Conectado com

Geral

Crianças a partir de seis meses devem ser vacinadas contra o sarampo

A nova instrução do Ministério da Saúde indica que crianças entre seis e onze meses de idade devem receber a dose zero da vacina contra o sarampo.

Além desta dose, as crianças receberão mais duas – uma aos doze meses e outra com 15 meses de vida.

Entre uma dose e outra da vacina é sempre necessário o intervalo de um mês.

A vacina está disponível para este grupo desde ontem, sendo que o esquema vacinal anterior previa a imunização a partir dos 12 meses.

De acordo com o ministério, a inclusão deste grupo para vacinação se deu porque se trata de uma população vulnerável e com riscos de complicações sérias por conta doença, como otites, infecções respiratórias e doenças neurológicas.

Em casos mais graves podem provocar a redução da capacidade mental, surdez, cegueira e retardo do crescimento.

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, reforça que o sarampo é uma doença evitável com a vacina.

No Paraná, dois casos da doença foram confirmados e estão sendo monitorados pela secretaria: um deles é de uma moradora de Campina Grande do Sul e o segundo, de um homem de 54 anos, foi confirmado na terça-feira em Curitiba: ambos passaram por São Paulo.

Nos últimos 90 dias, os estados notificaram mais de 10 mil casos suspeitos de sarampo ao Ministério da Saúde e destes, os exames laboratoriais confirmaram casos distribuídos em 11 estados do país e mais de 7 mil ainda estão em investigação para verificar se é ou não sarampo.

No Paraná, além dos dois casos confirmados, a secretaria estadual da Saúde tem registros de mais 16 casos até a ultima quarta-feira.

Todas estas pessoas estão em monitoramento e investigação para confirmar ou descartar a doença.

Os municípios que têm casos notificados no Paraná são: Campina Grande do Sul, Cascavel, Curitiba, Jacarezinho, Maringá, Rolândia, São Jorge D’Oeste, São José dos Pinhais e Sulina.

Em Ponta Grossa e Foz do Iguaçu também acontece o bloqueio vacinal seletivo porque pessoas com suspeita ou confirmação da doença circularam nestas cidades.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Guias para pagamento da Contribuição de Melhoria estão sendo entregues em Nova Santa Rosa

Assessoria

A Prefeitura de Nova Santa Rosa está realizando a entrega das guias para pagamento da Contribuição de Melhorias.

Os munícipes que residem ou possuem lotes nos Loteamentos Dona Olinda, Independência, Zismann e Silva estão recebendo em casa as guias para pagamento em conta única com desconto de 15%.

As guias entregues vencem no dia 17 de fevereiro de 2020.

Os munícipes que optarem em pagar as guias parceladas devem procurar o Setor de Tributação da Prefeitura de Nova Santa Rosa, para emissão dos boletos de pagamento até o dia 17 de fevereiro de 2020.

Para quem optar no pagamento parcelado em 6 vezes o desconto será de 5%, também com a primeira parcela vencendo em 17 de fevereiro.

O valor arrecadado é usado para ajudar no custeio da obra executada.

Continue Lendo

Geral

Amop cria comissão de prefeitos para atuar na reabertura da Estrada do Colono

Divulgação

Líderes políticos das regiões Oeste e Sudoeste do Paraná se uniram ontem na sede da Amop, em Cascavel, para se manifestar a favor da reabertura da Estrada do Colono, que liga as duas regiões através do Parque Nacional do Iguaçu.

Uma comissão de prefeitos foi criada para discutir o assunto e buscar interceder politicamente junto ao Senado da República, onde tramita proposta de reabertura da Estrada-Parque.

Fazem parte da comissão os prefeitos de Jesuítas, Junior Weiller; de Serranópolis do Iguaçu, Ivo Roberti; de Matelândia, Rineu Menoncin; de Maripá, Anderson Bento Maria e de Guaíra, Heraldo Trento.

A reunião contou com as presenças de demais autoridades políticas, incluindo o deputado estadual Marcel Micheletto…

 

Continue Lendo

Geral

Associações de Moradores se engajam na luta contra a dengue em Quatro Pontes

A prefeitura de Quatro Pontes promoveu ontem nova reunião, para discutir ações e parcerias para a campanha combate a dengue.

O secretário de saúde, Marco Wickert, o Max, destaca que associações de moradores e outras entidades se engajaram no combate ao aedes aegypti….

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.