Conectado com

Geral

Difusora e Copagril Batem a Sua Porta (22/06/2020)

Geral

Contran restabelece novos prazos para regularização das CNHs vencidas

Ilustrativa

Está em vigor, desde ontem, a resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que restabelece os prazos para a regularização das carteiras nacionais de Habilitação (CNHs) vencidas.

Segundo a nova resolução, os documentos de habilitação vencidos em 2020 ganharam mais um ano de validade.

Com isso, a renovação das CNHs vencidas em 2020 ocorrerá de forma gradual, de acordo com um cronograma estabelecido no documento.

A medida inclui também a Autorização para Conduzir Ciclomotores e a Permissão Para Dirigir, documento provisório utilizado no primeiro ano de habilitação do condutor.

Pelo texto, a renovação ocorrerá com base no mês de vencimento do documento.

Ainda de acordo com a resolução, para fins de fiscalização, qualquer documento de habilitação vencido em 2020 deve ser aceito até o último dia do mês correspondente em 2021.

A medida, publicada no último dia 24, revogou uma portaria publicada em março pelo órgão, que suspendeu os prazos para a renovação das CNHs, aplicação de multas, transferência de veículo, registro e licenciamento de veículo novo, entre outros, em razão da pandemia do novo coronavírus.

A resolução também determina que, desde a data de ontem, foram retomados os prazos para serviços como transferência veicular, comunicação de venda, mudança de endereço, conforme previsto no Código de Trânsito Brasileiro.

Em relação à transferência de veículos adquiridos de 19 de fevereiro de 2020 a 30 de novembro de 2020, o Contran diz que os Detrans dos estados e do Distrito Federal poderão estabelecer cronograma específico para a efetivação da transferência de propriedade e que ele deverá ser informado ao Contran até 31 de dezembro de 2020.

Caso os Detrans não estabeleçam um cronograma específico, a transferência de propriedade de veículo adquirido no período indicado deverá ser efetivada até 31 de dezembro deste ano.

Para os veículos novos, adquiridos no período de 19 de fevereiro a 30 de novembro, também valerá a data 31 de janeiro de 2021 para a efetivação do registro e licenciamento.

 

Continue Lendo

Geral

Palestra sobre “Empreendedorismo e criatividade nos novos tempos do mercado” é realizada na Acimacar

Assessoria

Aconteceu na noite de terça-feira, dia 01, no auditório da Acimacar, uma palestra com o tema “Empreendedorismo e criatividade nos novos tempos do mercado”, com Jean Matos. Participaram do ato de abertura, o secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Sérgio Marcucci, e o coordenador do Módulo Empresarial, André Soffa, e equipe.
O evento foi destinado para microempreendedores individuais (MEIs), microempreendedores (MEs) e Empresas de Pequeno Porte (EPPs).
Na palestra foram apresentados dados e experiências que podem gerar capacidade de obter uma compreensão intuitiva precisa e profunda para mudar o curso da vida pessoal e profissional das pessoas.
No evento, que foi aberto ao público, foram cumpridas todas as medidas exigidas em relação a prevenção ao novo coronavírus, como distanciamento, obrigatoriedade quanto ao uso de máscara e utilização de álcool em gel.
Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Geral

Ministério da Saúde diz que vacinação contra coronavirus começará pelos idosos

O Ministério da Saúde apresentou ontem  a estratégia que o Brasil irá adotar para a vacinação da população contra a Covid-19.

Durante reunião técnica, foram tratados diversos pontos como grupos prioritários, eixos estratégicos do plano operacional, expectativas de prazos, investimento na rede de frios para armazenamento das doses, processos de aquisição de agulhas e seringas para atendimento da demanda e as fases da imunização em massa.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello disse ser um grande desafio que  o Ministério terá  pela frente, porém haverá capacidade técnica, tempo  e pessoas reunidas com vontade fazer o melhor plano do mundo, acrescentando que o SUS já tem atualmente o maior programa global de vacinação, o que pode ajudar na estratégia contra a Covid-19.

Segundo o Ministério da Saúde, a vacinação dos brasileiros contra a Covid-19 deve acontecer em quatro fases, levando em conta informações sobre nuances epidemiológicas da doença entre os brasileiros, bem como comorbidades e dados populacionais.

Em um primeiro momento, devem ser vacinados trabalhadores da saúde, população idosa a partir dos 75 anos de idade, pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência  como asilos e instituições psiquiátricas e população indígena.

Na segunda etapa  serão imunizadas pessoas de 60 a 74 anos;  a  terceira fase prevê a vacinação de pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da doença , como portadores de doenças renais crônicas e cardiovasculares e finalmente, na quarta e ultima etapa professores, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade.

Ao todo, os quatro momentos da campanha somam 109 milhões e 500 mil pessoas imunizadas, em duas doses, como previsto pelos esquemas vacinais dos imunizantes já garantidos pelo Ministério da Saúde.

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.