Conectado com

Policial

Dois advogados são presos suspeitos de ajuizar ações fraudulentas contra empresas

Polícia Civil/Divulgação

Dois advogados foram presos, na manhã desta terça-feira, suspeitos de ajuizar ações contra empresas de energia elétrica, água e telefonia.

Além de mandados de prisão, a Polícia Civil também cumpre mandados de busca e apreensão e de sequestro de bens, em Altônia.

As investigações apontam que os suspeitos moviam ações indenizatórias fraudulentas contra a Companhia Paranaense de Energia Elétrica, a Companhia de Saneamento do Paraná e a Tim Paraná.

De mais de 3.800 processos ativos, suspensos e arquivados contra essas empresas, ajuizados no município, 95% foram ajuizados pelos suspeitos, de acordo com a Polícia.

Uma auxiliar de escritório, que trabalha com os advogados, também está sendo investigada.

Ainda segundo a Polícia Civil, cerca de 35 pessoas, que são partes nas ações judiciais, devem ser ouvidas nesta terça.

O objetivo da investigação é verificar se elas tinham participação nos crimes investigados ou se os dados deles foram usados sem conhecimento.

As ordens judiciais devem ser cumpridas em endereços relacionados aos alvos no Centro da cidade e no Jardim Alphaville.

Continue Lendo
Publicidade

Policial

Policia Rodoviária Estadual divulga dados da Operação Padroeira na região de Marechal Cândido Rondon

A Operação Padroeira 2019 foi tranquila na área de ação do Posto Rodoviário Estadual de Marechal Cândido Rondon.

Apenas um acidente foi registrado no período da operação, conforme detalha o comandante do posto, sargento De Souza..

 

Continue Lendo

Geral

Afogamentos também são registrados em São Miguel, Medianeira e Altônia

Além dos rapazes que desapareceram no Lago de Itaipu em Entre Rios do Oeste, outras pessoas morreram por afogamento nos municípios de São Miguel do Iguaçu, Medianeira e Altônia.

Uma das vítimas tinha 15 anos e continua desaparecida 

Uma das vítimas foi Matheus Daniel Farina Schlikmann, 19 anos, que morreu em um açude na localidade de Santa Rita, no município de São Miguel do Iguaçu.

Militares do Corpo de Bombeiros foram acionados, mas quando o jovem foi encontrado ele já estava sem vida.

Outro caso de afogamento neste domingo na região Oeste do Estado aconteceu em um rio, na Linha Ouro Verde, no município de Medianeira.

Um homem, que não teve a identidade revelada, estava se banhando em um Recanto quando desapareceu na água.

Um bombeiro civil que se encontrava no local conseguiu resgatar a vítima, mas esta acabou falecendo no interior de uma ambulância do SAMU, a caminho do Hospital de Medianeira.

Por outro lado, o Corpo de Bombeiros de Altônia retomou as buscas na manhã desta segunda-feira pela adolescente de 15 anos que caiu no Rio Paraná, no fim da tarde do dia 11, na região de Altônia, no Noroeste do Estado.

Os bombeiros fazem buscas no perímetro onde aconteceu o acidente.

A jovem estava em uma moto aquática como passageira, momento em que sofreu a queda sem estar com colete salva-vidas.

O condutor até tentou retirar a adolescente da água, mas devido à forte correnteza ele não conseguiu.

A área onde o acidente aconteceu tem 500 metros de extensão de margem a margem. A profundidade é grande no ponto e devido a correnteza, ela pode ter sido arrastada, ou ter ficado presa em galhos de árvores.

As buscas seguem até que tenha visibilidade na água, mergulhadores procuram nos pontos possíveis, e os demais bombeiros seguem por toda margem com barco.

Continue Lendo

Policial

Jovem de 26 anos é encontrada morta em plantação de mandioca em Terra Roxa

Correio do Ar

Na tarde deste domingo, a Polícia Militar de Terra Roxa foi acionada para atender uma ocorrência de achado de cadáver, em meio a uma plantação de mandioca.

Populares teriam encontrado o corpo que já estava em adiantado estado de decomposição atrás do ginásio de esportes.

A vítima foi identificada como sendo Yusleis Gracia Rojas, de 26 anos de idade.

O Instituto Médico Legal de Toledo recolheu o corpo para exames de praxe, enquanto que a Polícia Civil de Terra Roxa iniciou as investigações.

Tudo indica se tratar de um caso de homicídio, mas até o momento a motivação e autoria do crime são desconhecidas.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.