Conectado com

Geral

Ginásio de Toledo já abriga 12 moradores de rua durante a pandemia do novo Coronavírus

Em meio a pandemia mundial causada pela disseminação do novo Coronavírus (Covid-19), muitas pessoas que não trabalham nos serviços considerados essenciais estão enfrentando esse período em quarentena em suas residências. Algumas dessas pessoas estão trabalhando de casa no sistema de home office. No entanto isso gerou em debate, quanto a situação dos moradores de rua, que encontram-se expostos ao vírus.
Em Toledo foi encontrada uma solução para tentar minimizar esse problema e buscar amparar essas pessoas nesse momento de crise. A prefeitura de Toledo, por meio da Secretaria de Assistência Social colocou os alojamentos do Ginásio de Esportes Aldanir Ângelo Rossoni, no Jardim Coopagro como abrigo para as pessoas em situação de rua por tempo indeterminado. O local foi liberado para abrigar os moradores de rua no dia 26 de março e no momento já acolhe 12 pessoas.
A secretária de Assistência Social, Marisa Cardoso, informou que o local está preparado para receber até 23 pessoas. “Nós estamos nos preparando para atender às 22 pessoas em situação de rua que temos em nossos cadastros, mas isso não impede que façamos a organização do espaço no caso de precisarmos atender um número maior. No momento 12 pessoas estão no local recebendo toda a assistência necessária nesse momento tão complicado”.
No local as pessoas em situação de rua recebem um kit higiene, com sabonetes, escova de dentes, pasta de dentes, toalhas de banho, toalhas de rosto, além de ter acesso a álcool em gel e banho no local, assim como alimentação, que engloba café da manhã, almoço e jantar. O espaço é controlado por equipes da Guarda Municipal, que mantém a segurança do ambiente. Equipes da Secretaria de Assistência Social também dão suporte para as pessoas em situação de rua que optarem por dormir no local.
Marisa Cardoso, explica que os moradores poderão frequentar o local durante o dia e terão toda a assistência necessária. “Nós já tivemos essa experiência no último inverno e foi uma saída muito boa para esse público. Dessa vez o acolhimento será permanente e as pessoas poderão ficar no local durante o dia, onde receberão toda a assistência, desde utensílios de higiene e alimentação, segurança e orientações”, esclareceu a secretária.
Essa ação não é novidade, uma vez que foi realizada durante os dias mais severos do inverno de 2019. Na ocasião as pessoas em situação de rua também foram recebidas para pernoitar nos alojamentos do Ginásio de Esportes Aldanir Ângelo Rossoni. A única diferença é que na época o local estava liberado somente para o pernoite.
Marisa Cardoso também lembra que no local as pessoas em situação de rua receberão todos os cuidados e orientações quanto ao perigo sobre a propagação do novo Coronavírus. “Eles receberão todas as orientações pertinentes a respeito do vírus e ficarão alojados conforme a distância segura repassada pelos órgãos de saúde. Caso algum dos moradores apresente qualquer um dos sintomas do novo Coronavírus, o mesmo será isolado e receberá o atendimento e orientação, conforme o necessário”, enalteceu.
As orientações sobre o novo Coronavírus e os cuidados com a higiene pessoal são repassados por profissionais ligados a Secretaria Municipal de Saúde. Caso um dos novos alojados tenha passado por uma cidade em situação de risco ou que já tenha algum caso confirmado do Covid-19, essa pessoa ficará em um espaço separado em uma espécie de quarentena. A mesma coisa vale se qualquer um dos abrigados tiver algum dos sintomas da doença.
“Nós estamos tomando todos os cuidados necessários para que as pessoas sejam bem atendidas e recebam as devidas orientações, assim como estamos adotando as medidas necessárias para que o vírus não atinja nenhuma dessas pessoas em situação de rua”, destacou a secretária.
Por fim, Marisa recorda que as pessoas em situação de rua deverão ser cadastradas, orientadas e encaminhadas pelo Serviço de Abordagem Social (CREAS II), e não poderão ficar saindo do alojamento. A ideia de não liberar os moradores para saírem durante o dia, visa dirimir as chances de contato com o vírus.
O local conta com 23 dormitórios, que ficarão disponíveis para as pessoas em situação de rua durante tempo indeterminado até que perdure o atual cenário enfrentado em decorrência da pandemia provocada pelo novo Coronavírus. Outras medidas poderão ser adotadas conforme o avanço da situação.
Fonte: Toledo News
Continue Lendo
Publicidade

Geral

Governo do estado autoriza licitações de van para o esporte e de arena para o bairro Boa Vista em Marechal Rondon

Investimento é de mais de R$ 1 milhão

Em ato realizado na sala de reuniões do gabinete, na prefeitura de Marechal Cândido Rondon, na tarde desta sexta-feira, dia 12, aconteceu as assinaturas de duas autorizações por parte do governo do estado para o município de Marechal Cândido Rondon promover importantes licitações. Uma delas refere-se à aquisição de um veículo tipo van para ser utilizada pela Secretaria de Esporte e Lazer, no valor de R$ 465.366,67, sendo R$ 300 mil oriundos do governo do estado, através do deputado estadual Hussein Bakri, e o restante contrapartida do município. A outra, trata da licitação no valor de R$ 619.064,36 para a execução de uma arena “Meu Campinho”, para o bairro Boa Vista.
Estiveram presentes o prefeito Marcio Rauber, deputado estadual Hussein Bakri, Secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, vice-prefeito Ilário Hofstaetter (o Ila), Secretário Municipal de Esporte e Lazer, Diogo Schneider, demais secretários, vereadores Adriano Backes, Vanderlei Sauer, Gordinho do Suco e Claudinho Kohler, colaboradores da secretaria de esporte, demais autoridades, convidados e representantes da imprensa regional.
Na oportunidade, o prefeito Marcio Rauber enumerou algumas das obras viabilizadas por Bakri e Sandro Alex ao município. Bakri aproveitou para mencionar outros projetos que estão em andamento e que deverão se tornar realidade muito em breve em Marechal Cândido Rondon. “Agradecemos muito ao deputado Hussein Bakri e ao secretário Sandro Alex. São verdadeiros parceiros do município em muitos projetos. Gratidão, também, ao governo do estado”, ressaltou Marcio Rauber.
Pode ser uma imagem de 8 pessoas
Pode ser uma imagem de 11 pessoas e pessoas estudando
Pode ser uma imagem de 8 pessoas e texto
Pode ser uma imagem de 4 pessoas
Pode ser uma imagem de 10 pessoas e pessoas estudando
Pode ser uma imagem de 16 pessoas, pessoas estudando e mesa
Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Geral

Escola Presidente Costa e Silva sedia aula inaugural do Proerd em 2024

Alunos do 5º ano da Escola Municipal Presidente Costa e Silva, de Margarida, assistiram na manhã desta sexta-feira (12), à aula inaugural do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência). Trata-se do início dos trabalhos no ano de 2024 em Marechal Cândido Rondon.

O município mantém um convênio com a Polícia Militar. Com isso, um policial instrutor Proerd transmite o conhecimento aos estudantes. A prefeitura atua em todas as fases do projeto, abrangendo organização, compra de livros, camisetas, organização da formatura, entre outros.

Estiveram presentes à aula inaugural o presidente da Câmara Municipal, vereador Soldado Sauer, a diretora da Escola Municipal Presidente Costa e Silva, Elisangela Röding, e equipe, a responsável pelo Proerd na Secretaria de Educação, Carmen Gevarovsky, e a policial militar Joselaine de Oliveira.

Pode ser uma imagem de 10 pessoas e pessoas estudando

Pode ser uma imagem de 5 pessoas, pessoas estudando e texto

Pode ser uma imagem de 14 pessoas, pessoas estudando, brinquedo para crianças e texto

Fonte: Assessoria

Continue Lendo

Geral

Presidente do Sindicato Rural pede ampliação das renegociações de dívidas

O presidente do Núcleo dos Sindicatos do Oeste do Paraná e do Sindicato Rural de Marechal Cândido Rondon, Edio Chapla, entregou nesta quinta-feira, dia 11, um ofício ao presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado federal Pedro Lupion.

O ato aconteceu pouco antes do início da sessão itinerante que a FPA realizou na Expo Londrina, no Norte do Estado, e busca ampliação das renegociações das dívidas rurais.

Atualmente, conforme a medida governamental, no Paraná somente podem obter esta renegociação produtores de soja, milho e da pecuária leiteira, o que é insignificante se comparada a crise que o agro enfrenta.

Por esse motivo, o rondonense Edio Chapla quer apoio da Frente Parlamentar da Agropecuária para que outras atividades agropecuárias impactadas pela crise também sejam contempladas..

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.