Conectado com

Geral

Covid-19: Hospital de Campanha de Cascavel começa a atender pacientes

Assessoria

Estrutura montada no Centro de Convenções e Eventos foi efetivada nesta segunda-feira e realizou os primeiros 24 atendimentos durante a manhã
O Hospital de Campanha Nei Senter Martins, montando no Centro de Convenções e Eventos de Cascavel, foi efetivado na manhã desta segunda-feira (22) e deu início aos primeiros atendimentos. Nesse primeiro momento, o hospital será um centro de triagem para Covid-19 e atenderá das 7h às 19h, todos os dias da semana. Os pacientes poderão ficar no local, em observação, por até 12 horas. Caso necessitem de internamento, uma ambulância estará disponível para levar ao Hospital de Retaguarda Allan  Brame Pinho (Antigo Santa Catarina)

De acordo com o  secretário de Saúde, Thiago Stefanello, o atendimento será por agendamento via Call Center ou por  livre demanda. As pessoas que tiverem sintomas como tosse seca, coriza, febre, dor de cabeça podem ir diretamente ao local.  “Nós tínhamos cinco unidades que atendiam Covid-19 e foram fechadas para que os servidores possam estar aqui, nesse centro de triagem, em um local único e específico para atendimento à população, focado nos pacientes sintomáticos respiratórios”, enfatiza o secretário.

O prefeito Leonaldo Paranhos disse que ao concentrar os procedimentos de Covid-19 que eram realizados nas unidades de saúde, o atendimento fica mais seguro. “Da forma que estava, nós estávamos muito vulneráveis. Primeiro porque  nós temos que ter material de equipamento de segurança em todos os lugares. Segundo: no formato que estava acaba tendo a possibilidade de muitas pessoas, provavelmente com o vírus, estarem em muitos lugares da cidade. Então aqui a gente tem toda uma estrutura, todos os profissionais estão aqui”, observa o prefeito.

Aproximadamente 100 pessoas trabalharão no hospital de campanha. São médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistentes sociais e equipes do setor administrativo e de apoio. Na manhã de hoje eles foram recebidos com aplausos pelo prefeito Leonaldo Paranhos, secretários municipais e outras pessoas que acompanhavam o início dos trabalhos.

Entre os 100 profissionais que atuarão no Hospital de Campanha está a enfermeira Nilsa Maria Pirocelli. Ela é coordenadora da UBS do Bairro da Neva e agora atuará na unidade exclusiva para atendimento de casos suspeitos do novo coronavírus.

“Para nós, como servidores, é muito importante estar aqui. A gente está desempenhando o nosso papel na profissão que escolhemos”, afirma. Ela reforça o pedido para que a população não negligencie o os cuidados para prevenir o avanço do vírus. “Quem puder fique em casa,faça a prevenção, lavagem das mãos, o uso correto das máscaras para não precisar vir aqui, mas se precisar nós estaremos aqui”, completa.

Na primeira manhã, 24 pacientes procuraram atendimento no Hospital de Campanha.

Fonte: Assessoria da prefeitura de Cascavel

Geral

Cooperativistas da região se reúnem hoje em Medianeira

Temas estratégicos para manter a rota de desenvolvimento das cooperativas do Paraná estarão em pauta no Encontro Digital de Núcleos Cooperativos, programado para hoje a tarde na Frimesa, em Medianeira.

A programação começa às 13 horas e 30 minutos  com a apresentação pela cooperativa anfitriã, as atividades do Sescoop/PR e o Espaço Frencoop, para a divulgação dos  principais projetos em tramitação no Congresso Nacional que têm ligação com o cooperativismo e o trabalho realizado pelos senadores e deputados federais eleitos pelo Paraná. Também ocorrerá paralelamente a reunião da diretoria a Ocepar.

O presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, vai falar a respeito do Plano Paraná Cooperativo – PRC200, o planejamento estratégico do cooperativismo paranaense que, a partir de 2021, inaugura uma nova etapa com a meta de dobrar o faturamento do setor nos próximos anos, visando alcançar o valor de  200 bilhões de reais.

Estarão participando todos os segmentos cooperativos da região oeste.

O professor do Isae/FGV, Robson Gonçalves, ministra palestra sobre “Cenários econômicos para os negócios cooperativos”….

 

Continue Lendo

Geral

Brasil estreita relações com Estados Unidos para livre comércio

Imagem ilustrativa da internet

  Pacote comercial foi fechado ontem entre Bolsonaro e Trump

 

A duas semanas das eleições presidenciais norte-americanas, Brasil e Estados Unidos fecharam  ontem um pacote comercial com medidas para facilitar o comércio entre os países, desburocratizar a regulação e reduzir a corrupção.

O acordo foi bem recebido pelo setor privado e é considerado pelos dois governos o primeiro passo para um futuro acordo de livre comércio.

O Acordo de Comércio e Cooperação Econômica vinha sendo negociado pelos dois países desde 2011, mas estava em hibernação até a eleição do presidente Jair Bolsonaro.

O alinhamento do presidente com o colega norte-americano Donald Trump reaqueceu o processo, que foi acelerado nos últimos meses à medida que Trump caía nas pesquisas de intenção de voto para reeleição.

Em março do ano passado, após um encontro nos Estados Unidos, os dois presidentes anunciaram a retomada das negociações, porém as  conversas técnicas começaram apenas em agosto do ano passado e a cooperação e rapidez do trabalho dos brasileiros para chegar a um entendimento impressionou negociadores norte-americanos.

Apesar de os brasileiros almejarem um acordo de livre comércio, pelas regras do Mercosul, isso só poderá ser feito em acordo com todos os países do bloco e por isso, o pacote comercial anunciado nesta segunda-feira foca questões não-tarifárias, que podem ser negociadas bilateralmente, sem a anuência dos outros integrantes do bloco sul-americano.

Continue Lendo

Geral

Seis rondonenses com covid-19 seguem internados em UTIs

Assessoria

Um sétimo rondonense, com suspeita da doença, também está internado em UTI.

 

O setor de epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde de Mal Rondon, divulgou novo boletim ontem, confirmando que sete rondonenses estão internados em UTIs por causa do coronavirus: seis deles estão com exames confirmados; e o sétimo ainda é suspeito da doença.

O boletim divulgado ontem mostra que no momento, o município está com 122 casos ativos de coronavívus, e destes, seis estão internados em UTIs, dois na UPA e hospital; e 114 em isolamento domiciliar.

Marechal Rondon já registrou 1.069 casos, com 931 pessoas recuperadas e 16 óbitos.

Ate o momento 6.471 notificações; 6.231 pessoas liberadas da quarentena; 407 casos em monitoramento; e 4.416 casos descartados.

O município rondonense tem 50 casos suspeitos de covid-19; e destes, uma pessoa está na UTI e outra em Hospital.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.