Conectado com

Geral

Índice de infestação do mosquito da dengue aumenta em Mal Rondon

Mais de 6 mil casos de dengue confirmados no Paraná e destes, cerca de 2 mil nos últimos 20 dias.

Mais de 20 municípios em estado de epidemia, inclusive, na região oeste.

Em virtude destes números, a Secretaria de Saúde de Marechal Cândido Rondon está tomando algumas medidas preventivas para evitar que Marechal Rondon também tenha um surto da doença.

O ano epidemiológico iniciou em 1º de agosto de 2019 e segue até 31 de julho de 2020.

Desde o início até agora, Marechal Rondon registrou quatro casos de dengue, sendo dois autóctones e dois importados, além de 28 notificações de suspeitas que já foram descartadas.

O que tem preocupado o setor de saúde é o aumento no Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa).

Conforme dados repassados nesta semana pelo secretário interino de Saúde, Rafael Heinrich, e pelo diretor do Setor de Endemias, Sérgio Radke, o levantamento nos meses de novembro e dezembro apontou índice 0,9%.

Já a inspeção realizada em cerca de 2 mil imóveis entre os dias 6 e 10 de janeiro, mostrou dados de 3,2%, ou seja, um aumento considerável.

O clima tem se mostrado favorável para a proliferação, com chuva e calor, porém, vale lembrar que o mosquito só se reproduz se encontrar um local com água parada.

O poder público está fazendo a sua parte e precisa do apoio da população.

Toda a equipe de endemias trabalha diariamente buscando focos. Conforme Sérgio, em casos recorrentes são aplicadas notificações e caso o morador do imóvel não regularize a situação, são aplicadas multas.

Nesta semana, inclusive, um imóvel foi multado com valores pesados, por ser recorrente nos focos.

Sérgio lembra que estão sendo encontradas larvas do mosquito nos locais mais variados, como fontes de água dentro das residências, copos que servem para guardar escovas de dente, tampas de garrafas, copos descartáveis, bebedouros de água para animais de estimação, entre outros.

O diretor do setor de endemias lembra também que um local muito comum e que poucos estão dando atenção, são as calhas nos telhados.

Nestes locais são inúmeros os casos encontrados, por isso pede-se que a população revise estes espaços.

Em três bairros o LIRAa apresentou índices maiores, sendo eles São Lucas, Marechal e São Francisco.

Por isso o setor de saúde programou arrastão nestes locais no sábado, dia 18, quando mais de 40 colaboradores do setor de endemias, além de demais secretarias municipais, colaboradores do SAAE e a Cooperagir (Cooperativa de Agentes Ambientais de Marechal Rondon) estarão fazendo vistorias e recolhendo materiais com o apoio de oito caminhões e quatro retroescavadeiras.

O objetivo é realizar a recolha de entulhos, eletrônicos e eletrodomésticos inservíveis, além de materiais recicláveis em geral, pneus, e outros materiais que possam acumular água e propiciar o aparecimento de focos do mosquito.

Ao mesmo tempo estarão sendo repassadas informações para a população da necessidade de todos se engajarem nesta luta.

O secretário interino de Saúde, Rafael Heinrich, pede que a população destes bairros deposite até sábado os materiais inservíveis que estão dentro das residências na área pública, em frente às casas e lotes, para que as equipes façam a recolha dos materiais, menos galhos….

 

No final da tarde de quarta-feira, uma mensagem circulou nas redes sociais dizendo de que Marechal Rondon estava a caminho de uma epidemia de dengue, em virtude das inúmeras notificações que estariam acontecendo diariamente, com suspeitas de dengue.

Conforme o secretário interino de Saúde, Rafael Heinrich, a informação não procede.

Ele volta a ressaltar de que o apoio da população é muito importante para que isso não aconteça, porém, no momento, os números de casos confirmados e notificações não são alarmantes.

O município, pelo número de habitantes, para ser declarado em situação de epidemia, deveria confirmar mais de 150 casos da doença, enquanto o número atual de confirmações é de apenas quatro.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Professores rondonenses se mobilizam para participar de movimento de greve em Curitiba na segunda (03)

Entenda os motivos da greve

Professores da rede estadual de ensino de Marechal Rondon estão se mobilizando, para integrar a caravana que na segunda-feira (03) fará parte de um grande ato que acontecerá em Curitiba.

O movimento de greve é contra ações do Governo do Estado, que quer entregar as escolas  públicas à iniciativa privada, através do projeto “Parceiros da Escola”.

A presidente do núcleo do sindicato de Toledo, Marilene Alves, fala sobre a situação, comentando desde a aprovação do indicativo de greve até os motivos para a paralisação.

Conforme Marilene, não houve conversa – nem com a comunidade escolar e nem com a população, para privatizar as escolas e o que causou maior desconforto, é o fato da votação acontecer em regime de urgência.

Caravanas estão sendo preparadas na região, inclusive com professores de Marechal Rondon, para irem a Curitiba na segunda-feira, para participar do movimento……….OUÇA ÁUDIO

 

A professora rondonense Cilene Centenaro, fala sobre a organização dos professores e pais, que se somam ao movimento de greve.

Conforme Cilene “a escola não é uma empresa. É uma luta de todos”………..OUÇA ÁUDIO

Continue Lendo

Geral

Delegado Pedro Lucena confirma que homem baleado na BR-163 é policial civil. Outro homem que faleceu era morador da Bahia

A Policia Civil de Marechal Rondon instaurou inquérito para apurar um tiroteio registrado na noite de quarta-feira (29) nas proximidades do Posto Trovão Azul, na BR-163, que terminou com o saldo de uma pessoa morta e outra gravemente ferida.

O ferido foi identificado como sendo um policial civil de Toledo, de 36 anos, o qual está afastado por decisão judicial, pelo crime de trafico de drogas, e atualmente estava na cidade de Araçatuba – São Paulo.

Ele foi socorrido, deu entrada na UPA Marechal e já prestou depoimento à Policia Civil.

O outro baleado que faleceu no local tinha 38 anos, era do Estado da Bahia, e atualmente residia na cidade de Toledo.

O policial civil que sobreviveu contou que os dois participaram de um churrasco no distrito de Dois Irmãos – Toledo, que estariam vindo para Marechal Rondon passear, quando na BR-163, teriam sido surpreendidos pela rajada de tiros.

No Honda Civic que ocupavam, foram identificadas diversas perfurações na lataria, sendo que alguns dos disparos atingiram os ocupantes.

O delegado de policia rondonense, Pedro Lucena, fala sobre as primeiras apurações……….OUÇA ÁUDIO

Continue Lendo

Geral

Quatro Pontes busca a terceira vitória no Troféu Difusora Difusora

Ontem foi a vez de Entre Rios golear Guaíra por 12X0 e chamar a atenção no campeonato

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.