Conectado com

Policial / Trânsito

Jovem de 19 anos é morto a tiros em frente a mercado no interior de Itaipulândia

Jornal Cidades do Oeste

Djeison Plauth Rufato, de 19 anos, foi morto a tiros na noite de segunda-feira, no interior do município de Itaipulândia.

O autor fugiu após entrar em luta com o irmão da vítima 

O crime, que foi presenciado pelo irmão da vítima, aconteceu em frente a um mercado no distrito de São José do Itavó.

Testemunhas relataram à Polícia Militar que o jovem estava em uma motocicleta em frente ao estabelecimento quando o atirador se aproximou e efetuou diversos disparos.

Pelo menos cinco deles atingiram Djeison, na cabeça e nas costas.

O irmão do rapaz, que estava dentro do mercado, correu para fora e entrou em luta corporal contra o autor do crime, que fugiu do local.

Djeison foi encaminhado por familiares a um hospital de Matelândia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O autor do crime foi reconhecido pelo irmão da vítima, mas até o momento não foi localizado.

A motivação do homicídio ainda é desconhecida e a investigação do caso ficou a cargo da Polícia Civil.

De outra parte, foi encaminhado na noite de ontem ao Instituto Médico Legal de Cascavel o corpo de Ademir Alves Santos, de 46 anos, que foi vítima de acidente de trabalho na parte da tarde na região central da cidade.

O homem fazia o reparo de uma calha em um estabelecimento comercial, na Rua Manoel Ribas, quase esquina com a Avenida Brasil, quando sofreu uma queda de aproximadamente 3 metros.

Ele foi socorrido pelo Siate e levado às pressas ao Hospital Universitário, mas não resistiu.

De acordo com a equipe de socorro, o trabalhador tinha ferimentos na cabeça e também nas costas.

Confirmada a morte, o corpo de Ademir Alves Santos foi encaminhado para necropsia no IML antes de ser liberado aos familiares para os atos fúnebres.

Continue Lendo
Publicidade

Policial / Trânsito

Reviravolta no caso envolvendo empresário rondonense que morreu por disparo de arma de fogo

Tudo indica que ele não teria sido assassinado

As investigações em torno da morte do empresário Juliano Aurélio Marchi, de 33 anos, ganharam novos rumos e o que era para ser assassinato, passou a ser tratado como “disparo acidental”.

O delegado de Policia Civil de Marechal Rondon, Pedro Lucena, ainda não se pronunciou sobre o caso.

O crime ocorreu na quarta-feira (22) em uma chácara na Linha Heidrich, interior do município.

A primeira versão apresentada por um amigo da vítima, foi de que uma motocicleta ocupada por dois homens passou pelo local e um deles teria atirado contra Juliano.

Ferido, ele passou pela UPA Marechal, foi transferido para Toledo, onde no domingo (26) foi confirmada sua morte cerebral.

A família autorizou a doação de órgãos, e o corpo do empresário rondonense será sepultado nesta manhã de terça-feira (28).

Com o andamento das investigações, surgiu uma nova versão para o ocorrido, de que vitima e mais alguns amigos estariam na chácara, quando um deles mostrou uma arma que tinha comprado, momento em que aconteceu um disparo acidental.

Essa nova informação ainda não foi confirmada pelo delegado rondonense Pedro Lucena.

 

Continue Lendo

Policial / Trânsito

Jovem é agredida pelo namorado com pedaço de madeira e vai parar no hospital em Assis

Segundo ela, seu companheiro a atacou com um pedaço de madeira de uma cadeira, causando ferimentos na cabeça, membros superiores, tórax e membro inferior esquerdo.

 

Em Assis Chateaubriand, uma mulher foi agredida pelo próprio companheiro com um pedaço de madeira de uma cadeira. A vítima foi encontrada ferida no Hospital Beneficente Moacir Micheletto, onde o pai a encontrou após receber um pedido de socorro.

O caso veio à tona por volta das 13h, quando a Polícia Militar de Assis Chateaubriand recebeu uma chamada telefônica de uma mulher solicitando ajuda para sua filha. A equipe policial se dirigiu ao hospital, onde a vítima relatou a agressão sofrida.

Segundo ela, seu companheiro a atacou com um pedaço de madeira de uma cadeira, causando ferimentos na cabeça, membros superiores, tórax e membro inferior esquerdo.

A equipe policial, em seguida, se deslocou até o endereço fornecido pela vítima na tentativa de localizar o agressor. Contudo, ao chegarem ao local, a residência estava vazia. A vítima foi orientada sobre seus direitos e um boletim de ocorrência foi redigido e encaminhado à 48ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) para as devidas providências.

 

Fonte: CGN

Continue Lendo

Policial / Trânsito

Grávida acorda em motel com lesões e polícia apura se foi vítima de estupro em Cascavel

Após equipe da UPA identificar sangramento foi levada para o Huop

 

Mulher grávida, de 27 anos, foi encaminhada ao Hospital Universitário do Oeste do Paraná com machucados.

A jovem acordou em um motel na BR 467 em Cascavel, as suspeitas são de que ela foi dopada. Devido a situação que estava foi encaminhada primeiro para a UPA Brasília, ela estava com muitas dores nas regiões íntimas. A equipe ainda identificou sangramento.

Há suspeitas de que ela foi vítima de estupro. A Polícia Civil apura as circunstâncias que levaram a mulher ficar dessa forma. Quem tiver denúncias deve repassar para a Polícia Civil no 197.

A Polícia Civil ainda não se posicionou com atualizações sobre o caso.

 

Fonte: Catve

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.