Conectado com

Geral

Estado adota medidas preventivas contra nova cepa da Covid-19

Técnicos monitoram pacientes para evitar possível disseminação da variante pelo Estado

 

Em nota a   Secretaria de Estado da Saúde  menciona que os rastreio de internações de pacientes com a variante brasileira da Covid-19, conhecida por P1, deve ser mais rigoroso para evitar a sua disseminação pelo Estado.

O assunto foi debatido ontem quando técnicos da pasta participaram de duas reuniões  para discutir o assunto e onde a  coordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesa, Maria Goretti David Lopes, ressaltou a importância desse trabalho intersetorial com o Ministério da Saúde e a  Agência Nacional de Vigilância Sanitária,  para reforçar o trabalho de monitoramento de quem teve contato com a variante, o que é feito desde o ano passado.

Questionada se a superlotação de leitos no Estado pode ter relação com a nova variante, ela afirmou que essa hipótese não está descartada.

Acrescentou que  desde que surgiram as notícias da existência da nova variante, em janeiro, o COE  – Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública da Sesa já publicou nota orientativa para que todos os profissionais de saúde ficassem por dentro sobre quais medidas deveriam ser adotadas.

A Secretaria de Saude do Estado  recebeu da Fiocruz do Rio de Janeiro a confirmação da contaminação de cinco pessoas pela variante brasileira do coronavírus na tarde de terça-feira.

São quatro pessoas que passaram por atendimento em Curitiba e uma em Campo Largo, todas procedentes de Manaus.

A pasta informa que não há transmissão local e que até o momento, o Lacen já enviou 28 amostras positivas para a Covid-19 à Fiocruz, que é o laboratório nacional responsável pelos exames de sequenciamento genético das amostras de possíveis casos de contaminação pela variante.

Das 28 amostras encaminhadas positivas, 5 foram confirmadas com a nova cepa e as demais estão em análise.

 

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Vacinação em idosos de 80 a 84 anos segue nesta sexta-feira à tarde

Na tarde desta sexta-feira, dia 05, das 13h às 16h, a Secretaria de Saúde dará sequência ao cronograma de vacinação contra a Covid-19. O público-alvo continua sendo idosos de 80 a 84 anos.

O atendimento será feito no centro de eventos, anexo ao parque de exposições, e haverá distribuição de senhas para o controle das doses. Será no sistema “drive thru”.

Serão 340 doses disponíveis da Coronavac, que deverão chegar ao município no início da manhã de sexta-feira.
Para receber a vacinação é necessário estar munido do cartão SUS, CPF e cartão de vacina.

 

Fonte: Assessoria

 

 

 

 

 

Continue Lendo

Geral

Rondonense de 75 anos é a 47ª vítima do Covid-19

Óbito n°47

Rondonense do sexo masculino, de 75 anos. Deu entrada na UPA no dia 27 de fevereiro, com início dos sintomas no dia 26 de fevereiro, (tosse, dispneia, mialgia, adinamia, hipossaturação). No dia 28 foi realizada a coleta para exame RT-PCR, tendo o diagnóstico confirmado para Covid-19 em 04 de março. No dia 02 de março o paciente já havia evoluído para ventilação mecânica e veio a óbito no mesmo dia. Tinha como comorbidades: hipertensão e diabetes.

 

Fonte: Assessoria de imprensa da prefeitura de Marechal Cândido Rondon

Continue Lendo

Geral

Covid-19: 22 pessoas aguardam por UTI na 20ª Regional de Saúde de Toledo

A situação permanece crítica em Toledo e região quando falamos sobre a pandemia ocasionada pelo Novo Coronavírus (Covid-19). No momento os leitos de Terapia Intensiva (UTI), destinados exclusivamente ao atendimento de pacientes Covid-19 estão praticamente lotados na área de abrangência da 20ª Regional de Saúde de Toledo e 22 pessoas ainda aguardam por uma vaga de UTI.

A 20ª Regional de Saúde de Toledo conta com 52 leitos de UTI Covid-19 para o atendimento de pacientes via Sistema Único de Saúde (SUS). Os leitos estão divididos entre o Hospital Beneficente Moacir Micheletto, em Assis Chateaubriand, que conta com 28 leitos, sendo que 27 estão ocupados e 24 leitos no Hospital Bom Jesus, em Toledo, dos quais todos estão indisponíveis. A taxa total de ocupação de leitos é de 98,08%.

Outro dado preocupante é a respeito dos pacientes que ainda aguardam por leitos hospitalares. Na 20ª Regional de Saúde são 22 pessoas aguardando por vagas de UTI e 33 cidadãos esperando por leitos de enfermaria.

Macrorregião oeste

Na macrorregião oeste a situação também persiste calamitosa. São apenas cinco leitos de UTI Covid-19 disponíveis. Dos 247 leitos existentes, 242 estão indisponíveis, totalizando uma taxa de ocupação de 97,98%. No entanto, a ocupação dos leitos de enfermaria diminuiu, sendo que das 397 vagas existentes, 273 estão ocupadas, o que representa uma taxa de 68,77% de ocupação.

Fonte: Toledo News
Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.