Conectado com

Geral

Força-Tarefa reforça combate à crimes ambientais no Estado

  Desmatamento ilegal e pesca predatórias geraram multas em municípios da região

 

Sob a chuva forte que predominou durante toda a semana, equipes de fiscalização do Instituto Água e Terra , órgão vinculado a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, realizou entre os dias 12 e 19, mais uma força-tarefa para combater a pesca no período da piracema e coibir o desmatamento ilegal.

A força-tarefa faz parte das ações de fiscalização previstas na Operação Verão Consciente 2020 – 2021 e aconteceu por terra e água.

Ação mobilizou agentes de fiscalização dos Escritórios Regionais do IAT de Maringá, Cianorte,  Foz de Iguaçu , União da Vitória e Toledo.

A presença da fiscalização no Interior do Estado e os equipamentos de monitoramento, como os satélites, têm sido grandes aliados na preservação ambiental no Paraná, que se destaca como o estado que mais preserva.

Nesta operação, os agentes retiraram do meio-ambiente grande quantidade de material usado na pesca predatória e maquinário em atividade de desmatamento ilegal.

Foram aplicadas  multas que somaram  718 mil reais.

Três multas foram aplicadas em Diamante do Oeste pelas equipes de terra, onde foram apreendidas três máquinas que estavam desmatando uma área de 27,9 hectares.

O flagrante foi registrado pelos fiscais, quando vistoriavam a região.

Por meio de monitoramento por satélites, as equipes de terra ainda constataram a supressão de 13 hectares de floresta, em São Miguel do Iguaçu.

A área, recentemente desmatada, foi usada para plantio de soja.

Em combate à pesca ilegal, as diligências foram realizadas ao longo do Lago de Itaipu e seus afluentes, nos municípios de Santa Helena, Diamante do Oeste, São Miguel do Iguaçu, Missal e Medianeira.

A pesca é proibida na piracema e durante a fiscalização, foram retirados materiais armados de pesca predatória como redes, espinhel, boias loucas, covos e peixes já em estado de decomposição.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Homem de 68 anos cai da escada e bate a cabeça em residência na Vila Gaúcha

Ele sofreu um corte e foi encaminhado para atendimento na UPA Marechal

 

Um rondonense de 68 anos foi vitima de acidente doméstico na manhã desta quarta-feira (23) em uma residência na rua Continental, bairro Vila Gaucha.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e socorreu o homem que subiu em uma escada e sofreu queda, batendo a cabeça na calçada.

Ele sofreu um corte e foi encaminhado para atendimento na UPA Marechal: está consciente e num primeiro momento, o estado de saúde é satisfatório.

O rondonense de 68 anos será submetido agora a uma bateria de exames.

 

Continue Lendo

Geral

Vereadores defendem aquisição de estrutura para cirurgias urológicas pelo Ciscopar

Assessoria

Requerimento apresentado por vereadores rondonenses, solicita que a administração municipal incentive que o Consórcio Intermunicipal de Saúde – Ciscopoar adquira equipamentos necessários para a realização de cirurgias urológicas a laser, em especial a fragmentação dos cálculos renais e ureterais altos.

O requerimento, aprovado ontem, é de autoria dos vereadores Rafael Heinrich,Pedro Rauber, Gordinho do Suco, Dionir Briesch, Suko, Neco, Paleta e Vanderlei Sauer.

Atualmente, os pacientes com diagnóstico de cálculos renais atendidos pelo SUS na área de atuação do Ciscopar passam por cirurgias mais invasivas, que exigem maiores cuidados e a permanência em internação hospitalar.

Já as cirurgias a laser são menos invasivas, exigindo menores cuidados pós-operatórios e sem necessidade de permanência em internamento hospitalar, pois a liberação do paciente ocorre no mesmo dia da cirurgia.

Um dos autores do pedido, o vereador Rafael Heinrich, fala da necessidade de melhor estrutura para este tipo de cirurgia……

 

Continue Lendo

Geral

Índios fazem manifestação nesta quarta-feira (23) em Guaira

 

Nova manifestação indígena está acontecendo na manhã desta quarta-feira (23) no município de Guaíra.

Cerca de 300 indígenas estão marchando, desde a área de aldeiamento até a sede do Ministério Publico Federal.

Dezenas de policiais, de diversas forças instaladas na fronteira, acompanham a manifestação, que até o momento transcorre de forma pacífica.

Foi apurado com a Policia Federal de Guaíra, que a manifestação é contra o projeto de lei que quer alterar a regulamentação dos processos de demarcação de áreas indígenas.

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.