Conectado com

Geral

Exame de Bolsonaro para Covid-19 dá positivo e presidente diz que está ‘perfeitamente bem’

O presidente Jair Bolsonaro informou nesta terça-feira (7) que seu exame para detectar se está com Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, deu positivo.

O presidente afirmou que chegou a ter febre de 38 graus, mas que, à noite, a temperatura começou a ceder. Relatou também que sentiu mal-estar e cansaço. Ele disse que agora está se sentindo “perfeitamente bem”.

De acordo com Bolsonaro, ele tomou hidroxicloroquina, remédio que vem defendendo como tratamento para a Covid-19. Não há comprovação científica da eficácia da hidroxicloroquina para a doença.

“Estou bem, estou normal. Em comparação a ontem [segunda], estou muito bem. Estou até com vontade de fazer uma caminhada, mas não vou fazê-lo por recomendação médica, mas eu estou muito bem”, afirmou.

Bolsonaro já havia informado a apoiadores na segunda-feira (6) que estava com febre e dores no corpo e, por isso, decidiu fazer o exame. Ele também disse que fez uma radiografia e que o pulmão “estava limpo”.

O presidente tem 65 anos e faz parte da faixa etária considerada por especialistas como grupo de risco.

Ele informou que nos próximos dias vai despachar por videoconferência na residência oficial do Palácio da Alvorada e que talvez receba auxiliares para assinar documentos. Bolsonaro cancelou viagens que faria à Bahia e a Minas Gerais.

O presidente fez o anúncio do resultado do exame para a TV Brasil e mais duas emissoras. Nenhuma outra emissora foi convidada. Ao final do anúncio, ele se afastou alguns passos dos repórteres e tirou a máscara. Mostrou o rosto, disse estar “bem” e pediu cuidado aos mais idosos.

“Vamos tomar cuidado, em especial com o mais idosos e que têm comorbidade. Os mais jovens, tomem cuidado, mas se forem acometidos do vírus, fiquem tranquilos que para vocês a possibilidade de algo mais grave é próximo de zero”, declarou.

Dados oficiais sobre a pandemia mostram que pessoas mais jovens, e mesmo aquelas sem comorbidades, também podem desenvolver formas graves da doença.

Mesmo defendendo cuidado com os mais velhos, Bolsonaro tem feito reuniões com ministros, alguns deles com mais de 60 anos, como ministro da Economia, Paulo Guedes, que tem 70. O presidente também se aproximou e falou com apoiadores nos últimos dias e pode ter transmitido a doença. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), uma pessoa infectada pode transmitir o vírus até 6 dias antes de começar a apresentar sintomas.

Bolsonaro disse ainda que o novo coronavírus é “como uma chuva” e vai atingir a maioria das pessoas.

“O que eu posso falar para todo mundo aqui. Esse vírus é quase como, eu já dizia no passado e era muito criticado, era como uma chuva, vai atingir você, né? Alguns, não. Alguns tem que tomar um maior cuidado com esse fenômeno por assim dizer”, afirmou.

No entanto, não há comprovação científica de que a maior parte da população necessariamente deve contrair o vírus. Cientistas estimam que, no Brasil, se 70% das pessoas pegassem a doença, haveria 1,8 milhão de mortes. Bolsonaro já declarou em outra ocasião que 70% dos brasileiros teriam Covid-19.

O presidente também informou que a primeira-dama Michelle Bolsonaro realizou nesta terça-feira um exame para saber se tem o novo coronavírus. Ele não citou o resultado do teste.

Geral

Nove rondonenses seguem internados em UTIs por causa do coronavírus

O setor de epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde de Mal Rondon, divulgou novo boletim hoje (22), confirmando que nove rondonenses estão internados em UTIs por causa do coronavirus: oito deles estão com exames confirmados; e o nono caso ainda é suspeito da doença.

O boletim mostra que no momento, o município está com 87 casos ativos de coronavívus e destes, oito estão internados em UTIs, três na UPA e hospitais; e 76 em isolamento domiciliar.

Marechal Rondon já registrou 1.094 casos, com 991 pessoas recuperadas e 16 óbitos.

Ate o momento 6.609 notificações; 6.407 pessoas liberadas da quarentena; 424 casos em monitoramento; e 4.493 casos descartados.

O município rondonense tem 83 casos suspeitos de covid-19; e destes, uma pessoa está na UTI e outras quatro em hospitais e UPA.

Continue Lendo

Geral

Acimacar reforça alerta aos empresários sobre golpes da lista telefônica

A Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon está reforçando e cobrando maior atenção dos empresários, quanto a pratica de novos golpes da lista telefônica.

A Acimacar alerta os empresários para que não repassem informações de suas empresas por telefone e nem assinem documentos sem antes comprovar a veracidade do serviço que está sendo oferecido.

Conforme a entidade, falsas empresas de listas telefônicas oferecem serviços sem custo, enviam o contrato para assinatura e posteriormente emitem boletos bancários para pagamento.

É solicitado para que diante do golpe, o empresário rondonense comunique imediatamente as autoridades policiais.

Continue Lendo

Geral

Unioeste lança hoje selo em comemoração aos 40 anos do campus rondonense

 Uma solenidade com poucas presenças, em decorrência do novo coronavirus, vai acontecer logo mais, as 16 horas e 30 minutos, no campus da Unioeste de Marechal Rondon.

Na ocasião será inaugurada a estrutura  denominada de “ambiente multiuso de pesquisa e pós graduação em historia e geografia”, que custou quase tres milhoes de reais,

Também na solenidade de logo mais, será feito o lançamento do selo em comemoração aos 40 anos do campus, conforme destaca o diretor Davi Felix Schreinner……

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.