Conectado com

Agricultura

Começa hoje o prazo para declaração do Imposto Territorial Rural

De hoje, segunda-feira, até as 23h59 de 30 de setembro, os proprietários rurais de todo o País começam a enviar a Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural de 2020.

A Receita Federal espera receber 5 milhões e 900 mil reais de declarações este ano cerca de 104 mil e 500 mil a mais que as 5 milhões 795 mil e 480 enviadas em 2019.

A declaração só pode ser preenchida por meio do programa gerador da declaração, que pode ser baixado na página do órgão na internet a partir desta segunda-feira.

Devem apresentar a declaração pessoas físicas e jurídicas proprietárias, titulares do domínio útil ou que detenham qualquer título do imóvel rural.

Apenas os contribuintes imunes ou isentos estão dispensados de entregar o documento.

O produtor que perdeu ou transferiu a posse ou o direito de propriedade da terra desde 1° de janeiro também está obrigado a apresentar a declaração.

A DITR deve ser preenchida no computador, por meio do programa gerador.

O documento pode ser transmitido pela internet ou entregue em pendrive em qualquer unidade da Receita Federal.

Quem perder o prazo pagará multa de 1% ao mês sobre o imposto devido, com valor mínimo de 50 reais.

O contribuinte que identificar erros nas informações pode enviar uma declaração retificadora, antes de o Fisco iniciar o lançamento de ofício, sem interromper o pagamento do imposto apurado na declaração original.

O Imposto sobre Propriedade Territorial Rural pode ser pago em até quatro parcelas mensais, mas nenhuma quota pode ser inferior a 50 reais.

O imposto inferior a 100 reais deve ser pago à vista até 30 de setembro, último dia de entrega da declaração.

O pagamento pode ser feito por meio de Documento de Arrecadação de Receitas Federais em qualquer banco ou por transferência eletrônica de instituições financeiras autorizadas pela Receita.

O presidente do Sindicato Rural Patronal de Marechal Cândido Rondon, Edio Chapla, alerta os produtores quanto ao ITR…

 

Continue Lendo
Publicidade

Agricultura

Encontro amanha (12) sobre o ITR é destinado para produtores de M.C.Rondon e região

Acontece sábado de manhã (12) na Loja Agropecuária da Copagril de Marechal Rondon, evento para prestar esclarecimentos sobre o Imposto Propriedade Territorial Rural – ITR.

O encontro é destinado para os produtores rurais da região e é realizado pelo Isepe Rondon, através do curso de Ciências Contábeis.

A coordenadora do curso, Elisiane Salzer, dá mais detalhes sobre o evento, destacando a parceria Isepe, Copagril e Sindicato Rural de Marechal Cândido Rondon………..ouça entrevista….

 

Continue Lendo

Agricultura

Agricultores terão atendimento gratuito do Isepe Rondon sobre o ITR

O Curso de Ciências Contábeis da Faculdade Isepe Rondon vai realizar sábado (12)  das 09 às 12 horas junto a Loja Agropecuária da Copagril, um evento para prestar esclarecimentos sobre o Imposto Propriedade Territorial Rural – ITR.

Serão fornecidas orientações quanto a obrigatoriedade, casos de imunidade e isenção do imposto, bem como serão realizadas consultas das declarações anteriores com intuito de verificação da situação da declaração.

O evento acontece em parceria com a Cooperativa Copagril, Núcleo de Profissionais da Contabilidade e o Sindicato Rural de Marechal Cândido Rondon.

Continue Lendo

Agricultura

Último levantamento consolida safra recorde de grãos no Brasil

Safra vai fechar com 257 milhões e 800 mil toneladas

Foto internet

A safra de grãos do período 2019/20 vai se encerrando, com o registro histórico atualizado de 257 milhões e 800 mil  toneladas, tendo à frente  a soja, o milho e o algodão.

Esse volume é 4,5% ou 11 milhões de toneladas superior ao da safra passada.

A informação é da última atualização deste ano-safra, divulgada na manhã desta quinta-feira , no 12º Levantamento de Grãos realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento .

A evolução do recorde deve-se ao aumento de 4,2% na área plantada, aliado ao ganho de 0,3% na produtividade.

Ainda faltam os resultados das culturas de inverno, principalmente o trigo, que passam por etapas que vão da fase vegetativa à finalização de colheita.

Também contam para essa consolidação as culturas da região de Sealba – que reúne  Sergipe, Alagoas e nordeste da Bahia.

A soja, que situa o país no patamar de maior produtor mundial, garante um novo recorde com a produção estimada em 124 milhões e 800 mil  toneladas e ganho de 4,3% em relação à safra 2018/19.

Também o milho total caminha para situação semelhante, chegando a mais de 102 milhões de toneladas, dependendo ainda das lavouras cultivadas na região de Sealba, além de Pernambuco e Roraima.

A participação desses estados é de algo próximo a 1,7% no consolidado nacional.

A primeira safra já foi colhida e a segunda está em finalização.

Outro que encerra com destaque é o algodão em pluma, que está para alcançar a marca recorde de 2 milhões 930 mil toneladas, com crescimento de 4,2%  acima do período anterior.

O dado positivo se deve aos investimentos feitos nessas lavouras e ao clima.

Para o arroz fica o registro produtivo de 11 milhões e 200 mil  toneladas e crescimento de 6,7% em relação à última safra.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.