Conectado com

Geral

Documento do carro não vai mais ser impresso a partir deste ano

Reprodução Globo

A partir deste ano, o documento do carro não vai mais ser impresso em papel. Nove estados já estão emitindo a versão digital.

A maioria dos motoristas já escutou essa frase: “Boa tarde, senhor, documentação pessoal e do veículo.”

É obrigatório apresentar à autoridade de trânsito a carteira de motorista e também o documento de cor verde, o CRLV, que é o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo. Mas esse documento de papel, está com os dias contados.

Os Detrans de todo o país têm até junho para implantar a novidade. Nove estados já começaram a emitir a versão digital.

“Anteriormente, nós tínhamos uma demanda muito grande por documentos que não chegavam na residência. Existe alguns casos que demorava até três meses”, diz o presidente do Detran de Goiás Marcos Roberta Silva.

Para usar a novidade, o motorista precisa baixar o aplicativo, que é de graça, e, assim que pagar o IPVA, o documento eletrônico já aparece na tela do aparelho.

“Eu acho muito prático. Acho que vai valer a pena porque essa questão da gente está carregando esses documentos”, diz Lilian Rates Frota, designer de interiores.

É simples também para o policial. “Documento do veículo, por favor.” O policial aproxima o leitor do QR Code – o quadradinho onde estão todas as informações do carro e do motorista. A checagem é bem mais rápida, menos de três segundos.

“Agiliza porque imediatamente ele traz informação do veículo ali, já fala qual é o veículo, número de chassi, modelo, ano”, explica o capitão da PM/GO Marcos Paulo Hosokawa.

E tem mais vantagens. Antes, quem perdia o documento de papel, tinha que procurar o Detran e pagar pela segunda via. O custo varia de estado para estado. Em Goiás, a despesa era de R$ 48. Mas sabe aquela história que a bateria do celular termina sempre quando a gente mais precisa? O Sindicato dos Despachantes dá uma dica para ninguém ficar na mão. ‘É interessante que se imprima, faça impressão e carregue junto com o veículo”, diz Idelton Gomes Júnior, presidente do Sindicato dos Despachantes/GO.

Nesse caso, o motorista tem que imprimir o documento por conta própria. Os Detrans não vão mais fazer esse serviço. Só no estado de Goiás, por exemplo, a economia com impressão e envio do documento pelos Correios será de R$ 6 milhões por ano. O ministério da Infraestrutura ainda não fez a estimativa de quanto os outros Detrans vão economizar.

Fonte: Globo

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Prefeitura se manifesta e mantém comércio de Toledo fechado

A Prefeitura de Toledo emitiu às 19h50 desta terça-feira (31), uma nota oficial com informações sobre o funcionamento do comércio local.
Segundo a nota, o comércio de Toledo permanece fechado, pelo menos até o próximo dia 05 (Domingo).
Confira a nota abaixo na íntegra.
Com base na recomendação administrativa realizada pelo Ministério Público, onde estabelece critérios técnicos para a retomada das atividades comerciais, de forma a preservar a saúde das pessoas e manter as ações de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19), o Município de Toledo criará uma comissão composta por técnicos e empresários para definir os critérios e cuidados que deverão ser seguidos nas diversas atividades econômicas de forma a criar as condições para a abertura consciente e necessária do comércio da cidade.  
Essas questões foram discutidas na reunião do Centro de Operações de Emergências (COE) desta terça-feira (31), o qual deliberou pela manutenção do Decreto 758/2020 onde estabelece restrições até o próximo dia 5 de abril. Ou seja, comércio permanece fechado. 
Ressalva-se que de acordo com os trabalhos desta comissão, do plano de contingenciamento criado, dos dados epidemiológicos do município e orientações da Secretaria de Estado da Saúde e Ministério da Saúde, a alteração das medidas estabelecidas podem sofrer alteração a qualquer momento, bem como foi com a retomada do horário de atendimento de mercados e postos de combustíveis. 
Fonte: Toledo News
Continue Lendo

Geral

Ginásio de Toledo já abriga 12 moradores de rua durante a pandemia do novo Coronavírus

Em meio a pandemia mundial causada pela disseminação do novo Coronavírus (Covid-19), muitas pessoas que não trabalham nos serviços considerados essenciais estão enfrentando esse período em quarentena em suas residências. Algumas dessas pessoas estão trabalhando de casa no sistema de home office. No entanto isso gerou em debate, quanto a situação dos moradores de rua, que encontram-se expostos ao vírus.
Em Toledo foi encontrada uma solução para tentar minimizar esse problema e buscar amparar essas pessoas nesse momento de crise. A prefeitura de Toledo, por meio da Secretaria de Assistência Social colocou os alojamentos do Ginásio de Esportes Aldanir Ângelo Rossoni, no Jardim Coopagro como abrigo para as pessoas em situação de rua por tempo indeterminado. O local foi liberado para abrigar os moradores de rua no dia 26 de março e no momento já acolhe 12 pessoas.
A secretária de Assistência Social, Marisa Cardoso, informou que o local está preparado para receber até 23 pessoas. “Nós estamos nos preparando para atender às 22 pessoas em situação de rua que temos em nossos cadastros, mas isso não impede que façamos a organização do espaço no caso de precisarmos atender um número maior. No momento 12 pessoas estão no local recebendo toda a assistência necessária nesse momento tão complicado”.
No local as pessoas em situação de rua recebem um kit higiene, com sabonetes, escova de dentes, pasta de dentes, toalhas de banho, toalhas de rosto, além de ter acesso a álcool em gel e banho no local, assim como alimentação, que engloba café da manhã, almoço e jantar. O espaço é controlado por equipes da Guarda Municipal, que mantém a segurança do ambiente. Equipes da Secretaria de Assistência Social também dão suporte para as pessoas em situação de rua que optarem por dormir no local.
Marisa Cardoso, explica que os moradores poderão frequentar o local durante o dia e terão toda a assistência necessária. “Nós já tivemos essa experiência no último inverno e foi uma saída muito boa para esse público. Dessa vez o acolhimento será permanente e as pessoas poderão ficar no local durante o dia, onde receberão toda a assistência, desde utensílios de higiene e alimentação, segurança e orientações”, esclareceu a secretária.
Essa ação não é novidade, uma vez que foi realizada durante os dias mais severos do inverno de 2019. Na ocasião as pessoas em situação de rua também foram recebidas para pernoitar nos alojamentos do Ginásio de Esportes Aldanir Ângelo Rossoni. A única diferença é que na época o local estava liberado somente para o pernoite.
Marisa Cardoso também lembra que no local as pessoas em situação de rua receberão todos os cuidados e orientações quanto ao perigo sobre a propagação do novo Coronavírus. “Eles receberão todas as orientações pertinentes a respeito do vírus e ficarão alojados conforme a distância segura repassada pelos órgãos de saúde. Caso algum dos moradores apresente qualquer um dos sintomas do novo Coronavírus, o mesmo será isolado e receberá o atendimento e orientação, conforme o necessário”, enalteceu.
As orientações sobre o novo Coronavírus e os cuidados com a higiene pessoal são repassados por profissionais ligados a Secretaria Municipal de Saúde. Caso um dos novos alojados tenha passado por uma cidade em situação de risco ou que já tenha algum caso confirmado do Covid-19, essa pessoa ficará em um espaço separado em uma espécie de quarentena. A mesma coisa vale se qualquer um dos abrigados tiver algum dos sintomas da doença.
“Nós estamos tomando todos os cuidados necessários para que as pessoas sejam bem atendidas e recebam as devidas orientações, assim como estamos adotando as medidas necessárias para que o vírus não atinja nenhuma dessas pessoas em situação de rua”, destacou a secretária.
Por fim, Marisa recorda que as pessoas em situação de rua deverão ser cadastradas, orientadas e encaminhadas pelo Serviço de Abordagem Social (CREAS II), e não poderão ficar saindo do alojamento. A ideia de não liberar os moradores para saírem durante o dia, visa dirimir as chances de contato com o vírus.
O local conta com 23 dormitórios, que ficarão disponíveis para as pessoas em situação de rua durante tempo indeterminado até que perdure o atual cenário enfrentado em decorrência da pandemia provocada pelo novo Coronavírus. Outras medidas poderão ser adotadas conforme o avanço da situação.
Fonte: Toledo News
Continue Lendo

Esportes

Secretaria de Esporte e Lazer transmitirá aulas de Ritmos Latinos pelo Facebook a partir de hoje

Assessoria

Secretaria de Esporte e Lazer transmitirá aulas de Ritmos Latinos pelo Facebook a partir de hoje

Nesta época de pandemia do coronavírus, a Secretaria de Esporte e Lazer de Marechal Rondon inovou. Nas terças e quintas-feiras, a partir das 19h, a página da secretaria no facebook estará transmitindo ao vivo a aula do projeto “Dança Marechal – Ritmos Latinos”.

“Muitos munícipes estão tendo que ficar em casa para não contraírem o vírus, não podendo frequentar as diversas atividades que ofertamos. Por conta disso, quem gosta de dança, mais especificamente ritmos latinos, poderá de casa mesmo se manter em forma ao ser exercitar. Estamos fazendo a transmissão ao vivo das aulas”, explica o secretário Cristiano Metzner (Suko).

“Vamos nos manter saudáveis. Ajeite um espaço aí na sua casa, acompanhe-nos pelo facebook e se exercite”, completa Suko.

Para acessar basta ir na página
https://www.facebook.com/smelmarechalrondon/

Fonte: Assessoria

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.