Conectado com

Geral

Diretoria de Itaipu comemora conquista de nova marca histórica

Binacional ultrapassou no sábado a marca dos 50 milhões de megawatts-hora de energia produzida.

 

Depois de bater em julho os recordes de produtividade e eficiência mensal, nos seus 35 anos de operação, a usina de Itaipu ultrapassou no sábado, 17, a marca dos 50 milhões de megawatts-hora.

Nenhuma outra fonte de energia no Brasil, dentre as mais de três mil plantas existentes, segundo o site da Agência Nacional de Eletricidade -Aneel, atingirá esse volume no ano.

Os 50 milhões de MWh são bastante significativos, já que o cenário hídrico nacional não está nada favorável para a produção de energia.

O inverno costuma ser um período seco nas regiões Sul e Sudeste do Brasil e as chuvas ocasionais, que sempre ocorrem junto com as frentes frias, têm sido fracas.

Com isso, o armazenamento de água para geração de energia também está abaixo da média, o que levou a Aneel a acionar a bandeira vermelha em agosto.

Não há risco de faltar energia elétrica no Brasil, porque a produção das termoelétricas e das eólicas, na região Nordeste, tem compensado a redução da geração das hidrelétricas.

Não fosse a boa produção de Itaipu, a situação poderia ser ainda pior.

Quanto mais a hidrelétrica produz, mais ela contribui para baixar a conta de luz do consumidor.

Por obrigação contratual, a usina precisa entregar para a Eletrobras e a estatal paraguaia Ande 75 milhões de MWh por ano, mas, desde a década de 1990, a binacional tem estregue muito mais que isso.

Em 2006, produziu 103 milhões de MWh – maior produção anual registrada no mundo por uma usina.

O diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, diz que Itaipu só tem conseguido obter bons números na operação em um ano atípico especialmente pela excelência dos equipamentos e o compromisso e capacidade técnica dos empregados brasileiros e paraguaios, que não medem esforços para melhorar os índices da usina, considerando todos os aspectos da geração.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Projeto Educacional Cooperativo da C.Vale oficializa escolas vencedoras

Foram premiados projetos de escolas de Nova Santa Rosa, Assis e Palotina

A Escola Municipal Getúlio Vargas de Nova Santa Rosa foi uma das três selecionadas pelos melhores projetos educacionais cooperativos .

A C.Vale premiou as escolas que desenvolveram os melhores trabalhos dentro da metodologia do projeto, cuja iniciativa envolveu escolas públicas e particulares de cinco municípios do Paraná que participaram do programa Coopejovem em 2019.

A premiação foi criada para valorizar e reconhecer atividades que estimulem a cooperação em sala de aula e o envolvimento das comunidades com as escolas.

O detalhamento dos projetos permitiu aos professores, equipes pedagógicas e direções conhecer ideias que podem ser aproveitadas em suas escolas.

Depois da premiação, os 170 participantes do encontro se divertiram com os truques de ilusionismo e as brincadeiras do mágico Arcanjo.

Três escolas foram selecionadas pelos melhores projetos educacionais cooperativos.

As professoras Elenir Bourscheid e Cledia Diniz, da Escola Municipal Getúlio Vargas, de Nova Santa Rosa, se destacaram com o projeto “Leiturando – Desenvolvendo o interesse pela leitura e cooperando com o colega”.

A Escola Municipal Ney Braga, de Assis Chateaubriand, foi premiada com o projeto “Disciplina e Cooperação, uma questão de atenção”, e esteve representada pela professora Clemensilva Carvalho.

O terceiro projeto selecionado foi “Pátio da escola: um espaço sócio-educacional cooperativo”, da professora Isolete Jung Gabriel, da Escola Luiz Moacir Percicotti, de Palotina.

Continue Lendo

Geral

Jovem baleado em São Clemente morre no Hospital Bom Jesus

Correio do Lago

O jovem Fernando Dutra, apelidado de “Tigrão”, de 23 anos, morreu nesta madrugada no Hospital Bom Jesus, em Toledo.

Ele não resistiu a gravidade dos ferimentos provocados por disparos de arma de fogo, na tarde do último domingo, em São Clemente, distrito de Santa Helena.

O rapaz estava em uma distribuidora de bebidas quando foi surpreendido por um homem, que sacou de um revólver e acionou o gatilho.

A vítima, em desespero, tentou fugir, mas foi seguida pelo atirador, até que caiu e acabou sendo atingida novamente.

Populares socorreram o jovem e o levavam para atendimento médico, mas próximo à pedreira de Sub-Sede, a unidade avançada do Samu encontrou-os e encaminhou o rapaz ao Pronto Atendimento Municipal de Santa Helena.

Em decorrência da gravidade dos ferimentos, Fernando Dutra foi transferido ao Hospital Bom Jesus, em Toledo, mas não resistiu e faleceu nesta madrugada.

Informações dão conta que o autor do crime se apresentou na Delegacia de Polícia de Santa Helena, foi ouvido e liberado.

Continue Lendo

Geral

Educandários rondonenses discutem calendário letivo 2020

Diretores de Centros Municipais de Educação Infantil, escolas municipais, colégios estaduais e particulares de Marechal Cândido Rondon, estiveram reunidos em assembleia para discutir o Calendário Escolar 2020.

Nos colégios estaduais, o início do ano letivo será no dia 05 de fevereiro, terça-feira.

Já na rede municipal de ensino, as aulas iniciam numa quarta-feira, dia 06 de fevereiro.

A secretária de Educação, Marcia Winter da Mota, dá mais detalhes da assembleia que discutiu o calendário escolar de 2020 de Marechal Cândido Rondon….

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.