Conectado com

Geral

Caminhoneiros se mobilizam para nova greve no dia 1º de fevereiro

Caminhoneiros se mobilizam para nova greve no dia 1º de fevereiro.

A greve dos caminhoneiros, prevista para o próximo dia 1º de fevereiro, vem crescendo em adesões e, de acordo com o presidente da Associação Nacional do Transporte Autônomos do Brasil (ANTB), José Roberto Stringasci, poderá ser maior do que a realizada em 2018, devido ao grau crescente de insatisfação da categoria, principalmente em relação ao preço do diesel e às promessas não cumpridas após a histórica greve no governo Temer.

Integrante do Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas, que na semana passada já alertou para a possibilidade de uma paralisação nacional, a ANTB representa cerca de 4,5 mil caminhoneiros, e não vê problema de realizar uma greve em plena pandemia.

Segundo ele, a alta do preço do diesel é o principal motivador da greve, mas conquistas obtidas na paralisação de 2018, que chegou a prejudicar o abastecimento em várias cidades, também estão na lista de dez itens que estão sendo reivindicados ao governo para evitar a greve.

Outras reivindicações são o preço mínimo de frete, parado no Supremo Tribunal Federal, após um recurso do agronegócio, e a implantação do Código Identificador de Operação de Transporte, duas conquistas de 2018.

Para resolver a questão e evitar uma greve, os caminhoneiros querem uma reunião com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Em contato com integrantes da greve dos caminhoneiros de 2018 em Marechal Rondon, estes informaram que ainda não há nada definido sobre como será a paralisação aqui na região.

Relataram que estão indo para São Paulo nos próximos dias, para definir junto com a coordenação do movimento, sobre como vai transcorrer a greve aqui na região de Marechal Rondon.

Fonte: Gazeta do povo

Geral

Homem de 53 anos é a 82ª vítima fatal do Covid-19 em MaL Rondon

Óbito n° 82

Rondonense do sexo masculino, 53 anos. O início dos sintomas se deu em 25/04, com tosse, dores musculares, tontura e falta de ar.

Coletou material para exame RT-PCR no dia 28/04, e teve o diagnóstico confirmado para Covid 19 no dia seguinte. No dia 29/04, procurou atendimento na UPA por apresentar piora dos sintomas e permaneceu internado até o dia 03/05.

Foi transferido para o Hospital Bom Jesus de Toledo, onde em 08/05 veio a óbito. Sem histórico de comorbidades.

 

Fonte: Assessoria

Continue Lendo

Geral

Novo decreto flexibiliza acesso ao parque de lazer de Porto Mendes

 

O acesso de turistas ao parque de lazer de Porto Mendes foi flexibilizado, com a permissão de uso das instalações, inclusive da área de camping, das 8h às 18h e com limitação de 50 por cento de ocupação. Foi estabelecido, também, o limite de 10 pessoas por mesa. Portanto, passa a ser permitido o uso do local apenas para atividades diurnas, sem pernoite.

É o que estabelece o plano de contingência elaborado pela Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo de Marechal Rondon, que passa a valer já para este final de semana. O plano foi definido após a publicação do novo decreto municipal, na tarde desta sexta-feira (07), contendo deliberações do COE – Centro de Operações Emergenciais da Covid-19.

O documento estabelece também a autorização para que lojas, supermercados, mercearias e outros estabelecimentos permitam a entrada de até duas pessoas por família, exclusivamente neste sábado, dia 08, e no domingo, dia 09. A partir de segunda-feira, dia 10, voltará a restrição para apenas uma pessoa por família. A medida foi tomada para facilitar as compras neste final de semana, especialmente no sábado, véspera do Dia das Mães.

 

Fonte: Assessoria 

Continue Lendo

Geral

Cronograma de vacinação para gestantes e puérperas com comorbidades e pessoas com Down inicia na terça-feira

Nesta semana, o Ministério da Saúde enviou aos municípios uma nova remessa de vacinas da Covid-19 para novos públicos-alvo. Marechal Rondon recebeu 1400 doses.

Conforme plano de vacinação divulgado nesta sexta-feira, dia 07, no Diário Oficial do município, a Secretaria de Saúde rondonense estabeleceu um cronograma de vacinação para os novos públicos-alvo. Inicialmente serão imunizadas pessoas com comorbidades, acompanhando o Programa Nacional de Imunizações/COVID-19.

Das doses enviadas, 795 serão para grupos de pessoas com comorbidade e, as demais, para pessoas com 60 anos ou mais, que ainda não foram imunizadas.

Inicialmente serão vacinados gestantes e puérperas com comorbidades e pessoas com Síndrome de Down, independente da idade, acima de 18 anos. Para receber a imunização, é necessária uma declaração médica, que pode ser solicitada em postos de saúde (menos da UPA) ou unidades médicas particulares.

Os médicos dos postos de saúde estarão realizando a triagem/consultas para as declarações para gestantes e puérperas com comorbidades e pessoas com Down somente na segunda-feira (10), à tarde, sendo que cada unidade de saúde possui capacidade para realizar 25 atendimentos para esta finalidade. Haverá a distribuição de 25 senhas.

Vacinação do CMEI Vila Gaúcha

A primeira dose da vacina contra a Covid-19 para estes novos públicos iniciará na terça-feira, dia 11, no CMEI Vila Gaúcha, das 8h às 13h, em formato drive thru e durará enquanto houver estoque de doses.

60 anos ou mais

Na segunda-feira, dia 10, também terá sequência a vacinação para pessoas de 60 anos ou mais, primeira dose, e para todas as pessoas que já podem tomar a segunda dose. A imunização acontecerá no ponto permanente, no parque de exposições, das 8h às 13h.

 

Fonte: Assessoria

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.