Conectado com

Política

Governo inicia estudos para implantar pedágio em mais 1.600 km de rodovias

Pedágio: Paraná terá novos pedágios na PR-092 (Norte Pioneiro), PR-323 (Noroeste) e PR-280 (Sudoeste) e em trechos das Brs 163, 153 e 476 (Foto: AEN/Pr/divulgação)

Representantes do governo do Estado e da União assinaram hoje a ordem de serviço para iniciar os estudos para definir o modelo do novo programa de concessões de rodovias que cortam o Paraná. Ao todo serão licitados pelo governo federal 4,1 mil quilômetros de estradas estauais e federais até 2021, quando terminam os atuais contratos de concessão.

O novo programa de concessões incorpora ao conjunto de rodovias que formam os 2.500 quilômetros do Anel de Integração mais três estradas estaduais: PR-092 (Norte Pioneiro), PR-323 (Noroeste) e PR-280 (Sudoeste). O futuro leilão também deve abranger os trechos paranaenses das Brs 163, 153 e 476. Com isso, o Estado terá mais 1.600 quilômetros de rodovias pedagiadas, além das estradas onde já existe a cobrança.

Segundo o governo do Estado, a expectativa é que este estudo, que vai indicar a modelagem para o contrato de concessão, fique pronto num prazo de nove meses. A autorização para início dos estudos foi assinada pelo secretário da Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex, e por representantes do Ministério da Infraestrutura e da empresa contratada para execução do serviço.

“Não queremos a repetição do modelo que não deu certo no Paraná. Por isso estamos junto com o governo federal e temos a certeza que vamos fazer o melhor e mais transparente modelo de concessões”, afirmou o secretário. “Nesta nova modelagem teremos mais obras e uma menor tarifa para o usuário, ponto que é a maior cobrança do governador Ratinho Júnior”, explicou. “Possivelmente será o maior lote de concessões do Brasil”, avaliou.

“O motorista paranaense pode esperar, principalmente, muito investimento e uma rodovia muito melhor, com uma tarifa menor”, disse Roger Silva Pegâs, diretor de Transporte Rodoviário da Secretaria Nacional de Transportes Terrestres. Segundo ele, a redução na tarifa decorrerá da retirada de uma série de disfunções que aconteceram nestes contratos antigos, de 1997.

“Hoje a gente trabalha com modelagem mais moderna, melhores análises e nossa expectativa é de tarifas com valores menores do que os praticados no Paraná, já que alguns deles são os maiores do país”, disse Pegâs. “Entendemos que o sistema vai funcionar de uma forma melhor, mais integrada, ligando por exemplo a região Oeste e Norte do Paraná, assim como com outros Estados, no caso Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e São Paulo”, acrescentou.

Viabilidade – Arthur Lima, diretor-presidente da Empresa de Planejamento e Logística S.A (EPL), responsável por realizar estudos de viabilidade para a concessão à iniciativa privada, acredita que além da redução da tarifa do pedágio haverá também em queda do número de acidentes e mortes.

“O governo federal investiu R$ 60 milhões neste projeto e acredita fortemente que haverá redução de mortes e acidentes nas rodovias e uma tarifa menor, além de maior qualidade maior no nível de serviço da rodovia”, afirmou. “Trabalhamos com prazo de nove meses para concluir os estudos”, completou.

Para o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), Fernando Furiatti, após o processo de concessão o Estado será destaque na qualidade das rodovias. “A gente vem ao longo dos anos sendo atendido por um modelo antigo e caro. Esta nova modelagem trará inovação, com uma qualidade de rodovia muito superior ao restante do Brasil e com uma tarifa justa, o que hoje nós não temos no Paraná”, explicou Furiatti.

 

Fonte:  Bem Paraná com AEN
Continue Lendo
Publicidade

Política

Vereador Ronaldo Pohl encontra-se com senadores paranaenses Alvaro Dias e Oriovisto Guimarães

Na noite de sexta-feira (08), durante o evento Prêmio Amop de Jornalismo, realizado em Cascavel, o vereador rondonense Ronaldo Pohl encontrou-se com os senadores do Paraná, Alvaro Dias e Oriovisto Guimarães.

Na oportunidade, Pohl entregou aos senadores ofícios – assinados por ele e pelo vereador Claudio Kohler (Claudinho), com pautas de interesse de Marechal Cândido Rondon.

Um dos documentos é para que Alvaro Dias e Oriovisto Guimarães apoiem a instalação de uma extensão da UTFPR no município. Conforme os vereadores, a função social que virásomada à pesquisa e extensão é de extrema importância para o desenvolvimento humano, social e econômico de Marechal Cândido Rondon e das cidades vizinhas.

“Sobretudo se tivermos a honra de termos, nesse novo campus o curso de Medicina, um possível Hospital Universitário no nosso Hospital Municipal”, afirmam Pohl e Claudinho.

Outro ofício é para que os senadores sejam contrários à pretensão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de taxar a geração de energia solar e demais formas de energias renováveis.

O assunto já foi discutido na Câmara de Marechal Cândido Rondon, sendo repudiado por todos os vereadores.

“Entendemos que isso é um ultraje. Há vários movimentos nas unidades da federação e nos municípios para criar incentivos aos cidadãos que optam por um sistema de energia sustentável, justamente por esta questão ser uma demanda nacional e global. Entendemos que essa modalidade deve ser incentivada, e não taxada pela Aneel”, explicam Claudinho e Pohl.

Os senadores demonstraram sensibilidade às propostas e que irão apresentar as demandas aos setores responsáveis em Brasília.

Continue Lendo

Geral

Hussein Bakri libera recursos para a compra de VANs para transportar pacientes rondonenses

O prefeito Marcio Rauber assinou hoje, 11, em Curitiba, a liberação de mais recursos para serem invertidos na área da saúde.

O novo montante foi liberado pelo deputado estadual Hussein Bakri, PSD, que garantiu convênio de 350 mil reais para a compra de duas VANs para transporte de pacientes.

O prefeito Marcio lembra que no começo do mês houve a liberação de 300 mil reais pelo deputado Marcel Micheletto também para a área da saúde, e agora o novo convênio de 350 mil reais é através de esforços do deputado Hussein Bakri……Ouça Áudio…

Continue Lendo

Geral

Deputado Hussein Bakri libera mais recursos para o município de Mercedes

Autoridades do município de Mercedes assinaram nesta segunda-feira, 11, em Curitiba, convênio autorizando a liberação de mais 100 mil reais para a área da saúde.

Diante da necessidade de mais investimentos para melhorar o atendimento à população de Mercedes – no segmento da saúde, o vice-prefeito Edson Schug e a vereadora Camila Weber, gestionaram junto ao deputado Hussein Bakri, PSD, a liberação de novos recursos financeiros.

Edson e Camila foram convocados pelo deputado para estar hoje em Curitiba, onde juntos com a prefeita Cleci Loffi e com o chefe da Casa Civil, Guto Silva, assinaram convênio garantindo a liberação de 100 mil reais, para a compra de equipamentos para a Unidade Básica de Saúde de Mercedes, com destaque para atendimentos de urgência e emergência.

O vice prefeito Edson Schug reitera seu compromisso com a população de Mercedes, lembrando que vários recursos solicitados por ele ainda serão liberados até o final de 2020……….. Ouça Áudio……….

 

O vice-prefeito Edson Schug e a vereadora Camila aproveitaram a viagem a Curitiba e visitaram demais secretarias e órgãos estaduais, bem como gabinetes de deputados que representam a região, na busca de mais recursos para Mercedes: em breve mais novidades surgirão quanto liberação de mais verbas para Mercedes.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.