Conectado com

Geral

Justiça arquiva ações contra o prefeito de Toledo

A ação de improbidade administrativa contra o prefeito de Toledo, Lúcio de Marchi, foi julgado improcedente e arquivado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná.

 Ele era acusado de promoção pessoal ilegal 

A ação, proposta pela 4ª Promotoria de Justiça de Toledo, destaca que em quatro ocasiões, no início de 2018, o prefeito teria promovido propaganda pessoal e também em favor de outros políticos do grupo, transformando atos burocráticos de rotina, como assinaturas de ordens de serviços ou de abertura de licitações, em “cerimônias oficiais”, com grande divulgação na imprensa.

O processo foi julgado em segunda instância, onde o TJ considerou que não houve a prática de improbidade administrativa e que todos os atos “tiveram intuito de informar a população local acerca de obras de melhoria e não, necessariamente, de exaltar a gestão do alcaide”.

Sobre a decisão do arquivamento do processo, o Ministério Público do Paraná, 4ª Promotoria de Justiça da Comarca de Toledo, emitiu a nota afirmando que respeita a decisão do Poder Judiciário e que vai continuar cumprindo o papel constitucional de proteger o patrimônio público.

Na manhã de hoje, terça-feira, os advogados do Prefeito Lúcio de Marchi, organizaram uma coletiva de imprensa para tratar dos desdobramentos da nova decisão judicial.

A defesa de Lúcio, afirmou que é preciso compreender melhor o que é improbidade administrativa antes da acusação.

Já o prefeito destacou que o trabalho que realizou à época foi totalmente educativo e não voltado para promoção pessoal.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Polícia Civil identifica e interroga investigado por agredir idoso em acidente de trânsito.

Delegado Rodrigo Baptista Santos fala sobre o caso

 

Continue Lendo

Geral

Apresentado projeto da sede dos clubes da Vila Gaúcha

Encontro realizado nesta tarde de quinta-feira (22), na sala de reuniões do gabinete da prefeitura de Marechal Cândido Rondon, culminou na apresentação do projeto da sede própria dos clubes do bairro Vila Gaúcha.

De acordo com a minuta, a sede terá 817 metros quadrados de área construída, em terreno de 1.600 metros localizado no cruzamento das ruas 25 de Julho e Américo Vespúcio. Associação de moradores, clubes de damas, idosos e de mães utilizarão o novo ambiente.

Participaram do encontro nesta tarde, a primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, Josiane Laborde Rauber; Lurdes Confetti e Valdir Sachser (Valdirzinho), diretores da secretaria; Sérgio Radke, presidente da Associação de Moradores da Vila Gaúcha; Caroline Kötters, presidente do clube de mães; Elaine Bieger, vice-presidente do clube de damas; e Dilo Bauermann, presidente do Clube de Idosos Estrela do Oeste.

O projeto será encaminhado à Secretaria Municipal de Planejamento, visando a sequência dos trâmites.

 

Fonte: Assessoria

Continue Lendo

Geral

Termina hoje o prazo para tirar versão impressa do título eleitoral

No cartório eleitoral, documento é impresso na hora

 

Termina nesta quinta-feira  o prazo para a solicitação da segunda via impressa do título de eleitor.

Para obter o documento, o eleitor  precisa estar em situação regular com a Justiça Eleitoral e comparecer ao cartório eleitoral com um documento oficial de identificação, além do comprovante de residência dos três últimos meses.

O documento é impresso na hora.

No caso de pessoas do sexo masculino, também é necessário comprovar a quitação com o Serviço Militar Obrigatório.

Quem perder o prazo não precisa se preocupar, já que também pode acessar a versão digital do título pelo aplicativo e-título.

O app pode ser baixado para smartphone ou tablet , nas plataformas iOS ou Android.

Após baixá-lo, basta inserir os dados pessoais.

Para o eleitor que ainda não fez o cadastro biométrico, é necessário apresentar documento oficial com foto sempre que for utilizar o título digital.

Caso o eleitor não saiba o número do título, pode consultar o site do Tribunal Superior Eleitoral , por meio do nome, CPF e data de nascimento.

Entre as vantagens do e-título, está o acesso às informações na Justiça Eleitoral, como situação eleitoral, local de votação, consulta de débitos, emissão de guias para pagamentos e cadastro como mesário voluntário.

Diferentemente da via tradicional, a versão eletrônica tem a foto do eleitor, além de dados sobre o cadastramento biométrico e um QR Code para validação na zona eleitoral.

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.