Conectado com

Política

Gleisi deve ser reeleita para presidência nacional do PT

Agência Senado

A deputada federal paranaense Gleisi Hoffmann deve ser reconduzida à presidência nacional do PT, após a corrente majoritária da sigla, Construindo um Novo Brasil (CNB), vencer as eleições internas da legenda, com um discurso em defesa de uma grande frente democrática, inclusive com setores do centro, para enfrentar o governo Jair Bolsonaro. Com 87% dos votos apurados até a noite de quarta-feira, a CNB tinha 52% dos votos contra 13% da segunda colocada, a chapa composta pelas correntes Democracia Socialista (DS) e Militância Socialista.

Os principais adversários de Gleisi, por enquanto, são dois colegas de bancada na Câmara: Paulo Pimenta (RS) e Paulo Teixeira (PT-SP). Os dois integram a chapa Resistência Socialista, corrente nova surgida a partir dos mandatos parlamentares e que estava em terceiro lugar, com 10% dos votos apurados até a noite de quarta-feira. O professor de história Valter Pomar, da Articulação de Esquerda, que teve 5%, também deve concorrer.

Unidade – O discurso de unidade defendido pela CNB, no entanto, esbarra na prioridade que a libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ganhou durante o processo eleitoral do partido. Cerca de três mil das aproximadamente cinco mil chapas inscritas em todo o Brasil tinham “Lula Livre” no nome, inclusive quatro das nove nacionais. A tese vencedora “Lula livre para mudar o Brasil” usa as mensagens entre integrantes da Lava Jato reveladas pelo The Intercept Brasil para argumentar que a operação tinha como objetivo criminalizar o PT, derrubar a ex-presidente Dilma Rousseff e tirar Lula do jogo eleitoral.

“Já não se trata de provar mais nada. A condenação fraudulenta de Lula tornou-se evidente. Cabe aos tribunais superiores reconhecerem a sua inocência e libertá-lo”, diz a tese.

Segundo dirigentes petistas, o PED deixou claro que a defesa do “Lula Livre” é unanimidade hoje no partido. “É um ponto de unidade no PT. Ninguém no partido defende nada diferente disso”, afirmou o líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS).

Sectarismo
A insistência em colocar o “Lula Livre” na pauta de manifestações e eventos realizados em conjunto com outras forças políticas tem, algumas vezes, sido um obstáculo para que o PT participe de articulações para unificar a centro-esquerda como frente de oposição ao governo Bolsonaro.

Duas semanas atrás, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad e o ex-ministro Aloizio Mercadante, deixaram de ir ao ato de lançamento da frente ampla Direitos Já, no Teatro da Universidade Católica de São Paulo (Tuca) por que os organizadores se recusaram a incluir o “Lula Livre” na pauta do evento. A reação foi uma saraivada de críticas de outros setores da centro-esquerda que, nas redes sociais, acusaram o PT de sectarismo.

 

Fonte: Bem Paraná com agências
Continue Lendo
Publicidade

Política

Vereador Ronaldo Pohl encontra-se com senadores paranaenses Alvaro Dias e Oriovisto Guimarães

Na noite de sexta-feira (08), durante o evento Prêmio Amop de Jornalismo, realizado em Cascavel, o vereador rondonense Ronaldo Pohl encontrou-se com os senadores do Paraná, Alvaro Dias e Oriovisto Guimarães.

Na oportunidade, Pohl entregou aos senadores ofícios – assinados por ele e pelo vereador Claudio Kohler (Claudinho), com pautas de interesse de Marechal Cândido Rondon.

Um dos documentos é para que Alvaro Dias e Oriovisto Guimarães apoiem a instalação de uma extensão da UTFPR no município. Conforme os vereadores, a função social que virásomada à pesquisa e extensão é de extrema importância para o desenvolvimento humano, social e econômico de Marechal Cândido Rondon e das cidades vizinhas.

“Sobretudo se tivermos a honra de termos, nesse novo campus o curso de Medicina, um possível Hospital Universitário no nosso Hospital Municipal”, afirmam Pohl e Claudinho.

Outro ofício é para que os senadores sejam contrários à pretensão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de taxar a geração de energia solar e demais formas de energias renováveis.

O assunto já foi discutido na Câmara de Marechal Cândido Rondon, sendo repudiado por todos os vereadores.

“Entendemos que isso é um ultraje. Há vários movimentos nas unidades da federação e nos municípios para criar incentivos aos cidadãos que optam por um sistema de energia sustentável, justamente por esta questão ser uma demanda nacional e global. Entendemos que essa modalidade deve ser incentivada, e não taxada pela Aneel”, explicam Claudinho e Pohl.

Os senadores demonstraram sensibilidade às propostas e que irão apresentar as demandas aos setores responsáveis em Brasília.

Continue Lendo

Geral

Hussein Bakri libera recursos para a compra de VANs para transportar pacientes rondonenses

O prefeito Marcio Rauber assinou hoje, 11, em Curitiba, a liberação de mais recursos para serem invertidos na área da saúde.

O novo montante foi liberado pelo deputado estadual Hussein Bakri, PSD, que garantiu convênio de 350 mil reais para a compra de duas VANs para transporte de pacientes.

O prefeito Marcio lembra que no começo do mês houve a liberação de 300 mil reais pelo deputado Marcel Micheletto também para a área da saúde, e agora o novo convênio de 350 mil reais é através de esforços do deputado Hussein Bakri……Ouça Áudio…

Continue Lendo

Geral

Deputado Hussein Bakri libera mais recursos para o município de Mercedes

Autoridades do município de Mercedes assinaram nesta segunda-feira, 11, em Curitiba, convênio autorizando a liberação de mais 100 mil reais para a área da saúde.

Diante da necessidade de mais investimentos para melhorar o atendimento à população de Mercedes – no segmento da saúde, o vice-prefeito Edson Schug e a vereadora Camila Weber, gestionaram junto ao deputado Hussein Bakri, PSD, a liberação de novos recursos financeiros.

Edson e Camila foram convocados pelo deputado para estar hoje em Curitiba, onde juntos com a prefeita Cleci Loffi e com o chefe da Casa Civil, Guto Silva, assinaram convênio garantindo a liberação de 100 mil reais, para a compra de equipamentos para a Unidade Básica de Saúde de Mercedes, com destaque para atendimentos de urgência e emergência.

O vice prefeito Edson Schug reitera seu compromisso com a população de Mercedes, lembrando que vários recursos solicitados por ele ainda serão liberados até o final de 2020……….. Ouça Áudio……….

 

O vice-prefeito Edson Schug e a vereadora Camila aproveitaram a viagem a Curitiba e visitaram demais secretarias e órgãos estaduais, bem como gabinetes de deputados que representam a região, na busca de mais recursos para Mercedes: em breve mais novidades surgirão quanto liberação de mais verbas para Mercedes.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.