brasil a vacina de Oxford, enviou na terça-feira um ofício ao Ministério Público Federal informando que, mesmo com a chegada em janeiro dos insumos para fabricar a vacina no país, a entrega das doses para o Ministério da Saúde só vai ocorrer em março.

Se não houver atrasos, o chamado Ingrediente Farmacêutico Ativo, IFA, necessário para produzir a vacina, chegará ao Brasil em 23 de janeiro, próximo sábado.

A farmacêutica AstraZeneca é a responsável por enviar os insumos para a Fiocruz porém o  Brasil depende da China porque a fábrica da AstraZeneca fica em território chinês.

Por contrato, a entrega do IFA à Fiocruz não está atrasada, pois o cronograma prevê que ocorra em janeiro mas a data estimada para a entrega das doses ao Ministério da Saúde é março porque, após a fabricação em si da vacina, a Fiocruz precisará de ao menos mais 20 dias para realizar testes que qualidade.

Por enquanto, não há nenhuma previsão de ampliar a importação de doses da vacina de Oxford, para além dos 2 milhões de doses da Índia.

Geral

Homem de 68 anos cai da escada e bate a cabeça em residência na Vila Gaúcha

Ele sofreu um corte e foi encaminhado para atendimento na UPA Marechal

 

Um rondonense de 68 anos foi vitima de acidente doméstico na manhã desta quarta-feira (23) em uma residência na rua Continental, bairro Vila Gaucha.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e socorreu o homem que subiu em uma escada e sofreu queda, batendo a cabeça na calçada.

Ele sofreu um corte e foi encaminhado para atendimento na UPA Marechal: está consciente e num primeiro momento, o estado de saúde é satisfatório.

O rondonense de 68 anos será submetido agora a uma bateria de exames.

 

Continue Lendo

Geral

Vereadores defendem aquisição de estrutura para cirurgias urológicas pelo Ciscopar

Assessoria

Requerimento apresentado por vereadores rondonenses, solicita que a administração municipal incentive que o Consórcio Intermunicipal de Saúde – Ciscopoar adquira equipamentos necessários para a realização de cirurgias urológicas a laser, em especial a fragmentação dos cálculos renais e ureterais altos.

O requerimento, aprovado ontem, é de autoria dos vereadores Rafael Heinrich,Pedro Rauber, Gordinho do Suco, Dionir Briesch, Suko, Neco, Paleta e Vanderlei Sauer.

Atualmente, os pacientes com diagnóstico de cálculos renais atendidos pelo SUS na área de atuação do Ciscopar passam por cirurgias mais invasivas, que exigem maiores cuidados e a permanência em internação hospitalar.

Já as cirurgias a laser são menos invasivas, exigindo menores cuidados pós-operatórios e sem necessidade de permanência em internamento hospitalar, pois a liberação do paciente ocorre no mesmo dia da cirurgia.

Um dos autores do pedido, o vereador Rafael Heinrich, fala da necessidade de melhor estrutura para este tipo de cirurgia……

 

Continue Lendo

Geral

Índios fazem manifestação nesta quarta-feira (23) em Guaira

 

Nova manifestação indígena está acontecendo na manhã desta quarta-feira (23) no município de Guaíra.

Cerca de 300 indígenas estão marchando, desde a área de aldeiamento até a sede do Ministério Publico Federal.

Dezenas de policiais, de diversas forças instaladas na fronteira, acompanham a manifestação, que até o momento transcorre de forma pacífica.

Foi apurado com a Policia Federal de Guaíra, que a manifestação é contra o projeto de lei que quer alterar a regulamentação dos processos de demarcação de áreas indígenas.

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.