Conectado com

Trânsito

Detran reduz taxa de gravame e orienta sobre placas do Mercosul

Divulgação

O Departamento de Trânsito do Paraná anunciou nesta terça-feira a redução da taxa do Registro Eletrônico de Contratos de Financiamento de Veículos – a taxa de gravame.

 

As placas desse modelo não são mais obrigatórias 

 

O novo valor, de R$ 143,63, começa a valer a partir de 1º de setembro e está quase 60% abaixo da taxa atual, de R$ 350,00.

Desde ontem também passaram a valer as novas regras para placas padrão Mercosul.

Quanto à taxa, a diretoria do órgão está construindo desde fevereiro um novo processo de credenciamento de empresas, em razão das inconsistências apontadas pelo Tribunal de Contas do Estado no edital 01/2018.

O Detran se reuniu com aquelas já credenciadas para definir a melhor forma de se proceder, viabilizar o novo valor e a forma de pagamento.

O novo valor para o serviço de Registro Eletrônico de Contratos de Financiamento de Veículos com cláusula de alienação fiduciária, arrendamento mercantil, reserva de domínio ou penhor foi definido após um levantamento dos custos do Detran para a operação e de uma pesquisa realizada junto às empresas credenciadas, que informaram os seus custos.

Diante da proposta, o departamento encaminhou um aditivo contratual para as empresas, com novo valor e forma de pagamento, definindo que as instituições financeiras/credoras farão o pagamento e repassarão ao Detran-PR somente a parte que lhe é devida, no valor de R$ 34,50.

As empresas credenciadas, a título de remuneração pelos serviços, poderão praticar o valor máximo de R$ 109,13 por chassi registrado.

“O TCE pautou, na época, que o valor que estava sendo cobrado era exorbitante, não havia uma clareza com relação à modicidade e nem estudo técnico para aquele que seria o valor justo cobrado no registro de contrato”, explicou o diretor administrativo-financeiro do Detran-PR, João de Paula Carneiro Filho.

Também foi determinado que o órgão só recebe agora a taxa que lhe é devida.

Atendendo à resolução 780/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), não será mais obrigatória a emissão de documentos, pelo Detran, de placas no modelo Mercosul para os casos de transferência de veículo no mesmo município; emissão de 2ª via do Certificado de Registro de Veículo (CRV); alteração de dados, quando não for troca de categoria ou troca de espécie para coleção; e emissão de 2ª via da Licença.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

BMW capota na rodovia Marechal Cândido Rondon – Quatro Pontes: condutor fica ferido.

Continue Lendo

Geral

Detran repassa cartilhas educativas para serem distribuídas nas escolas de Marechal Cândido Rondon.

A Secretaria de Mobilidade Urbana, da prefeitura de Marechal Rondon, recebeu mil exemplares da cartilha educativa do Detran/PR.

O material será distribuído aos alunos nas escolas do município, durante as aulas do Projeto Cidadania no Trânsito.

Será um material que irá complementar o trabalho, já que o programa já conta com materiais educativos

Os exemplares foram conquistados graças ao empenho e colaboração da 35ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Marechal Rondon, que tem como diretora Tatiane Marchi Cardozo.

A cartilha chama-se “Educação no Trânsito, Cartilha Educativa Detran/PR”. Possuí lições para decorar e colorir. As lições são sobre: Motorista: se beber, não dirija; Respeite a velocidade permitida; Celular e direção: uma ligação perigosa; Nunca esqueça do cinto de segurança; Motociclista: use capacete e equipamentos de segurança; Ciclista: ande sempre acompanhado e de preferência em parques e praças que possam ciclovia; e a última sobre Pedestre: ao atravessar a rua, ande sempre na faixa.

Conforme a diretora da secretaria e responsável pelo Projeto Cidadania no Trânsito, Adriane Kappes Vorpagel, o trabalho está comprometido com a segurança e preservação de vidas, formando novas gerações de motoristas e pedestres, buscando positivas mudanças comportamentais, com foco na educação para a cidadania.

Já o secretário de Mobilidade Urbana, Coronel Welyngton Alves da Rosa, observou que o objetivo é desenvolver a consciência e a importância de respeitar as normas de trânsito.

“A reflexão é em cima de debates e discussões em sala de aula, abordando os principais pontos relativos ao trânsito, como por exemplo a desobediência das sinalizações, comportamento de motoristas e pedestres e consciência nas relações de trânsito. O material fornecido pelo Detran irá colaborar muito neste processo”, pontuou.

Continue Lendo

Geral

Concluídos 50% das obras de recuperação do Anel Viário de Marechal Cândido Rondon.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.