Conectado com

Geral

Estado quer manter ativas as UTIs hoje destinadas à pandemia

 Para isso garantir a contrapartida federal

 

A  Secretaria Estadual de Saúde  está negociando com o Ministério da Saúde o destino dos 1.481 leitos de UTI abertos no Paraná ao longo da pandemia.

O objetivo é manter essas vagas ativas mesmo com a queda no número de internações por Covid-19, realocando a estrutura para o tratamento de outras doenças nos hospitais.

Para isso, o estado vai precisar de contrapartida do governo federal dentro do Sistema Único de Saúde .

O Secretário Beto preto informa que nos  próximos dias  haverá uma nova reunião  com o Ministério da Saúde para debater o legado dos leitos pós-Covid.

Até dezembro, o estado tem garantido o apoio do governo federal no custeio das UTIs abertas na pandemia e muitas dessas vagas, inclusive, já estão sendo destinadas para outras enfermidades justamente pela queda nos internamentos por coronavírus.

È  justamente a manutenção deste custeio para 2022 que o Paraná e outros estados pedem ao Ministério da Saúde, mesmo com o cenário do fim da crise sanitária.

Com a abertura das 1.481 novas vagas na pandemia, os leitos intensivos no Paraná aumentaram de 2.063 em janeiro de 2020 para os atuais 3.544.

Para o diretor de Gestão em Saúde da Sesa, o médico Vinícius Filipak, responsável pelo gerenciamento de leitos no SUS estadual, seria mais do que bem-vinda a manutenção de toda essa estrutura.

“Não interessa termos esses equipamentos de UTI parados. Além de deixar de salvar vidas, eles deterioram se não forem utilizados”, argumenta o médico.

A questão agora é se o orçamento do Ministério da Saúde vai conseguir manter o aporte para manter as vagas extras de tratamento intensivo, pois o  custo é alto.

Até o início de 2020, o custo do sistema hospitalar público no Paraná era de cerca de 130 milhões de reais por mês.

Só a Covid-19 sobrecarregou esse montante em mais  50 milhões mensais, totalizando em  180 milhões a manutenção dos leitos de UTI e enfermaria de coronavírus e todas as outras doenças juntas.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Policia Civil cumpre neste momento mandados no caso envolvendo empresária rondonense desaparecida

Civil e Instituto de Criminalística cumprem mandados em três residências, incluindo a casa da vitima

Reprodução Facebook

A Policia Civil de Marechal Cândido Rondon cumpre neste momento, mandados de busca e apreensão no caso envolvendo a empresária  Edna Storari, de 56 anos, desaparecida desde o dia 27 de setembro deste ano.

Desde a tarde desta terça-feira (25) policiais civis em operação conjunta com o Instituto de Criminalística, realizam uma série de diligências para o cumprimento de mandados de busca e apreensão, contra pessoas próximas aos investigado – marido da vitima – que se encontra preso desde o dia 07 de outubro.

Neste momento é realizada uma perícia técnica na residência da vítima, no Bairro Alvorada.

Há informações de que mandados de busca e apreensão também estão sendo cumpridos em outras duas moradias.

O delegado de Policia Civil de Marechal Rondon, Rodrigo Baptista Santos, ainda não se pronunciou sobre as diligências de hoje – que estão acontecendo neste momento – e os possíveis avanços na investigação, do caso envolvendo a empresária desaparecida Edna Storari.

Continue Lendo

Esportes

Rondonenses serão contemplados com kit do programa Geração Olímpica

Na lista constam atletas e treinadores de inúmeras modalidades esportivas. Entrega está agenda para a manhã de sábado (30)

Onze rondonenses, entre atletas e treinadores de diversas modalidades esportivas, serão contemplados com a entrega de kit do programa Geração Olímpica, promovido pelo governo do estado, através da Superintendência Geral do Esporte, em parceria com a Copel.

A entrega está agendada para as 9h de sábado (30), na Secretaria de Esporte e Lazer de Marechal Cândido Rondon.

O grupo de rondonenses será contemplado com camiseta, mochila, bandana, squezze (garrafa), boné, bottons e pulseiras. Eles representam equipes do município no basquetebol, handebol, judô e voleibol.

Além de Marechal Rondon, receberão o kit do Geração Olímpica atletas e treinadores dos seguintes municípios: Guaíra, Iracema do Oeste, Maripá, Medianeira, Mercedes, Palotina, Pato Bragado, Santa Helena, São Pedro do Iguaçu, Terra Roxa e Toledo.

Veja abaixo a relação de atletas e professores rondonenses que receberão o kit.

Ana Luisa Sauer: Voleibol
Ana Luiza Bento: Voleibol
Claudemiro dos Santos: Voleibol
Gabriel Boes: Basquetebol
Gustavo Hanke: Judô
João Boeing: Basquetebol
Kauany Boone: Basquetebol
Luis Kubiski: Voleibol
Marcelo Goes: Basquetebol
Thomas Kotters: Handebol
Vittor Souza: Basquetebol

 

Fonte: Assessoria 

Continue Lendo

Geral

Secretaria de saúde rondonense acaba de confirmar mais um óbito por Covid-19

ÓBITO 155: Sexo masculino, 55 anos. Início dos sintomas no dia 13/09 com febre, dor de garganta, fraqueza, tosse, dor muscular e dificuldade ao respirar.

Dirigiu-se à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em 20/09.

A coleta do exame RT-PCR ocorreu no dia 21/09, confirmando se tratar de Covid-19 em 22/09.

O paciente foi transferido nesta mesma data para atendimento hospitalar em Missal, onde faleceu no dia 24/10.

Comorbidade: hipertensão.

 

Fonte: Assessoria 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.