Conectado com

Geral

Detran orienta sobre forma correta de transportar animais

AEN

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) reuniu orientações sobre a forma correta de transporte de animais de estimação e quanto às regras de segurança para fazer um passeio seguro e evitar infrações.

“Os animais são considerados membros da família. Por isso, o transporte em caixas específicas, o uso do cinto de segurança próprio e até mesmo os cuidados veterinários salvam a vida dos nossos companheiros. Devemos ser prudentes não apenas conosco, mas também com eles”, comenta o diretor-geral do Detran-PR, Wagner Mesquita.

Existem diversos dispositivos de segurança no mercado, utilizados para todo tipo de transporte: cintos de segurança com opções de peso e tamanho, cadeirinhas e caixas de transporte, também vendidas de acordo com o tamanho.

CARRO – Transportar animais soltos no carro e à esquerda do motorista ou no colo, além de prejudicar a direção defensiva é também considerado infração de trânsito de acordo com o art. 252, inciso II do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Outros cuidados também são necessários, como não manter o animal sozinho ou preso dentro do carro e levar água e comida para os pets durante a viagem.

Quem for pego transportando animais de forma irregular é multado. A infração pode ser considerada média ou grave, dependendo da maneira que o animal estiver no veículo. A multa pode variar entre R$ 130,00 e R$ 186,00, além do carro ficar retido até a regularização da situação do pet.

AVIÃO – O transporte de animais em viagem aérea é cobrado à parte. Na maioria das vezes é necessário reservar a passagem com antecedência, pois o número é limitado.

É também obrigatória a apresentação do atestado de saúde e carteira de vacinação do animal, que deve estar em caixa própria, revestida com material que contenha e absorva urina e fezes, para evitar o vazamento durante o transporte.

Cada país tem sua regra para transporte e recebimento de animais, por isso, é preciso consultar com antecedência para não ter problemas na hora do desembarque.

ÔNIBUS – Para o transporte rodoviário são necessárias duas providências: comprar uma passagem para a viagem do pet e apresentar atestado veterinário que indique que ele está apto a viajar, ou seja, está em boas condições de saúde. O animal deverá estar em uma caixa apropriada e é necessário consultar as regras da empresa para esse tipo de transporte.

Cães guia não necessitam do pagamento das passagens.

MOTOS E BICICLETAS – Para transportar o pet em motos ou bicicletas é preciso garantir que estejam seguros e confortáveis durante o trajeto.  Não existe legislação que proíba o transporte, porém, a falta de segurança, falta de atenção e falta de cuidados indispensáveis à segurança, configura-se infração conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Fonte: AEN

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Estado inicia ciclo de webconferências para enfrentar a dengue

Ilustrativa

A Secretaria da Saúde do Paraná deu início ontem ao ciclo de webconferências sobre Atenção e Vigilância à Saúde no enfrentamento da dengue.

 

O ciclo passado registrou recorde no número de casos

 

Cerca de 300 profissionais que atuam na rede de Atenção Primária, estadual e municipal, participaram da atividade que será replicada para novos grupos profissionais também da Urgência e Emergência, com a programação de mais cinco webconferências.

O objetivo é integrar as ações das duas áreas técnicas responsáveis pelo acolhimento, atendimento e tratamento do paciente com dengue.

Esta integração das áreas faz parte do Plano de Ação para Enfrentamento da Dengue, Zika Vírus e Febre Chikungunya no Paraná 2020/2021.

Além da própria doença, a preocupação é com a pandemia do novo coronavírus que, embora com números estáveis nas últimas semanas, ainda é causa de atenção da secretaria.

Segundo o secretário da Saúde, Beto Preto, neste momento crítico para a saúde, em que a população enfrenta a epidemia da dengue e ainda a pandemia da Covid-19, é necessário evidenciar a informação, atualizar e capacitar as equipes técnicas e alinhar protocolos de atendimento, com a meta de melhorar a condição de saúde.

Ele explicou que existe o risco de haver neste momento casos de infecção concomitantes do coronavírus e da dengue, com prejuízos enormes para a saúde.

Por isso, a capacitação e integração de ações antecedendo a temporada de chuvas, disse a coordenadora de Vigilância Ambiental da Secretaria da Saúde, Ivana Belmonte.

No período de monitoramento anterior, o Estado registrou a maior epidemia de dengue, com 227 mil confirmações e 177 óbitos.

Continue Lendo

Geral

Igreja Cristo E Vida repassa donativos auferidos em prol da UOPECCAN

 A Igreja Luterana Cristo é Vida, de Marechal Cândido Rondon, realizou ontem, terça-feira, a entrega de 700 litros de leite longa-vida arrecadado na campanha “Doe Leite, em Prol da Uopeccan” – Hospital do Câncer de Cascavel.

A campanha foi desenvolvida em conjunto com as Congregações Cristo Rei, do distrito de Margarida, e Simão, da Linha Arara, através do Projeto Vila Solidária, responsável pelo trabalho de ação Social da comunidade.

Segundo os organizadores, a campanha superou a expectativa, pois a meta era a arrecadação de 503 litros de leite, quantidade que faz alusão à celebração dos 503 anos da Reforma Luterana.

A entrega foi realizada pelo pastor Cláudio Bündchen, pelo presidente da Congregação, Douglas Berwig, e demais membros da diretoria, contando com a presença dos representantes da Uopeccan, Kelyn Aires, gerente de Assuntos Institucionais, e Wilson Riedlinger, diretor de Relações Públicas.

Continue Lendo

Geral

Incêndio destrói residência no Bairro Sol Nascente: assista ao vídeo

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.