Conectado com

Geral

Jantar de lançamento da 27ª Festa do Leitão a Pururuca de Margarida

Geral

No Paraná, 121 pacientes já se recuperaram da Covid-19

AEN

Dados preliminares da Secretaria de Estado da Saúde mostram que 121 pacientes que contraíram a Covid-19 já estão recuperados no Paraná, um quarto dos 466 casos confirmados no Estado até segunda-feira (06). São 68 pessoas de Curitiba e 53 de outros municípios. Eles testaram positivo para o novo coronavírus, mas não apresentam mais os sintomas da doença.

São considerados recuperados aqueles pacientes que tiveram o diagnóstico confirmado pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) ou por algum outro laboratório credenciado, receberam tratamento adequado aos sintomas e agora já não apresentam os sinais da doença.

A Secretaria da Saúde trabalha com um prazo de pelo menos 14 dias entre o início e o fim dos sintomas para confirmar a recuperação. “Temos um número alto de pessoas recuperadas e uma baixa letalidade em consequência da Covid-19 no Paraná. É um problema grave, mas a maioria das pessoas que tem os sintomas se recupera”, afirma a diretora de Atenção e Vigilância da Secretaria da Saúde, Maria Goretti Lopes.

“As medidas adotadas pelo Governo do Estado, como o isolamento social e o reforço nos equipamentos de saúde, são fundamentais para manter o coronavírus sob controle no Estado”, diz.

O mais recente boletim do coronavírus, divulgado na tarde desta segunda-feira (6) pela Secretaria da Saúde, trazia 466 casos confirmados, 4.867 descartados e 156 em investigação no Paraná, e 14 óbitos.

Foram confirmados casos em 66 municípios. Curitiba é o que tem maior número, com 175 pessoas diagnosticadas, seguida de Londrina, com 48 casos, Cascavel (36), Foz do Iguaçu (25) e Maringá (23).

ACOMPANHAMENTO – Com a confirmação do diagnóstico, os pacientes recebem o acompanhamento das equipes das secretarias municipais e dos coordenadores de Vigilância Epidemiológica das 22 Regionais de Saúde do Paraná.

Além de acompanhar a evolução dos sintomas e os cuidados dos pacientes, inclusive com relação ao isolamento domiciliar, são eles os responsáveis pelo levantamento dos dados. Em Curitiba, a própria prefeitura faz o controle das pessoas recuperadas.

“Em um primeiro momento, o Estado priorizou a organização da coleta de amostras e a rotina de análise e processamento do Lacen para garantir a testagem da população, além da ampliação dos leitos hospitalares”, explica Maria Goretti.

“Agora, com este processo já encaminhado, podemos nos debruçar sobre os dados dos pacientes, fazer o acompanhamento de sua recuperação e ter em mãos as informações atualizadas”, destaca.

Fonte: AEN

Continue Lendo

Geral

Vereador Gordinho do Suco pede moção de repúdio a Copel e solicita reabertura do comércio

Nesse período de pandemia, muitos empresários que estão com suas lojas fechadas, estão se surpreendendo ao receber a fatura da energia elétrica.

Além das tradicionais reclamações do alto valor da fatura cobra pela Copel, alguns rondonenses foram surpreendidos pois mesmo com a empresa fechada, a conta de luz continuou alta e em outros casos, houve até aumento do valor.

O vereador Gordinho do Suco discutiu o assunto na sessão de ontem, da Câmara de Vereadores de Marechal Rondon e solicitou uma moção de repudio a Copel.

Também ontem, Gordinho do Suco defendeu a reabertura do comércio rondonense, destacando que se a situação permanecer, muitos rondonenses sofrerão com a falta de comida e emprego….

 

Continue Lendo

Geral

Caixa lança site e aplicativo para solicitar auxílio emergencial de R$ 600

Reprodução

A Caixa Econômica Federal disponibilizou nesta terça-feira (7) o site e o aplicativo por meio do qual informais, autônomos e MEIs podem solicitar o auxílio emergencial de R$ 600.

O aplicativo deve ser usado pelos trabalhadores que forem Microempreendedores Individuais (MEIs), trabalhadores informais sem registro e contribuintes individuais do INSS. Aqueles que já recebem o Bolsa Família, ou que estão inscritos no Cadastro Único, não precisam se inscrever pelo aplicativo.

O pagamento será feito automaticamente. (Clique aqui para ver como saber se você está no Cadastro Único).

A Caixa também disponibilizou o telefone 111 para tirar dúvidas dos trabalhadores sobre o auxílio emergencial. Não será possível se inscrever pelo telefone, apenas tirar dúvidas.

O benefício será pago a trabalhadores informais, autônomos e MEIs.

Será preciso se enquadrar em uma das condições abaixo:

  • ser titular de pessoa jurídica (Micro Empreendedor Individual, ou MEI);
  • estar inscrito Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal até o último dia dia 20 de março;
  • cumprir o requisito de renda média (renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa, e de até 3 salários mínimos por família) até 20 de março de 2020;
  • ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social.

Além disso, todos os beneficiários deverão:

  • ter mais de 18 anos de idade;
  • ter renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 522,50);
  • ter renda mensal até 3 salários mínimos (R$ 3.135) por família;
  • não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.
  • A mulher que for mãe e chefe de família, e estiver dentro dos demais critérios, poderá receber R$ 1,2 mil (duas cotas) por mês.

Na renda familiar, serão considerados todos os rendimentos obtidos por todos os membros que moram na mesma residência, exceto o dinheiro do Bolsa Família.

Fonte: G1

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.