Conectado com

Geral

Governo prorroga por mais 10 dias medidas restritivas para combate à Covid-19

O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou decreto que prorroga por mais dez dias as medidas restritivas e de distanciamento social para evitar a propagação do novo coronavírus e conter o aumento das infecções no Paraná. O texto é o mesmo da normativa 6294/2020, que terminaria nesta sexta-feira (18). Assim, a nova peça jurídica começa a valer no sábado (19) e se estenderá até 28 de dezembro, podendo ser prorrogado ou não.

O documento de número 6555/2020 estabelece, entre outras regras, a proibição de confraternizações e eventos presenciais que causem aglomerações com grupos de mais de 10 pessoas, excluídas da contagem crianças de até 14 anos. A exceção são ações sem contato físico, incluindo o modelo drive in. Ou seja, reforça o pedido para que as pessoas passem as celebrações de Natal dentro de seus núcleos familiares, evitando aglomerações.

“É um momento especial, em que precisamos da colaboração de todos para controlar a circulação do vírus. O pedido segue para que as pessoas reforcem os cuidados contra a doença, com máscaras, álcool gel, higiene pessoal e, claro, distanciamento social”, afirmou Ratinho Junior.

A peça jurídica estende também a proibição da comercialização e do consumo em vias e espaços públicos de bebidas alcoólicas das 23 horas às 5 horas. A decisão acompanha o impedimento provisório na circulação de pessoas no mesmo período, medida em vigor no Estado desde a quarta-feira (02).

Apenas serviços considerados essenciais, regidos pelo decreto estadual 4.317/20, como saúde, segurança pública, limpeza pública, produção, distribuição e comercialização de alimentos, ficam liberados da restrição de circulação. As medidas restritivas foram elaboradas em conjunto com as 29 cidades que formam a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec).

“Essas medidas são fundamentais. É claro que o vírus não tem horário, mas cerca de 15% dos nossos leitos de UTI são usados em decorrência de traumas. Em muitos casos por pessoas que bebem, pegam o carro e acabam se acidentando. Isso libera leitos para combater o coronavírus, para dar assistência a quem está contaminado”, ressaltou o governador.

CELEBRAÇÕES – O decreto recupera medidas de duas resoluções da Secretaria de Estado da Saúde. A 734/2020 que autoriza a celebração de cultos religiosos desde que o espaço destinado ao público tenha ocupação máxima de 30%, garantido o afastamento mínimo de 2 metros entre as pessoas.

A medida começou a valer na segunda-feira (07) para dar tempo de as igrejas se organizarem. O texto recomenda que a população realize atos religiosos em casa, de forma individual ou em família.

Outra ação é a retomada da resolução 632/2020, que trata do teletrabalho. O decreto estabelece que esse formato seja adotado para as funções que forem compatíveis no âmbito da administração estadual. As exceções são as secretarias da Saúde, Segurança Pública e Fazenda. Há ainda a orientação para que os demais Poderes, assim como municípios e entes privados acompanhem o regramento.

As novas resoluções da Saúde que estão em vigor são as de número 1433/2020 e 1434/2020.

BOLETIM – O Paraná atingiu um novo recorde de mortes em decorrência da Covid-19 nesta quarta-feira (16). Boletim epidemiológico revelou mais 2.845 diagnósticos da doença e 199 óbitos. O boletim registra também 17.322 casos retroativos do período entre 1º de abril a 14 de dezembro. Destes, 14.227 são de Curitiba contabilizados devido à integração entre o sistema municipal e o sistema próprio do Estado (Notifica Covid-19), que ainda está em andamento. Estes casos já foram divulgados no boletim da Secretaria Municipal de Curitiba.

Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 356.992 casos e 7.057 mortes em decorrência da doença.

INTERNADOS – Nesta quarta-feira (16) são 1.280 pacientes internados com diagnóstico confirmado de Covid-19. Destes, 1.079 ocupam leitos SUS (524 UTI e 555 clínicos/enfermaria) e 201 em da rede particular (80 UTI e 121 clínicos/enfermaria).

Há outros 1.473 pacientes internados, 540 em leitos UTI e 933 em enfermaria que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI adulto exclusivos para pacientes suspeitos ou contaminados pela doença no Estado está em 86% e de enfermaria em 63%. Das 1.127 vagas, 974 estão ocupadas.

Acesse AQUI o decreto     6555/2020

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Geral

PM apreende veículo furtado carregado com cigarros contrabandeados em Pato Bragado

Condutor fugiu para uma plantação de soja e não foi localizado

Policia Militar

Em Pato bragado, na sexta-feira à noite (15), a PM recebeu uma denúncia anônima relatando que um veículo tinha acabado de ser abandonado em determinada região do município.

No local se encontrava um veículo Toyota  Corolla, sendo que os militares fizeram contato com diversas pessoas da sociedade na tentativa de localizar a proprietária, até que uma pessoa desconhecida retornou para equipe relatando que a filha da proprietária estaria indo ao local.

A mulher contou que o veículo estava com seu namorado e que este abandonou o carro pois havia discutido com um amigo.

Diante dos fatos, o veículo foi liberado para a responsável.

Em ato contínuo, no momento em que a equipe militar deixava o local, um veículo Fiat Doblo trafegava pela rua Tancredo Neves, em Pato Bragado, sendo que o condutor parou imediatamente ao avistar a viatura policial, abandonou o carro e correu para uma plantação de soja.

Foi realizada abordagem ao veículo, não havendo mais ninguém no seu interior, somente cigarros de origem paraguaia,  totalizando 37 caixas.

A PM realizou buscas ao condutor, porém sem êxito.

De posse do veículo, a equipe deslocou até a 2° cia para confeccionar o boletim, sendo realizada consulta no chassi do veículo, o qual apresenta indicativo de furto.

Diante dos fatos, o veículo e as caixas de cigarros foram encaminhados a Receita Federal na cidade de Guaíra.

Continue Lendo

Geral

PM vai atender ocorrência de violência doméstica e acaba prendendo traficante

Mulher que foi agredida revelou que homem trafica maconha: policia apreendeu quase um quilo da droga

Neste sábado (16) a Policia Militar de Marechal Cândido Rondon foi acionada para registrar uma ocorrência de violência doméstica.

Na chegada, uma senhora veio correndo ao encontro da equipe policial chorando, dizendo que havia sido agredida e que queria que a policia prendesse o autor, que havia dado chutes e socos em sua cabeça e corpo.

Nesse momento, foi abordado o senhor que apresentava muito nervosismo dizendo que resolveriam por ali o problema, sem a necessidade da polícia.

O homem foi orientado a acalmar-se enquanto a equipe policial estava conversando com a vítima, e então ele tentou ingressar na casa, quando a senhora informou que havia ilícitos na residência.

O autor tentou correr e foi contido pela equipe policial tendo que se fazer uso seletivo de força de imobilização, conhecido como “gravata”, pois verbalização e tentativa de imobilização pelos braços não foram possíveis.

O homem teve que ser algemado de acordo com a súmula vinculante do STF nº 11 para resguardar a integridade física da equipe e do próprio detido.

Na varanda da casa tinham alguns pertences dele, uma mochila e uma mala com roupas.

Realizadas buscas no pertences, foram encontrados dois volumes de substancia análoga a maconha: um “tablete” pensando 880 gramas e um pedaço menor pensando 130 gramas com marcas de corte a faca.

Foi então dado a voz de prisão ao senhor.

Durante a prisão, a central da PM fez contato com a equipe policial informando ter recebido denúncia anônima de que o mesmo trafica no local, que muitas pessoas vão durante a noite e compram maconha em pedaços pequenos.

Anda durante a abordagem, a senhora confirmou à PM que ele realmente vende maconha na residência e que comete os ilícitos em frente a sua filha, uma menina de 05 anos.

O autor foi preso e encaminhado a Delegacia de Policia Civil de Marechal Rondon.

Continue Lendo

Geral

Arrastão no Ana Paula é adiado devido à chuva em Marechal Rondon

Arrastão foi remarcado para o próximo sábado, 23.

Conforme vinha sendo anunciado durante a semana, de que caso chovesse neste sábado, dia 16, o arrastão contra a dengue marcado para ser realizado no Bairro Ana Paula, seria adiado.
Desta forma, no início da manhã, a Secretária de Saúde, Marciane Specht, em acordo com os demais envolvidos na ação, decidiu pelo adiamento para o próximo sábado, 23.
Ao longo da semana serão definidos e anunciados os detalhes para as atividades.
Segue comunicado da secretária:
Bom dia!
Em conversa com a equipe da dengue, que tem todo o conhecimento diário da situação de recolha de materiais, e com as demais secretaria envolvidas, chegou-se ao consenso de que não temos condições de realizar a ação de arrastão hoje. Portanto, fica cancelado.
Assim, remarcaremos o arrastão para o próximo sábado, na mesma região.
Agradeço a todos pela disponibilidade deste final de semana.
Marciane Specht
Secretária de Saúde
Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.