Conectado com

Policial / Trânsito

Identificadas vítimas de acidente com incêndio na BR-163 no MS; Duas vítimas são de Cascavel

Foto: Reprodução

Foram identificadas as três vítimas fatais do gravíssimo acidente registrado na BR-163, trecho que ligas as cidades de Mundo Novo e Eldorado, no Mato Grosso do Sul.

Duas das vítimas eram moradoras de Cascavel, no Paraná, enquanto que a outra era natural de Santa Catarina.

O acidente aconteceu no km 37 (o km zero é na Ponte Ayrton Senna), local conhecido como “baixada do matadouro”. A batida frontal envolveu uma carreta bitrem e um caminhão baú.

Com o impacto da colisão, o caminhão baú teve a cabine arrancada e, na sequência, se incendiou, assim como o bitrem.

Segundo a PRF, um dos veículos teria invadido a pista contrário, ocasionado a colisão.

No caminhão baú estavam Marcos Antônio Raini e Diego Silva de Oliveira, ambos moradores de Cascavel. Diego era ex-condutor do CONSAMU, que publicou uma nota de pesar do falecimento da vítima.

O bitrem era conduzido por Ricardo Geller, natural de Santa Catarina. Ricardo e Marcos morreram carbonizados, enquanto que Diego morreu ao ser ejetado do caminhão.
O Corpo de Bombeiros esteve no local, além da PRF e uma funerária, que encaminhou os corpos ao IML de Naviraí.
Fonte: Ponto da Notícia
Continue Lendo
Publicidade

Policial / Trânsito

Carga de agrotóxicos que saiu de Mercedes é apreendida em Cascavel

Foto: Portal Nova Santa Rosa

Policiais militares da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) de Toledo, abordaram um veículo abarrotado de contrabando de agrotóxicos na madrugada desta quinta-feira (20) na rodovia PRc-163. O defensivo químico estavam em um veículo Volkswagen Passat conduzido por um jovem de 24 anos.

A abordagem ao automóvel aconteceu no distrito de Sede Alvorada depois de quilômetros de perseguição pela rodovia.

O condutor não teria acatado à ordem de parada no município de Toledo e empreendeu fuga da equipe policial.
Durante a vistoria, os policiais encontraram o interior do carro recheado com cerca de R$ 600 mil da mercadoria. Dentro do Passat só havia espaço para o motorista e um galão de gasolina estava sendo usado para combustível do carro.

Segundo informou o detido, ele receberia o valor de R$ 1,5 mil para transportar os produtos do município de Mercedes, com destino a cidade de Cascavel.

Dessa forma o veículo, os agrotóxicos e o suspeito foram entregues na Delegacia de Polícia Civil de Cascavel, para que as medidas cabíveis fossem tomadas.

Fonte: Ponto da Notícia com CGN
Continue Lendo

Policial / Trânsito

Briga pelo poder e milhões na conta: veja detalhes de operação contra o tráfico

Diversos membros do grupo disputavam a liderança da organização, sendo um deles um Policial Civil afastado que acabou baleado em Marechal Cândido Rondon, no dia 29 de maio de 2024.

 

 

A segunda fase da Operação Carga Fria, deflagrada nesta quarta-feira (19) em Cascavel e diversas outras cidades, prendeu 10 pessoas, apreendeu 10 carros e um caminhão utilizado para o transporte de drogas. Apenas um alvo da operação ainda não foi localizado, pois está escondido no Paraguai. Os líderes da Polícia Civil e do Gaeco participaram de uma coletiva de imprensa para repassar informações sobre as ações.

De acordo com a delegada da Polícia Civil, Franciela Alberton, em agosto de 2023, as forças policias descobriram que a organização criminosa adquiria as cargas de droga nas cidades próximas ao Lago de Itaipu e que mantinham elas armazenadas em chácaras, localizadas principalmente nas cidades de Cascavel e Toledo. Neste locais, os entorpecentes eram carregados em caminhões frigoríficos com fundo falso e encaminhadas para o Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Sul.

Diversos envolvidos tinham caminhões próprios e vendiam serviços de transporte para cooperativas e outras empresas, sendo que nestes momentos o transporte da droga era feito dentro do fundo falso. Segundo a delegada, as empresas não tinham conhecimento da ação criminosa.

Ainda conforme a delegada, as operações do ano passado causaram um desequilíbrio na facção, pois o líder foi preso em Balneário Camboriú. Assim, diversos membros do grupo disputavam a liderança da organização, sendo um deles um Policial Civil afastado que acabou baleado em Marechal Cândido Rondon, no dia 29 de maio de 2024.

O delegado do Gaeco, Nilmar Manfrin, disse que a organização criminosa era extremamente organizada no aspecto financeiro e que contava com milhares de contas em nomes de pessoas físicas e jurídicas que atuavam como “laranjas”. Um jornalista do Rio de Janeiro foi preso, suspeito de liderar as operações financeiras. Houve resistência e confronto com os policia durante o cumprimento do mandato. Com ele foram apreendidas duas malas cheias de dinheiro e três carros de luxo.

O Promotor do Ministério Público, Sandres Sponholz, considerou essa operação como “uma das mais exitosas” já realizadas. Segundo ele, as ações da operação de hoje vão ajudar a detalhar ainda mais o modus operandi de cada envolvido na organização criminosa, com o objetivo de o MP realizar as denúncias mais detalhadas e buscar a condenação dos criminosos. De acordo com o promotor, os envolvidos podem responder por organização criminosa, tráfico de drogas, lavagem de drogas, homicídio e outros delitos correlacionados.

Imagem da Galeria

Imagem da Galeria

Imagem da Galeria

Imagem da Galeria

Imagem da Galeria

Imagem da Galeria

 

Redação Catve.com

Continue Lendo

Policial / Trânsito

Escort é furtado em Marechal Cândido Rondon

Situação ocorreu na Avenida Rio Grande do Sul

Por volta das 22 horas desta quarta-feira (19) Policiais Militares de Marechal Cândido Rondon foram acionado para atender uma situação de furto de veiculo na Avenida Rio Grande do Sul.

No local o solicitante informou que havia estacionado um Ford Escort , placas DCW-2448, em via pública e momentos antes deu pela falta do veiculo.

O alerta de furto foi repassado as demais autoridades policiais da região, porém até o momento o carro não foi recuperado.

 

Fonte: Boletim PM

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.