Conectado com

Geral

Geração de empregos deve crescer 15% nos últimos meses de 2019 no Paraná

A geração de vagas formais através do trabalho temporário deve registrar, no Paraná, um crescimento de 15,3% nos últimos meses deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado.

 O crescimento será mais expressivo do que a média nacional 

Segundo previsão da Associação Brasileira do Trabalho Temporário, serão criadas 36.899 vagas entre setembro e dezembro, ao passo que em 2018 haviam sido 32 mil vagas.

O levantamento da associação, divulgado no final da última semana, mostra ainda que o crescimento paranaense será mais expressivo do que a média nacional.

Em todo o país, a geração de vagas para trabalho temporário deve crescer 13,86%.com a disponibilização de 570 mil vagas diante das 500 mil vagas de 2018.

Esse cenário coloca o Paraná como o segundo estado que mais deve gerar oportunidades de trabalho temporário no país, atrás apenas de São Paulo, com cerca de 366 mil vagas.

Na sequência aparecem ainda Rio de Janeiro, Santa Catarina e Amazonas.

Por outro lado, ontem foi o Dia Internacional da Alfabetização, data instituída pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, no século passado, para incentivar o pleno letramento da população internacional.

Para o Paraná, no entanto, a data não traz motivos para celebração, mas para preocupação, se considerados os dados mais recentes.

Na contramão do que se verifica a nível nacional, o estado viu crescer significativamente entre 2016 e 2018 a taxa de analfabetismo e o contingente de analfabetos dentro da população com idade acima de 15 anos.

É o que revelam dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Educação 2018, divulgada em junho último pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

O Brasil, entre 2016 e 2018, viu o contingente de analfabetos cair em todo o país de 11 milhões e 671 mil para 11 milhões e 253 mil.

O Paraná, por outro lado, registrou aumento na população de analfabetos, que passou de 401.510 para 454.491, acréscimo de 13,47%.

Isso coloca o estado como aquele que mais viu crescer o número de pessoas que não sabem ler ou escrever, seguido por Mato Grosso e Amapá.

Por outro lado, Ceará e São Paulo foram os estados que mais reduziram a população em situação de analfabetismo.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Prefeito de Quatro Pontes retoma atividades e anuncia obras projetadas para 2020.

Continue Lendo

Geral

Schiavinato destaca projeto de biogás que será implantado em Toledo

Continue Lendo

Geral

Ex-prefeito de Mercedes, Vilson Schwantes afirma que não será candidato em 2020

O cenário político segue movimentado no município de Mercedes, com especulações sobre possíveis pré- candidatos a prefeito para o pleito deste ano.

Declarações recentes feitas por lideranças do grupo de situação, davam conta de que o nome do ex-prefeito Vilson Schwantes, estaria sendo cogitado para ser candidato à majoritária pelo atual grupo político.

Contudo, ontem, Vilson postou em sua rede social uma “nota de esclarecimento aos cidadãos mercedenses e a imprensa regional”, negando tais fatos.

Em uma parte da publicação, o ex mandatário municipal foi enfático: “essas informações são falsas e mentirosas”

O ex-prefeito confirma que foi procurado por integrantes do grupo político de situação de Mercedes, que perguntaram sobre seu interesse em ser candidato a majoritária no pleito eleitoral de 2020.

Em nota, Vilson disse que respondeu ao grupo de situação que não têm interesse, inclusive destacando os motivos pelos quais não colocaria seu nome a disposição pelo atual grupo.

Ele complementou ainda, dizendo que “com a chefe do executivo municipal, nos últimos anos, nunca teve troca de mensagens ou diálogo sobre questões relacionadas ao pleito eleitoral que se aproxima, muito menos esta pediu autorização para usar o seu nome em pesquisas e divulgações, visando especulações políticas.

O ex-prefeito Vilson Schwantes deixa claro em sua nota de esclarecimento que “a alternância no poder é salutar, interessante e necessária”, e que não voltará a disputar nenhum cargo na majoritária no municipal em Mercedes.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.